Pituaçu, o Barradão-2

Em Salvador existem três estádios e em dois deles, o Vitória é soberano nos clássicos. Todo mundo está John Lock de saber que o Metropolitano de Pituaçu foi reformado e modernizado para servir de mando de campo ao Bahia, mas a história confirma que quem manda lá é o Leão. Já foram 6 clássicos realizados no estádio e o rubro-negro venceu 4 e empatou uma vez. No Barradão já foram realizados quase 60 Ba-Vi’s e eles venceram apenas 7. O único recinto esportivo em que eles possuem o retrospecto favorável é a antiga Fonte Nova.

Outra curiosidade também, é que além de Reizinho da Toca, Ramon também possui o reinado no Pituaçu. Em 1995 teve dois clássicos lá e em ambos o mineirinho bom de bola deixou a sua marca. No ano passado ele fez os dois gols da primeira partida da Final e ontem anotou mais um. No total, Ramon já fez 12 gols com a camisa do Leão em cima do Bahia. Foram 7 em 1995, 1 em 2008, 3 em 2009 e o deste domingo.

É inegável a supremacia leonina perante o rival. Estamos vivendo a Fase de Ouro do Leão. Vejamos: É aumento de torcida, domínio nas competições locais e agora a confirmação de que nos clássicos temos duas casas e mesmo a que eles possuem vantagem, já fizemos estrago em várias ocasiões como em 1997 marcado por diversos jogos em 3×0 e 4×2 e pelas flechadas de Índio (6×5 e 4×2), 10 anos depois, em 2007.

A cada ano que se passa o torcedor do Bahia vai ficando sem argumentos para zombar a gente, à medida em que o nosso arsenal de gozações acumula gorduras. A cada temporada os rivais ficam mais dependentes do passado para tentar debater conosco. Isto é fato e não há como negar.

Amigos meus da Velha Guarda já me contaram que há 30 anos eles ficavam putos quando a gente empatava com eles e de uns 14 anos pra cá, eles se contentam em pôr mais gente no estádio e vivem se auto-proclamando campeão moral (2008), por ter ficado com o vice por ter feito um gol a menos que nós, moral de 1º turno (2009) e de 1º tempo (2009, na Final).

Outro mito que está caindo por terra é sobre a BAMOR ser a torcida mais animada, criativa e cativante do estado. A Torcida Uniformizada OS IMBATÍVEIS vem se destacando a cada temporada com novas canções, bandeirões e eventos musicais em boates. Enquanto a T.O. rival vive imitando os cânticos da TUI e de outras organizadas na maior cara de pau e até ensaiaram imitar o “Barradão em Chamas”. E só por ver o nosso bandeirão novo, já estão se articulando para nos imitar. Como uns vermes parasitas, eles esperam a TUI criar algo para imitar. Criatividade zero para eles.

Agora o que não pode também é a Imprensa Esportiva Baiana ficar demonizando a TUI e tirando a Bamor da reta. Em vários episódios lamentáveis de violência o causador de tudo foi a torcida rival e não a nossa, mas distorcem de tanta forma que terminam prejudicando a imagem institucional da TUI. Não quero dizer com isso que em nossa T.O. só tem santinho. Sei que tem muita gente que só vai pra fazer atos ilícitos e criminosos, mas também tem muita gente boa, pais de família que são apenas apaixonados pelo clube e gostam de cantar e animar o estádio.

Me respondam: Qual foi a torcida que quebrou o pau com a torcida de Madre de Deus ano passado? Quem foi que depredou a Fonte Nova em 2006 e 2007? E apesar de não ser a Bamor, quem não se lembra da Terror Tricolor invadindo o Fazendão (foto) e agredindo jogadores e o técnico Arturzinho? O fato é que a TUI não é protagonista de atos lamentáveis sem a presença da TO rival desde o rebaixamento para a Série B em novembro de 2004 contra a Ponte.

Falo isso porque a TUI está sendo demonizada pela confusão ocorrida ontem em Pituaçu. E os homens da imprensa esquecem ou fingem esquecer que a entrada da TUI estava antecipadamente programada para ser pelo Setor Oeste (lado da Paralela) e a do Bahia pelo Setor Leste (lado da avenida de Pituaçu, que passa pela Ucsal). E no local do confronto de ontem era o lado da torcida do Vitória. Portanto, torcedor do Bahia não deveria estar ali.

As duas torcidas estão erradas em continuar com esta selvageria, mas quem começou foi a torcida tricolor, que por má-fé ou desinformação, passou no corredor destinado a torcida rubro-negra e as provocações das TO’s foram inevitáveis, e desde o assassinato do membro da TUI, Hermílio, o relacionamento entre as duas maiores organizadas do Estado piorou consideravelmente e digo que é praticamente impossível uma trégua. Que os episódios lamentáveis não voltem a se repetir tão cedo e que as autoridades saibam evitar que as duas TO se encontrem novamente, pois é nitroglicerina pura.

O importante é o futebol dentro de campo. A torcida tem que fazer festa, brincar, gozar, tripudiar sem usar a violência. Estamos aí evoluindo pra caramba dentro do futebol local e nacional, fazendo do Pituaçu uma espécie de Barradão-2 e fica feio estas brigas insanas por futebol. Quarta-feira já estaremos firmes e fortes para mais um jogo do Baianão, lá em Sr. do Bonfim, contra o Ipitanga e temos tudo para embalar na competição.

Salutti Rossoneri

Anúncios

22 respostas em “Pituaçu, o Barradão-2

  1. Pra acabar de vez com os argumentos tricolores só falta o Vitória conquistar ao menos um título nacional. 110 anos só com a copa da uva tá flórida*…kkkkkk

    Curtir

  2. Kra concordo que ver a Tui no estádio é massa e tal, mas que preço tem isso?
    Ser melhor ou pior comparando com outra torcida não da atestado de idoneidade a ninguém (pelo que vi vc pensa mais ou menos assim).
    O fato de A, B ou C começar alguma coisa não tira a culpa de quem da continuidade aos tumultos, mesmo pq esse povo ja vai “preparado” (leia-se armado).
    Acho que o preço de se manter essas torcidas é muito alto, e que o clube mais perde do que ganha com elas.

    Curtir

  3. Fabio, é por textos como este que te considero um dos melhores blogueiros esportivos deste país…

    um abraço e como sempre é tudo nosso!

    Curtir

  4. É Verdade…Nada como ganhar um clássico para surgir as fantasias mais alucinógenas ….Quem te viu(ou melhor,quem te leu) antes de domingo, hein Fábio.
    Valeu sacaninha pode gozar até sair sangue…Mas por incrível que pareça pra mim o resultado foi ótimo para alertar minha diretoria.Apesar de meus 3 principais jogadores não jogarem o clássico(nem,rogerinho e edilson),mas valeu, façam a festa.Agora a freguesia diminuiu uma partida mas ainda estamos na casa dos 50 ba-vis pró baêa….heheheh
    Detalhe:Estudei um ano inteiro com um alto diretor da TUI e sei muito bem quem são esses caras…Bamor não tem a metade do espirito de guerra que a tui tem.

    A torcida de vcs está aumentando???????Nooooossa !!
    Por que não foi ao clássico??? Ou vc vai endossar o que carlos falcão cagou ontem na itapoan Fm ao delirar que tinham 10 mil sem-estrelas no pituaço?????
    Vc mesmo disse que quando o vitória jogasse em pituaço AUMENTARIA a média de público.Aquela velha desculpa do acesso ao barradas …6mil na estréia… +- 6 mil no bavi…A média tá pior que no barradas…A desculpa será que agora será o preço do ingresso???Creio que não!Não esqueçam que vcs são “da primeira”,estão na sulamericana,estão com um rival na UTI e mesmo asim não se firmam como potência regional como fez o Sport em 2008,por exemplo.To te dizendo :Meus 15 anos de azar estão acabando…e quando essa núvem passar ….

    Curtir

    • “meus 3 principais jogadores (nem,rogerinho e edilson)”
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      “Valeu sacaninha pode gozar até sair sangue…”

      “Nooooossa !!”

      Conclusão: vc deve ser BICHA.

      Curtir

  5. Se vc acredita mesmo que uma tregua entre as duas torcidas seja de fato algo impossivel de ocorrer, e q o ambiente de zoação saudavel do futebol não mais vá existir entre as duas, acredito piamente que evoluiremos para o fim das torcidas organizadas no nosso estado, como ocorreu em sao paulo anos atrás.

    Lamentável o evento de domingo e infelizmente eu tenho q discordar de vc, Fábio. Concordo que a TUI é injustiçada muitas vezes, mas existem tb dentro dela pessoas de má indole que não precisam de motivos para causar baderna e violencia. Já vi, anos atrás membros dela apedrejando um onibus da torcida do atletico mineiro. Pra que isso? Enfim, futebol não pode ser levado na brincadeira, mas levado muito a sério tb acaba perdendo a graça.

    Curtir

  6. Fábio da uma olhada nesse texto,

    Azul, VERMELHO e preto (ou Solução definitiva para acabar com a violência nos estádios)
    Publicado por Marcos Carneiro sessão: Destaques, Marcos em 25/01/2010 | Texto retirado do blog BBMP

    Depois de tantos óbitos o governo cedeu. Em acordo aceito pela PM, MP, Bamor e TUI foi definido uma forma de acabar definitivamente com a violência nos estádios baianos. A partir daquele dia estaria tudo resolvido. Foi feito um cadastro de todos aqueles dispostos a definir este assunto de uma vez por todas e no dia marcado estavam todos lá.
    Foram pra um campo neutro, porém cercado por todos os lados. Era obrigatório o uso da sua respectiva camisa de torcida “organizada” e não poderia entrar ninguém armado. Foi dado o sinal e a decisão começou.
    O objetivo era simples: matar uns aos outros, sem direito a desistências. Em volta do campo as pessoas assistiam ao espetáculo na maior tranquilidade, inclusive ingressos foram vendidos para cobrir os custos com os sacos funerários. A TV também transmitiu para diversos países do mundo pelo PPV, as vendas bombaram. E o pau comeu, a madeira piou.
    Um a um caiam os gladiadores do futebol baiano, alguns não duraram nem o 1º minuto, outros resistiram bravamente, mas mesmo estes suaram pra passar dos 15 minutos iniciais. Nem a corda do Chiclete no seu auge tinha visto tamanha pancadaria. O sistema era bruto.
    Após os 15 minutos, veio o “intervalo”: cães da PM invadiram o recinto, bombas explodiam a rodo, gás de pimenta dava um molho extra ao evento e as armas brancas foram liberadas. As cenas faziam do Coliseo um parque infantil. Mas aquilo tudo já estava para acabar, pois só restaram 2 caras em pé. Um de cada time.
    Eles se avistaram de longe, no meio daquele mar de sangue e partiram um pra cima do outro, empunhando suas armas, mas ao chegarem perto uma surpresa, se reconheceram e caíram em prantos. Eram irmãos. De sangue. Ensanguentados. Se abraçaram. E foram juntos em direção à saída. Ao tentarem abrir o portão foram impedidos. A regra era clara: apenas um sairia vivo. Um deveria matar o outro ali mesmo, sem piedade, estava no contrato, pra poder acabar a rivalidade (pois sem adversários não há por que brigar, o ditado mesmo diz que quando um não quer dois não brigam).
    Não adiantou o argumento dos caras de que não sabiam que o outro iria. Enquanto eles se lamentavam juntos um dos cães aproveitou o momento fraterno e estraçalhou a cabeça de um deles, o outro correu em direção à saída, desta vez liberada! Logo após sair ele desmaiou.
    Acordou no hospital, com um recado de que deveria ir buscar seu prêmio, havia ganho um carro do ano, top de linha. E assim foi.
    Uma semana depois sofreu um acidente de trânsito, bateu violentamente numa das pilastras que dizem ser do futuro metrô de Salvador. Morte instantânea. Segundo a perícia, no local não havia sequer uma marca de freio.
    E foi a última morte violenta de um torcedor baiano. Tudo voltou ao normal. Amém.
    P.s: antes do Bavi estava comendo uma água da porra com uma galera lá no posto. Amigos tricolores e amigos rubro-negros, inclusive tinham alguns ex-integrantes da Bamor e da Tui. Tudo gente boa, juntos, dividindo a mesma latinha. E mesmo com a cachaça comendo no centro não teve sequer uma confusão, só zoação sadia.
    A bebida não é o problema, o Bavi sempre foi assim, com esse clima legal desde a época da muvuca na ladeira da Fonte. Uma minoria irracional é que anda tentando desvirtuar a alegria do nosso povo. Sei que nas “organizadas” não são todos assim, mas existem vários que só vão pra brigar. “Corajosos” quando estão em maioria, covardes em minoria. Pra eles umas dicas: vão se matar entre si, longe da nossa festa, rebanho de sacanas! Melhor, vão procurar uma mulher (garanto que é muito mais interessante do que ficar se atracando com outros homens) e deixem os humanos se divertirem em PAZ.

    Curtir

  7. Gostaria de sugerir que a TUI colocasse no site ou em outro meio de comunicação as músicas da torcida, para que todos possam participar desta festa belíssima.

    Curtir

  8. BOMBA!! o nome do estadio de pituaçu será mudado de Estadio Metropitano de pituaçu para Estadio negropolitano RAMOM MENEZES, já está quase certo, se o aeroporto 2 de julho mudou de nome pq a nossa casa de praia não? SOLTEM O LEÃO…

    Curtir

  9. A TUI esta evoluindo muito, dentro do estádio, esta levando toda massa rubronegra com ela. que pena aocnteceu aquele fato do lado de fora. acho que o líder da tui, tem que chamar todos e conversar, se não, eles vão ser elogiado do lado de dentro e de do lado de fora críticados. e na torcida tui tem muita gente de paz, eu sei disso.

    Curtir

  10. Está completamente certo em fazer essas afirmações sobre as torcidas. É lastimável que até a polícia quer ajudar a denegrir a imagem do torcedor do Leão ! PQP ..
    Mas quanto ao John, o nome é John Locke, com E no fim. Assiste Lost é ? heuiheiuhuehie !

    Curtir

  11. Proveitosa as suas colocações,desde em que me entendo como torcedor do leão,nunca presenciei uma invasão de treinamento ou campo de jogo por parte do nosso torcedor,ao contrário do nosso ex-rival que destruiram a fonte nova,depredaram o nosso santuário na final de 2009 e começam a deixar suas marcas na nossa segunda casa,tudo isso sob o olhar complacente da nossa imprensa que nada ver,nada sabe quando o assunto envolve aquela raça ruim lá de Itinga.Em tempo,o governo do estado está empenhado na construção de pontes e viadutos na nossa cidade,não seria proveitoso construir uma passarela ligando o barradão a piTUIaçú?Afinal,já não está tudo dominado?

    Curtir

  12. Parabéns Fábio pelo texto. Os argumentos dos incolores cada vez diminuem mais. Continue mostrando estes números que servem para mostrar a supremacia rubro-negra. Lucas tb deve continuar compilando os dados, como já fez anteriormente.

    Curtir

    • Seo Canguinha(leia-se Alex Portela),declarou que só irá contratar se o índio sair,ou seja,fica evidente que aquela história de está negociando com dois grandes jogadores não passou de balela para camuflar o péssimo início de campeonato,esse é o lado negativo em termos ganho o clássico,deixam entender que já temos um grande time quando na verdade,assistimos a um verdadeiro baba no domingo,valendo tão somente pela raça e rivalidade que envolve o clássico.

      Curtir

      • ele n disse issoo.. sem o pagamento dos 700 mil indio não sai isso foi o q ele quis dizer..

        Curtir

  13. acabei de acompanhar esporterecrd,e so mostra a torcida do Vitória sendo agredida pela PM,já que tinham conhecimento dos fatos,por medidas não foram tomadas antes?no Barradão a bamor é vigiada de perto pelos polícias deste á entrada até a sua saída,por o mesmo não foi feito com TUI.
    Vir também, que eles estam querendo mostra um imagem negativa da TUI,como se bamor fosse toda santa,com á palavras as autoridades e os organizadores do evento.

    VITÓRIA SEMPRE!CONTRA TUDO E CONTRA TODOS!

    Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s