PRELEÇÃO | Vitória x Macaé

prelecao do abbehusen

Depois de confirmar o que toda a torcida rubro negra já sabia e perder 3 pontos preciosos na última rodada para um concorrente direto, o Vitória volta a campo nesta terça as 19:30 para mais um confronto direto nessa série B. O adversário dessa vez no Barradão é o Macaé, time que está sondando o G4 desde o início do campeonato e que apesar de não possuir elenco tem um time bem competitivo.

Para essa partida o técnico Vagner Mancini terá cinco reforços e três desfalques na sua equipe titular. Os reforços serão os retornos de Rogério, Ramon e Diogo Matheus e os dois principais as ausências do zagueiro e do outro jogador que se diz lateral. Não pronunciarei o nome desses infelizes, pois corre o risco deles aparecerem novamente. Os desfalques ficam por conta da suspensão de Mattis e Elton e da contusão de Fernando Miguel que deve ficar de molho por 15 dias. Chances para Kanu e Robert mostrarem serviço dentro de campo. O Vitória deve ir a campo com Gatito, Diogo Matheus, Kanu (qualquer outro menos aquele cidadão), Ramon, Diego Renan, Marcelo Mattos, Flavio, Pedro Ken, Escudero, Rhayner e Robert.

O técnico do Macaé, Marcelo Cabo, comemora a possibilidade de finalmente poder repetir a escalação do seu time nessa série B. O Macaé almeja alcançar sua terceira vitória fora de casa para encostar de vez no G4 e no próprio Vitória. O time titular deve ser formado por Rafael, Henrique, Douglas Assis, Thiago Cardoso, Diego, Gedeil, Alisson, Juninho, Marquinho, Pipico e Anselmo.

O Vitória agora tem uma sequência boa de confrontos diretos em casa e precisa fazer valer o seu mando de campo. É de fundamental importância a conquista dos 3 pontos contra o Macaé. O horário já favorece um pouco mais a presença do público, então é importante comparecer e empurrar o time que mesmo com suas limitações vem brigando sempre pelo G4 e pela liderança.

SRN e Bom jogo a todos.

Livrai-nos deste mal

Nautico x Vitoria 2015

O torcedor não é idiota, não é debiloide e não precisa de curso superior ou mestrado em Administração, Finanças ou Gestão Esportiva para perceber que jogadores prestam e quais não prestam. Mansur e Ednei estão sendo “perseguidos” com total razão dos torcedores leoninos. O primeiro já está na 4ª temporada no clube e não evoluiu como jogador em nenhum fundamento. O zagueiro já errou de forma capital em vários jogos, inclusive causando eliminações como o Colo Colo no campeonato baiano e Asa pela Copa do Brasil. A semana toda, e em diversas plataformas de comunicação, a maioria da torcida apontava que a escalação destes dois iria culminar numa derrota rubro-negra. Mas os “sabichões” não deram ouvidos…teimaram…e o resultado? 2×1 Náutico de virada, com erros individuais destes dois infelizes.

Nem adiantou o Vitória abrir 1×0 aos 5 minutos na Arena Pernambuco. Com um passe excelente em profundidade do meia Damián Escudero (está melhor que em 2013), Rhayner, ex-barbie, chutou cruzado no canto do goleiro alvirosa. Entretanto, quando o jogo parecia se controlar, eis que aconteceu a primeira miguelada do Leão. Numa disputa de bola, Elton revidou agressão do zagueiro do Náutico e ambos foram expulsos. O lance abalou o psicológico do Leão e permitimos duas grandes chances pro timbu, que por sorte não soube aproveitar. A mais clara foi com João Ananias que pegou sozinho um contra ataque e chutou pra fora e Ednei (sempre este maldito) meteu a mão na bola e o juiz achou que foi involuntário, não dando a penalidade.

Tentaram manguear e conseguiram – No segundo tempo, o estrupício do Ednei, que já havia tentado cometer um pênalti pra fuder com o próprio clube depois de abrir 1×0, finalmente conseguiu seu intento aos 10min do segundo tempo. Logo após a saída de Fernando Miguel lesionado e a entrada de Gatito, ainda frio na partida, o escroto da camisa 4 agarrou o jogador do timbu e pênalti. Na cobrança, gol de Douglas e 1×1 no placar! Poucos minutos depois, o idiota da camisa 4 mostrou que é um pereba master ou é um mau caráter de primeira linha. Em cruzamento na área, Amaral não alcança a bola, que rola na frente de Ednei, e o estúpido deixou a pelota passar por debaixo de suas pernas e Rafael Pereira agradeceu e “guardou”. Náutico 2×1.

Mansur – Depois de ver o amiguinho estragar o jogo, Mansur pensou “agora é a minha vez!”. Não vinha jogando nada aquela peste orelhuda da cara seca e num lance completamente bestial, perdeu a bola, fez a falta, tomou amarelo, deu faniquito e foi expulso pelo árbitro. Prejudicando mais ainda os seus companheiros. Depois disso, o Náutico poderia ter ampliado e feito uma sonora goleada, mas por sorte isso não veio a acontecer. Mas apenas pelo fato destes dois tirarem o que seria a terceira (e talvez a mais importante fora de casa do campeonato, até então) já devem ser encarados que esta duplinha de mocorongos não possuem cacife algum para estar no elenco rubro-negro, pois não somam em nada, pelo contrário complicam sempre, em todas as oportunidades em que são escalados. Eu critico e fundamento. Ednei e Mansur já enterraram o Vitória em dezenas de oportunidades. Mansur chegou aqui em 2012 e estamos em 2015 e ele nunca vingou. Não foi por falta de oportunidades.

Não há mais clima para estes dois. A diretoria tem que parar de insistir nestes caras. Afinal, quem está ganhando para tais escalações? Por que estes desgraçados vira e mexe são forçados a jogar? O que tem por trás disso?

LIVRAI-NOS DESTE MAL!

**As notas e avaliações dos jogadores e treinador abaixo representam a MINHA VISÃO PARTICULAR da partida e não as aplico como sendo o da “torcida” do Vitória. Cada torcedor ou cronista tem a sua visão sobre o jogo, sobre o rendimento de atletas e do técnico. Não aceito imposição de nota às minhas, assim como não imponho as minhas notas às de ninguém. Portanto, ao invés de rotular minhas notas, dê as suas, que eu verei quem você concordou e quem você deu nota diferente! Vamos respeitar a visão individual de cada um.

Notas e Avaliações

Fernando MiguelFernando Miguel vinha bem até sair lesionado. 7,0

Diego RenanDiego Renan teve uma atuação regular na ala direita. 6,5

MattisMattis continua sendo um beque de qualidade no Leão. 7,0

Ednei2Ednei é um zagueiro desgraçado, sem qualidade alguma. ZERO.

mansurMansur é doente mental, sem chance. Suma daqui, miséria. ZERO.

AmaralAmaral marca bem lá na cozinha e tenta ajudar no apoio, apesar de suas limitações. 6,5

Pedro KenPedro Ken fez fumacinha nas primeiras partidas e voltou ao marasmo típico de baiano em quarta-feira de cinzas. Nota 5,0

Flavio MedeirosFlávio fez uma partida pífia. Nota 5,0

EscuderoEscudero está vivendo uma grande fase e de seus pés estão saindo boas jogadas e passes verticais. Nota 7,5

RhaynerRhayner fez uma boa partida tática e mediana na parte técnica. Autor do único gol. Nota 7,0

EltonElton continua sem produzir nada e aproveitando que ele trocou socos com o zagueiro do Náutico, sugiro que ele troque o futebol pelo boxe…quem sabe ele se reencontra na vida esportiva? #ficaadica Nota ZERO.

Vagner_Mancini_2015Mancini se deu mal em se deixar levar por esquemas obscuros da diretoria em promover as insistentes escalações de Mansur e Ednei como titulares. Teimou, sua marca como profissional, não escutou apelos da torcida e de setores da imprensa. Como castigo tomou a virada, com falhas pontuais dos ditos cujos. Nota ZERO.

 

PRELEÇÃO | Náutico x Vitória

prelecao do abbehusen

E neste sábado às 16h30 o Vitória terá mais um desafio na sua escalada rumo a série A do futebol brasileiro. O adversário da vez é o bom e ajustado time do Náutico, postulante ao G4 e ao título da série B. Confronto direto pela parte de cima da tabela, a equipe pernambucana precisa vencer para voltar ao G4 depois da derrota fora de casa para o Botafogo. Jogo perigoso e que pode consolidar o Vitória na briga pelo G4 ou fazer com que os adversários se aproximem.

O técnico Vagner Mancini terá os importantes desfalques de Ramon e Diogo Mateus para esta partida. Infelizmente, teremos que aturar Mansur e Ednei em campo mais uma vez, eu escalaria Kanu que já está regularizado e é a novidade entre os relacionados. Temo muito pelo nosso lado esquerdo nesse jogo, só com muita sorte para não sofrermos pressão e levar gols com essa dupla em campo. O Vitória deve ir a campo com  Fernando Miguel, Diego Renan, Ednei, Guilherme Mattis, Mansur, Amaral, Flavio, Pedro Ken, Escudero,  Rhayner e Elton.

O técnico Lisca terá os importantes retornos de Ronaldo Alves (zagueiro), Guilherme (lateral-direito) e Rogerinho (atacante), mas não vai poder contar com o voltante Marino para esta partida. O Náutico sempre se mantém no grupo dos postulantes ao acesso e precisa da vitória para retornar ao grupo do G4. Em casa o Timbu tem feito uma ótima campanha e ainda está invicto na Arena Pernambuco. O time titular deve ser formado por Julio Cesar, Gulherme, Ronaldo Alves, Fabiano Eller, Gaston, João Ananias, Willian Magrão, Gil Mineiro, Hiltinho, Rogerinho e Douglas.

A partida está sendo encarada como uma guerra por Mancini e não será diferente, os dois times lutam pelo mesmo objetivo e quem errar menos conquista os três pontos. Espero que Mancini comece a dar maiores  oportunidades a Marcelo Mattos, Pereira e Robert pois foram contratados para jogar e isso não está acontecendo. Mancini deve ter o discernimento do que é melhor para o Vitória e não ficar melindrado com possível rusgas e ciúmes dentro do elenco.

Segue relacionados:

Goleiros: Fernando Miguel e Júnior Gatito

Laterais: Mansur e Diego Renan

Zagueiros: Ednei, Guilherme Mattis , Kanu e Vínicius

Volantes: Amaral,  Marcelo, Flávio e Marcelo Mattos

Meias: Vander, Escudero, Edson Pereira, Pedro Ken e David

Atacantes: Elton,  Robert e Rhayner

SRN e Bom jogo a todos.

No topo!

Vitoria3x1CRB

O Vitória recuperou de vez o seu poderio dentro da Toca do Leão. Dentro do seu maior centroavante, o Rubro-Negro vem atropelando os adversários inferiores dando 4×1, 3×1, 2×0, 1×0, 2×1, etc. Sem distinção de cor de camisa alheia, quem chega aqui leva pêia! A vítima de ontem foi o modestíssimo Clube de Regatas Brasil (CRB) de Alagoas.

O colorado alagoano veio com a proposta covarde de só se defender e teve que mudar de planos logo aos 11 minutos depois do gol de Escudero (com leve desvio do zagueiro do CRB, Daniel Marques). Tendo que sair mais para a partida, o CRB passou a dar vários espaços para nossos jogadores, entretanto o segundo gol só saiu aos 42 minutos, quando Amaral deu uma de lateral e cruzou na medida para o peixinho de Elton tirar a “zika” e balançar as redes depois de 5 jogos. Vitória 2×0. Atordoado em campo, a equipe de Alagoas errava todas as saídas de bola e numa destas armamos uma bela trama ofensiva envolvendo Flávio, Escudero e Diego Renan que cruzou na medida para outro gol de cabeça, desta vez do outro lateral, Diogo Mateus, aos 45 min. Vitória 3×0!

Elton-Vitoria3x1CRB-2015

Freio de Mão puxado – Como de praxe, com o placar elástico construído na etapa final, o Rubro-Negro voltou com o freio de mão puxado e abdicou de ampliar o marcador, o que é errado, já que saldo de gols é um dos primeiros critérios de desempate! Era jogo pra dar 5, 6 ou 7 se a pegada do primeiro tempo fosse mantida. E olhe que Mancini ainda tentou com as entradas dos pontas Rogério e David.

Água mole em pedra dura – O resultado deste completo relaxamento do Vitória fez o CRB se aprumar em campo e ter bons momentos com seus três principais jogadores: Danilo Bueno, Zé Carlos e Cañete. Nossa sorte (e competência) é que Ramon e Mattis (principalmente) estavam uma muralha, seja por bolas rasteiras ou aéreas. Nas poucas vezes que eles passavam por nossos marcadores erravam na pontaria, de forma bisonha. Entretanto, como já diz o ditado “água mole em pedra dura…” o time alagoano marcou aos 45 min com Leandro Brasília, com um chute forte e cruzado que ainda bateu na trave antes de entrar. Com o resultado em 3×1, o Leão dormiu na Liderança da Série B e encerrou a rodada na segunda colocação, devido ao triunfo do Botafogo diante o Náutico, nosso próximo adversário.

**As notas e avaliações dos jogadores e treinador abaixo representam a MINHA VISÃO PARTICULAR da partida e não as aplico como sendo o da “torcida” do Vitória. Cada torcedor ou cronista tem a sua visão sobre o jogo, sobre o rendimento de atletas e do técnico. Não aceito imposição de nota às minhas, assim como não imponho as minhas notas às de ninguém. Portanto, ao invés de rotular minhas notas, dê as suas, que eu verei quem você concordou e quem você deu nota diferente! Vamos respeitar a visão individual de cada um.

Notas e Avaliações

Fernando MiguelFernando Miguel foi mero espectador da partida. Nota: 7,0

Diogo MateusDiogo Mateus fez mais uma bela partida e foi coroada com um gol.  7,5.

MattisMattis é um monstro, tanto nas bolas rasteiras ou aéreas. 8,0

RamonRamon continua crescendo no clube, ao lado de Mattis. 7,5

Diego RenanDiego Renan emagreceu e seu futebol começa a aparecer mais. 7,0

AmaralAmaral sentiu a “sombra” de Marcelo Mattos, hein pai? Jogou pra porra e ainda deu uma assistência magistral. 8,0

Pedro KenPedro Ken aparece pouco pra torcida, mas é uma peça vital pro meio de campo rubro negro. 7,5

Flavio MedeirosFlávio é dedicado, esforçado e muito lépido. 7,0

EscuderoEscudero está vivendo melhor fase em 2015. Ótimo primeiro tempo, sumiu no segundo. 7,5

RhaynerRhayner foi o melhor da partida. Taticamente e tecnicamente. Buliçoso, inteligente e ajuda o sistema defensivo. 9,0

EltonElton tirou a inhaca e voltou a marcar um gol. Prefiro atacante-matador a atacante-policial. 6,0

david19 David tem futuro e percebe-se que ele entra com aquela super vontade de jogar, de decidir. 6,5

Rogerio20 Rogério entrou pra bagunçar o coreto, mas não funcionou desta vez. 5,0

Ednei13 Edinei é sem chance. Mais azarado não existe. Entrou no lugar de Mattis e o time levou o gol. Nota 2,0 porque já estou ficando com pena.

Mancini escalou bem a equipe e tentou ampliar o placar no segundo tempo. Nota 7,5

Mancini escalou bem a equipe e tentou ampliar o placar no segundo tempo. Nota 7,5

Vitória Sempre!

PRELEÇÃO | Vitória x CRB

prelecao do abbehusen

E nesta sexta-feira todos os caminhos levam ao Barradão, mesmo com um horário ingrato e com um acesso horroroso, todos os rubro-negros devem dar uma força para o Vitória vencer a partida contra o CRB e dormir temporariamente na liderança da série B. O jogo será difícil, o time alagoano deixou claro a intenção de se fechar e levar um empate de Salvador. Todo o apoio e incentivo serão de grande ajuda!

Para esta partida o técnico Vagner Mancini ganha o importante reforço do retorno do capitão Escudero e deve repetir a mesma equipe que venceu o clássico contra a sardinha. O que se espera desta vez é que nosso técnico possa dar mais tempo em campo ao atacante Robert. O Vitória contrata o artilheiro do Brasil, passando por uma ótima fase e deixa o cara no banco entrando faltando 5 minutos? Muito incoerente isso e ainda mais que o titular da posição não faz por onde merecer a vaga no time. O Vitória deve ir a campo com Fernando Miguel, Diogo Mateus, Ramon, Guilherme Mattis, Diego Renan, Amaral, Flávio, Pedro Ken, Escudero, Rhayner e Elton.

O técnico Mazola Júnior ganhou dois reforços para a partida desta sexta. O volante Olívio e o lateral esquerdo Gleidson retornam a equipe titular nessa partida. Mazola deixou bem claro e explicita a postura que o CRB terá em campo neste jogo. O técnico proibiu seus laterais de passarem do meio de campo, prova clara de que um ponto em Salvador será muito bem vindo para a equipe Alagoana. A equipe do CRB deve ir a campo com Júlio Cesar, Audálio, Daniel Marques, Gabriel, Gleidson, Glaydson, Olivio, Josa, Danilo Bueno, Cañete e Zé Carlos.

Essa partida é uma ótima oportunidade para o Vitória entrar no G4, com o confronto entre Náutico e Botafogo no sábado, uma vitória simples garante isso. E será muito importante, pois depois desse jogo o Vitória terá uma sequência de confrontos diretos pelo acesso e com certeza o grau de exigência será muito maior. Ainda nessa partida existe a possibilidade da estreia do volante Marcelo Mattos que deve figurar inicialmente no banco de reservas, mas que deve cavar sua vaga de titular com o decorrer das rodadas.

Vitoria x CRB 2015

LISTA DOS RELACIONADOS

Goleiros: Fernando Miguel e Roberto Fernández

Laterais: Diego Renan, Mansur e Diogo Mateus

Zagueiros: Guilherme Mattis, Ramon, Ednei e Vinicius

Volantes: Amaral, Marcelo Mattos e Flávio

Meias: Pedro Ken, David, Escudero e Pereira

Atacantes: Elton, Robert, Rogério, Rhayner e Vander

OPINIÃO | Paraná 0x1 Vitória

650x375_vitoria-x-parana_1538712

Já estava na hora de se vencer fora!

Até que enfim o rubro-negro voltou a vencer fora de casa. Num jogo disputado, tenso, pegado e até certo ponto chato, o Leão foi valente e fez 1×0 no Paraná Clube com belo gol de letra do menino David, promovido este ano no elenco principal, e que entrou no segundo tempo da partida.

Mais uma vez não repetimos a belíssima exibição do clássico, mas o que foi mais importante foi a conquista dos três pontos fora de casa depois de tantos pontos perdidos longe de Salvador. Agora concentraremos nossas forças para enfrentar o CRB de Alagoas na próxima sexta feira no Barradão.

*As notas desta vez serão no coletivo do elenco. A atuação média dos jogadores que atuaram contra o Paraná é nota 6,0.

Da luta vem a Vitória!

#DiretasJá
#AlexiPortelaNuncaMais

PRELEÇÃO | Paraná x Vitória

 

prelecao do abbehusenE o Vitória volta a campo neste sábado para enfrentar mais uma equipe fraca e que vai muito mal na tabela de classificação da série A. A equipe do Paraná ameaçou nem participar desta série B, fez preço promocional para esta partida e um pedido de desculpas formal aos seus torcedores pelo péssimo rendimento do time. Não precisa ser nenhum gênio para perceber que qualquer resultado que não seja de vitória será muito ruim para as pretensões do nosso clube.

Depois de efetuar um treino secreto na quinta-feira, o Vitória encerrou a preparação para este jogo na sexta pela manhã. Vagner Mancini apontou para um time ofensivo com três atacantes, com isso Rogério deverá ser o substituto de Escudero nesse jogo. O Vitória deve ir a campo com Fernando Miguel; Diogo Mateus, Ramon, Guilherme Mattis, Diego Renan; Amaral, Flávio, Pedro Ken; Rhayner, Rogério e Elton.

O Paraná apresentou seu terceiro técnico na temporada, Fernando Diniz assume o comando da equipe paranaense em um momento de crise e a apenas um ponto da zona de rebaixamento. O novo técnico terá os retornos dos meias Washington e Marcos Paraná, mas tem o desfalque do zagueiro Luiz Felipe que cumprirá suspensão automática e dos machucados Henrique e Marcos, que possuem chances remotas de participarem da partida. A equipe do Paraná deve ir a campo com Wendell (Marcos), Danilo Baia, Rodrigo, Luciano Castán, Fernandes, Washigton, Marcos Paraná, Rafael Costa, Ricardinho, Wanderson e Fernando Viana (Henrique).

Mais uma partida para o Vitória mostrar se pretende brigar na ponta da tabela ou apenas para subir no sufoco como de costume. Sinceramente, não entendi a utilização deste esquema sem a presença de Escudero, pois Pedro Ken está longe de demonstrar futebol de destaque nesse time e ficamos sem criação de jogadas para os três homens mais adiantados. Eu já colocaria Pereira de titular, não é nenhum jovem e tem boas características de jogador central, se aparecer a desculpa do entrosamento apostaria em David. O que não pode acontecer de novo é perder o meio de campo para um time inferior e tomar pressão o jogo inteiro.

 

Segue relacionados:

 

Goleiros: Fernando Miguel e Júnior Gatito

Laterais: Diego Renan, Mansur e Diogo Mateus

Zagueiros: Guilherme Mattis, Ramon, Ednei e Vínicius

Volantes: Amaral, e Flávio

Meias: Edson Pereira, Pedro Ken, David e Vander

Atacantes: Elton, Robert, Rogério e Rhayner

 

Curtas:

 

  • O Vitória criou um novo espaço para atrair sua torcida para os jogos no Barradão, foi criado o “Setor Rubro-Negro 10” com ingresso custando R$ 10,00. A carga será de três mil ingressos e a entrada do novo setor será pelo portão 1, antigo acesso da torcida visitante.
  • O Vitória está tentando antecipar junto à Puma o lançamento dos uniformes de 2016 para Janeiro. Excelente iniciativa do único setor que funciona e avança nesse clube. Parabéns ao Marketing do ECV.

 

SRN e Bom jogo a todos.