BARRADÃO, a casa do Leão

O Carnaval de Salvador continua rolando assim como as notícias do rubro-negro. É fato que sem os jogos elas são mais amenas e sem contratações são ainda mais sem-graça. Porém, uma das notícias mais importantes do período momesco é a definição que a partir de 10 de março, os jogos do Vitória, em Salvador, voltarão ao seu habitat natural: O Barradão.

Desde o fim da temporada passada que o estádio passa por diversos tipos de manutenção e reformas. Vale ressaltar que há diferenças gritantes entre manutenção e reforma. O rubro-negro reformou o gramado, as cantinas de bares e a localização e acesso da torcida visitante (setorização) e deu serviços de manutenção na pintura das arquibancadas (ainda em andamento).

O gramado foi totalmente trocado por um de maior qualidade e espero não ouvir mais das transmissões do eixo “maravilha” as críticas contundentes ao nosso gramado. Engraçado que no Palestra Itália e no Pacaembu, que rotineiramente ficam em péssimo estado, eles da mídia sul/sudeste, não comentam nada, se omitem.

Depois de um longo processo de negociação para um valor razoável pelas indenizações aos comerciantes que tinham longo tempo de serviço nas lanchonetes do Barradão, enfim, a Habib’s poderá ter exclusividade no serviço de lanche na Toca do Leão e concluir assim a parceria feita com o Vitória em estampar sua logomarca na camisa do clube e ser “dona” de todas as cantinas do estádio.

O Barradão é nossa casa e todos sabemos das dificuldades que o clube enfrentou para viabilizar o estádio. Além das dificuldades financeiras para a construção e os diversos encargos para a liberação ainda tivemos a imprensa contra, que sempre tripudiou do estádio, de sua viabilidade, etc. Mas quando o Bahia não tinha onde jogar fingiram que nunca foram contra o Barradão.

Quem não se lembra das diversas campanhas contra os jogos serem no Barradão, principalmente os clássicos regionais feitos por Elizeu Godoy e Ruy Botelho no programa “No campo do 4” da TV Aratu? E dos artigos ridículos feitos por Demóstenes Teixeira no antigo Correio da Bahia?

Hoje o Barradão é uma realidade e recentemente foi eleito o sétimo melhor estádio particular do país. Entretanto, para o estádio ficar mais modernizado e completamente agradável aos torcedores é preciso fazer muita coisa, além das pinturas de arquibancada (manutenção).

Eu acredito que o Barradão já passou da hora de ter cobertura, mesmo que seja em parte do estádio. É muito ruim em dias chuvosos ir ao campo de jogo. O torcedor não tem proteção às chuvas e correm riscos de gripes e outras doenças, e em dias ensolarados o sol castiga muita gente.

Penso também que estádio moderno não combina com arquibancadas de cimento. É necessário que os dirigentes consigam parcerias com empresas de grande porte para a implantação de cadeiras por todo o estádio ou de assentos (melhores que os de Pituaçu, óbvio, pois o de lá são de péssima qualidade). Como sou baixinho até que não sinto nenhum desconforto no Pituaçu, mas muita gente já me contou que não gostou dos assentos do Metropolitano de Pituaçu.

Outra coisa que o Barradão precisa é de um Placar Eletrônico mais atraente e mais tecnológico. Conheci o da Ilha do Retiro em 2007 e estamos vendo o maravilhoso modelo do Pituaçu. Em ambos há possibilidades de serem mostrados imagens interessantes, fotos dos atletas, tipologias diferentes de fontes (letras) e dá para brincar com a imaginação para entreter o torcedor antes, durante e após das partidas.

O nosso placar eletrônico é muito arcaico e quase sempre está desativado. O nosso se resume apenas a informações textuais e os pouquíssimos recursos imagéticos são do nível de um Atari (videogame da década de 80). Acho muito legal o do Maracanã, o do Mineirão, Ilha do Retiro e o novo do Pituaçu.

Sei que colocar cobertura (parcial ou total), cadeiras ou assentos de qualidade e colocação de um Placar Eletrônico mais estiloso e tecnológico são investimentos altos e que nosso clube ainda não tem condições de fazer isso sozinho. Mas para isso existem negociações com grandes empresas e patrocinadores do clube. Cabe a nossa direção souber lidar com isso. O fato é que se estas medidas forem feitas ao nosso estádio, além da concretização da Via Expressa prometida por órgãos estatais e municipais, o Barradão deixará de ser um estádio defasado e sem problemas de acesso.

É preciso que os dirigentes do clube cobrem sempre maior disponibilização de transporte público e efetivo policial em dias de jogos do clube, principalmente em partidas noturnas. Muita gente deixa de ir aos jogos porque já presenciaram ou sofreram crimes (roubos e furtos) nas proximidades do estádio, além da eterna falta de transporte coletivo, sobretudo a partir das 23h. O Barradão é um patrimônio do Vitória, mas não deixa de ser um patrimônio do futebol baiano, que tem no clube rubro-negro a maior e melhor representação da Bahia no cenário do futebol nacional e internacional sendo da Primeira Divisão e participando sucessivamente da Copa Sulamericana.

VITÓRIA SEMPRE!

VIVA O BARRADÃO!

Anúncios

22 respostas em “BARRADÃO, a casa do Leão

  1. Que coisa de jogador de DVD… Ta achando ruim porque o Vitoria não contratou? Va torcer pelo Ceará e aproveite e leve a TV e o DVD para na hora do Jogo colocar em campo para assustar os adversarios com os melhores momentos do fulano, ai sim ganhará todas as partidas.

    Curtir

    • Rapaz vc esta equivocado, nao estou falando em si do jogador que o Ceara contratou mais sim pela demora em contratar jogadores para os setores do time que vc mesmo sabe sao carente Tithox nao sou um torcedor louco o que valo é com base, tire como exemplo a saida de L. Domingues ate a presente data o Sr Alex nao deu sinal de uma contratação para o setor e porai vai…..

      Curtir

      • Milton, fui informado que Alexi e Mauro Galvao pediu ao empresario de Vindagossy, que o mesmo ficasse sendo testado por alguns dias no Barradão. O empresario negou. E o Vitoria resolveu nao contratar apenas por DVD. Boa medida da diretoria.

        Curtir

  2. fabio, O jogador chileno que o Vitoria estava fechando esta assinando com o Ceara, Brincadeira que diretoria é essa dorme demais o que é isso, poxa queria saber o que Alex fica esperando . a cada dia que passa as coisas estao se afunilando só Alex e seus comandados não veem isso …

    Vitoria Forever

    Curtir

    • Não sei quem foi que disse que esse kra é bom?
      tentaram empurrar ele pro vitória e acertadamente a diretoria se recusou a fechar o negócio com base somente em um DVD.
      Ele pode até jogar alguma coisa, mas é bom ser prudente pra não trazer somente mais um.

      Curtir

  3. Novidades nas Lojas do Leão.

    Tem novidades na Loja do Leão. Primeiro é a réplica da Camisa de 93, quando o Vitória foi vice campeão Brasileiro. A camisa está custando R$ 60,00, tem nos tamanhos PP, P, M, G e GG.

    Finalmente a camisa Retrô mais esperada por mim já chegou na loja… Vou comprar a minha amanhã e vou pra Recife no fds com esse manto… Eta saudade daquela máquina de jogar bola… Ah, quem dera nós tivessemos um Pichetti, um Alex Alves, um Paulo Isidoro, um Rodrigo, um Dida e um Vampeta… Eta time bom…

    Curtir

  4. Barradão, urgente!!!
    Chega de dar mais grana para o Governo, além da obrigatória. Interessante realmente arranjar um parceiro, Fábio…ou parceiros.
    Sou a favor da árvore de natal tipo corintiana para nós.
    Muitos parceiros podem ser mais úteis que um, observada a dificuldade de conseguir um que valha por muitos.
    No mais, Barradão é nossa casa. Pituaçu é para as férias de verão.

    Abrçs!

    Curtir

  5. em entrevista o reporter pergunta: marcelinho pq vc contratatou edilson pro bahia?
    e ai ele responde: o meu clube estava a beira do precipicio, mas tomou a decisao correta, deu um passo a frente.
    e nessa mesma entrevista ele fala: as pessoas querem q o bahia vença e ganhe.

    Curtir

  6. em entrevista o reporter pergunta: marcelinho pq vc contratatou edilson pro bahia?
    e ai ele responde: o meu clube estava a beira do precipicio, mas tomou a decisao correta, deu um passo a frente.

    Curtir

  7. Parabéns pelo texto irretocavel Fábio, o Leão bem que poderia fazer uma parceria mais ousada com a OAS, pois esta foi quem construiu o Engenhão e como parceiro poderia muito ajudar ao Leão e tirar muito proveito do seu apaixonado torcedor.

    SRN

    Curtir

    • achei q o gramado havia sido totalmente trocado… pode haver dois tipos de grama? Desculpe é apenas uma pergunta de leigo…

      Curtir

  8. fabio será q a OAS ajuda o vitória cosntruir tudo isso afinal ela é uma empresa cpnstrutora eu sei q não especializada em q o barradão precisa mais quem sabe der certo o q vc acha?

    Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s