A melhor partida do ano!

souza2

Estranho. As conversas apontavam que a maresia, a má vontade do elenco nos jogos era por conta da suspensão dos “bichos” por triunfo. De repente, surge a notícia de um “pacto” de Ney Franco com atletas e diretoria e vimos um Vitória avassalador, ligado, com “fome” de gol e de bola e que triturou o ECPP, quando no último jogo vencemos em dois lances fortuitos numa atuação lamentável. Jogador de futebol e do Vitória, em especial é cheio de melindres, de conchavos esquisitos.

Mas enfim, o triunfo por 6×0 e a bela atuação reanimou e motivou a torcida para a final contra as sardinhas. Logo aos dois minutos Souza foi lançado na pequena área, ganhou do zagueiro e tocou pro fundo das redes. Vitória 1×0.  POuco depois, aos 15 minutos, em outra grande jogada insinuante, o Leão ampliou com Hugo, com uma assistência fantástica de Juan, novamente como armador. Aos 22 minutos, Ayrton (de repente) voltou a assustar nas cobranças de faltas, soltou uma “fooorte bomba (leia com a lembrança do narrador de Ronaldinho Soccer 97”, o goleiro “enjoou” e Juan, de primeira fez o terceiro.

Era o Vitória de 2013 em 2014, rápido, insinuante, agressivo e letal nos ataques. Será mesmo que o problema era a questão do bicho por triunfos? Qual foi deste pacto? Por que só agora momentos antes da partida foi divulgada esta informação? Mistério dos bastidores e ainda tem gente que acha que futebol é só dentro de campo! Vamos fazer uma retrospectiva, este ano nunca abrimos 3×0 tão rapidamente e nem jogamos com a movimentação e garra como foi o jogo de hoje.

Ayrton fez dois golaços na goleada sobre ECPP

Ayrton fez dois golaços na goleada sobre o ECPP

No segundo tempo, o Leão (como de costume) diminuiu o ritmo, mas nem assim ficou naquele futebol de lexotan ou no ritmo lento quase parando de Confortably Numb do Pink Floyd. Era um outro espírito de equipe, saiu aquele time que jogava apenas por “obrigação do ofício”, para um que encarava o ECPP como um rival de alto nível, e que tinha que jogar no máximo para derrotá-lo.

Aos 21 minutos, outra falta pro Leão e Ayrton, a la Petkovic meteu a redonda lá no ângulo. Vitória 4×0. Aos 32 minutos, Willian Henrique que vinha fazendo a sua melhor atuação como titular em toda sua história pelo rubro-negro, incorporou o talento de CR7. Bastou vestir a 7 e o abusado conseguiu dar cada drible sensacional nos adversários e fez mais um golaço em cima do bode. Catou meio mundo de zagueiro e chutou forte para fazer Vitória 5×0. Seis minutos depois, Mansur (cara de preá, orelha de abano) cruzou na área, o zagueiro cabeceou para a entrada da área e Ayrton pegou de primeira num chute violentíssimo e no canto direito do arqueiro conquistense. Vitória 6×0.

Mesmo dando o desconto de ser campeonato baiano e contra uma equipe que nada faz de interessante fora de nossas fronteiras, para quem estava vendo um futebol tão feio, tão sem graça e ver um time alegre, vibrante, com direito a William Henrique e Juan se abraçarem, falarem entre si bem diferente do que foi visto no jogo anterior. Fica a dica de que realmente, no futebol há muita coisa entre o vestiário e o campo de jogo que o torcedor comum desconhece e que raríssimas vezes a notícia é divulgada ao grande público.

Espero que realmente as insatisfações que pareciam estar evidente a cada jogo do Leão tenham sido sanadas e que a alegria do time em campo hoje seja o prenúncio da volta daquele espírito aguerrido, ousado e focado em vencer seja quem for o oponente, dentro ou fora de casa. E se for realmente o que eu estou pensando…cuidado sardinha…a sua batata está assando…novas sapatadas estão por vir.

PS-1: A prova de que o jogo foi atípico. A torcida que tanto criticou e se irritou com a vinda de Souza gritou “Uh é caveirão” efusivamente depois do primeiro gol dele com o manto rubro-negro.

PS-2: Tem jogador que já tem um mês no rival e ainda não fez um gol, Souza já fez na segunda partida. #chupasardinha

PS-3: Dão, outro contestadíssimo pela torcida e já numa suposta pré-lista de dispensa, entrou em campo, ganhou todas as disputas de bola e teve seu nome (imaginem senhores) cantado pela galera. Como dizia Félix em Amor à Vida, é o apocalipse.

PS-4: Hugo, tão desconfiado por mim, fez o segundo gol, logo depois do de Souza…#linguatorradanabrasa

NOTAS E AVALIAÇÕES

Wilson não foi muito exigido. 8,0

Ayrton fez uma boa partida e 2 golaços. 8,5

Salustiano deu conta do recado. 8,0

Defendi teve uma atuação menos ridícula. 7,0

Mansur fez o básico. 7,0

Marcelo precisa jogar mais sério. 6,5

Cáceres precisa voltar a jogar o que apresentou no início do nordestão. 7,0

Hugo teve uma boa prestação tática, marcou seu primeiro gol, mas precisa ser mais incisivo. 7,0

William Henrique deu um alento que pode ser jogador de 90 minutos ou foi apenas “inspiração CR7” por vestir a sete? 8,0

Souza mostrou que tem mais recursos técnicos do que Dinei, como mais mais habilidade, passe, força física (não cai toda hora). 8,5

Juan fez a sua melhor partida como meia desde o início do jogo. 8,5

14 Dão entrou e surpreendeu. 8,0

16 Mauri entrou bem mais uma vez. 8,5

19 Adailton também entrou bem e quase fez um golaço. 7,5

Ney Franco arrumou o time neste jogo, soube usar o banco de reservas e parece que surtiu efeito a sua palestra, ou melhor, o pacto proposto. Pacto este que foi divulgado minutos antes, mas sem muitos detalhes (ou teve e eu não peguei?). 10.

Anúncios

49 respostas em “A melhor partida do ano!

  1. Hugo, apesar da melhora, continuo o considerando um tanto lento em campo. Fez um gol em câmera lenta. Se estivesse marcado, daria tempo de evitarem aquele chute.

    Souza mostrou habilidade. Sabe buscar o jogo e tem mais vigor físico que Dinei. No meu baba, diria que ele é mais ‘malandro’, no bom sentido. Tromba, empurra, divide. Se impõe, enfim. Porém, é também um pouco lento. Corre em trote – em pequenos saltos.

    Dinei é melhor na mobilidade, no chute de média distância, na raspadinha e ajuda muito mais e melhor na marcação e compactação da equipe quando atacada. Só não é aquele centro avante brigador.

    ***
    Raimundo Queiroz falou ontem numa rádio que foi a São Paulo ver as semifinais e não viu nenhum zagueiro melhor do que os que já temos. Falou também sobre Caio do Inter. Disse que desistiu dele também. Segundo ele: “Muito difícil de contratar!”

      • Marcelo, Mocota achou duas matérias a respeito:

        Um link é do Futebol Baiano e outro do GE.

        futebolbahiano.org/2010/08/vitoria-entre-os-100-melhores-do-mundo.html

        globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2010/08/melhor-brasileiro-no-ranking-da-iffhs-cruzeiro-cai-nove-posicoes.html

        PS – Também…

        Um time com Viáfara, Nino, Wallace, Anderson Martins, Egídio, Vanderson, Bida, Elekson, Ramon Menezes e Ricardo Silva tinha que estar entre os melhores do mundo mesmo.

        —————–

        Eleições Diretas em 2016.

        Avante Leão!

  2. Não é possível concordar com as notas altas de Mansur e Adailton, que são jogadores medíocres e limitados.

    A escalação de Mansur todos aqui já sabem: forçar sua venda para outro clubes, só que ninguém é otário como os dirigentes do Vitória. A de Adailton não dá para entender pois ele já teve várias oportunidades.

    Será que ele também faz parte do FUNDO DE INVESTIMENTO DA BASE criado pelo ave de rapina?

    Quanto as mudanças do futebol apresentado ontem podemos fazer algumas especulações para o retorno do bom futebol do time:

    1. A retirada da barba de NF;
    2. A volta do pagamento dos bichos por vitória;
    3. A saída de Marquinhos.

    Independente do adversário, que não é nenhuma galinha morta dentro do contexto do baianinho, o time mostrou um futebol convincente, que deixa a torcida e o time com mais confiança para a final.

    Parece que o baixo astral passou para o outro lado. Só temos que torcer pela recuperação de alguns atletas e que outros, como Marquinhos, continuem no estaleiro.

    Alguém tem alguma outra especulação para o bom futebol de ontem?

    • Na minha opinião uma série de fatores a começar pela escalação coerente de Ney Franco,colocou cada um no seu lugar.Não inventou de jogar com 3 atacantes.Outra coisa foi a vontade que os jogadores apresentaram,não sei se foi por conta de pagamento de salários ou oferta de bicho,mas deu pra perceber q estavam com vontade de ganhar.Outro fator foi o gol feito bem no inicio que deu tranquilidade ao time.

    • Além da providencial contusão de Marquinhos, talvez a permanência de Dinei no estaleiro seja importante para a disposição tática do time, pois aí não jogaríamos com dois centroavantes, jogando Souza – imprescindível para atuar nos dois clássicos – na sua verdadeira posição.

    • Certamente a opção 3, seguida da 2.

      Porque por maior que tenha sido o bicho oferecido, jogar com a letargia e displicência de Marquinhos, emperra qualquer time.

      Venho dizendo isso desde o ano passado.

  3. Jogo que foi contrário a todas as minhas perspectivas.
    Embora o Conquista não tenha sido aguerrido como em várias partidas do campeonato, o Vitória se impôs e mostrou efetividade de gols que não mostrou no jaVI.
    Talvez o comportamento do Conquista tenha sido murchado pelo rápido gol de Sousa, que atuou bem no pivô. Ayrthon, também.
    Nesse jogo o Vitória mostrou, a mim, boas atuações na zaga e no ataque, embora ainda veja muitos buracos na primeira, que não foram explorados pelo adversário.
    Para o sarVI, ficam a mudança de atitude e de confiança de alguns jogadores.
    Técnica e tática são outros quinhentos, pois alguns jogadores que estavam fora, voltarão, e o que Ney Franco fará, eu não sei.
    Eu, deixaria Sousa. Se não fosse sua atuação, poderíamos ter visto as velhas mesmas coisas de sempre, não a redundância de gols.

    Abrçs!

  4. Vou bater na tecla até sábado!

    Wilson, Ayrton, Salustiano, Defendi e D. Tarracha;
    L. Gustavo;
    J. Wellison e Hugo;
    Juan;
    Dinei e Souza

    Banco: Um goleiro, Dão, Euller, Marcelo/Mauri, Caceres, Marquinhos e William Henrique.

    • Eu entraria com:

      ———————- Wilson ———————

      – Ayrton – L. Gustavo – Salustiano – Juan –

      ———- Caceres ——– Wellison ———–

      —— Mauri ——- Hugo ———- Euller —-

      —————— Dinei (Souza) —————–

      Segundo tempo: W. Henrique, Souza (Dinei) e outro a depender das circunstancias do jogo.

  5. Realmente tudo muito estranho , mas vamos para + uma final de baianinho e ontem a imprensa começou com as polêmicas idiotas tais:
    Uellinton esta dizendo que vai dar de mão e outras bobagens , porém Ney Franco em final tem de botar as cobras criadas , menino é menino e homi é homi , vamos pro jogo.
    Ney Franco vc agora falar esta perola que a cozinha estava muito exposta , vc quer enganar quem parceiro ???? Vc já melindra no futebol há vários invernos e só agora que vc supostamente enxergou isto o que toda Bahia já vem falando desde Janeiro , pelo menos a mim vc não me engana. Só não sabemos o que estava acontecendo , desconfiávamos porém sem certeza.
    Será por causa dos trapalhões , aqueles que nós já conhecemos , só que são em 02.
    Ney Franco confiamos no seu trabalho independente das invenções que vc vinha fazendo , apesar deste campeonato ser um certame altamente falido , queremos ser campeões.
    Pois as sardinhas desdenham tanto e em 2012 se esguelharam pelos baixos meretrícios da vida , parecia que tinham ganho algum mundial , portanto é FERRO nas bonecas.

  6. Wilson

    Ayrton Salustiano Defendi Tarracha

    L. Gustavo
    José Wellison Hugo
    Juan

    Dinei Souza

    4-3-1-2

    É a melhor formação para Domingo!

    Leva pra compor o banco: um goleiro, Dão, Euller, Caceres, Mauri ou Marcelo, Marquinhos e William Henrique.

  7. uahsaushaushaushasu

    A prova de que o jogo foi “atípico” foi pq a torcida gritou “uh é caveirão”…De fato.
    Era pra todo mundo em protesto SAIR DO ESTÁDIO…

    Brincadeira esse Fábio Monteiro…uheuheuehuehueeuhe

    • Nem tanto, nem tão pouco. Pra quem estava MALHANDO a diretoria (com razão) sobre o “critério” pra se trazer Souza e no primeiro gol comemorar como se fosse nosso ídolo foi a prova cabal da hipocrisia que rola na torcida do Vitória.

      • Vou ser justo… Fábio não radicalizou o discurso….como eu, por exemplo….

      • Eu achei que a torcida do Vitória se apaixonou muito rápido por Souza, devemos dar mais um tempo, é o que acho.

  8. Ah, antes que eu me esqueça, UFA!!! Leandro Euzébio não vem mais… Graças…

    Acho que os jogadores estavam jogando sem vontade, jogando mal, sem garra, justamente pela possibilidade da chegada de L. Euzébiu, quando se confirmou que não vinha mais aí o time fez o que fez com o pobre do Conquista. Kkkkkkkkkkk

  9. Fabio já disse tudo no seu post.
    Só vou colocar que atualmente prefiro o time jogando com WH do que com o maresia do Marquinhos.
    Ainda não consigo ver uma boa partida de Mansur, pra mim foi o mais fraco junto com Marcelo.

    Era esse o espírito que vínhamos pedido, na minha opinião independente de resultados o time jogando assim é o que queremos ver, como foi no ano passado, na reta final do Brasileirão, pode até perder por um acaso ou uma bola, mas se jogar desse jeito a torcida vai junto.

    Sds

  10. Relembrou as partidas do segundo turno do ano passado, porém não vamos nos iludir! Pegamos o Conquista jogando com o 3º goleiro e sem o seu principal jogador Rafael da Granja. E que venham as sardinhas assanhadas!
    Fábio! Foi um prazer conhecê-lo. Abraços.

  11. Bom dia amigos!

    O resultado de ontem não se deveu a nenhuma escalação, mudança tática etc. O que mudou ontem e que tanto pedíamos foi a POSTURA do time. Entrou ligado, mordendo na marcação, assustou o frágil Conquista que tanto nos deu trabalho no jogo passado. Passou por cima, atropelou.

    Geralmente destacamos aqui os destaques positivos em meio a tantas atuações ruins, mas hoje é dia de destacar apenas os poucos pontos negativos de uma partida que foi quase perfeita.

    – Marcelo destoou negativamente de um time que jogava com seriedade e atenção. Muito disperso e errando muitos passes. Continua devendo e muito este ano.

    – Mauri não entrou bem. Entrou com todo gás, no segundo tempo, placar já garantido, time todo voando e ele passou despercebido, atrapalhou alguns contra ataques. Esperamos mais dele.

    – Willian henrique, apesar da partidaça e do golaço, teve um período da partida que abusou das firulas, dos toques a mais e irritou time, torcida e técnico. Mas se recuperou depois jogando com mais objetividade. Puxa a orelha dele, Ney!!!

    Enfim, feliz e menos desconfiado pro sar x VI, onde a vantagem é nossa e não podemos sair estabanados pro ataque e correr o risco de tomar um gol de novo logo no começo. Quero meu Vitória começando “na boa”, estudando o jogo e sendo cirúrgico nos ataques. Se abrirmos 1×0 elas piram.

    P.s.: COMO É BOM ASSISTIR A UM JOGO DO VITÓRIA SEM TER QUE VER CARA DE DESGRAÇA ENOJANDO O JOGO!!! OBRIGADO, MEU DEUS!!! EU PEDI TANTO E ESSE DIA CHEGOU!!! JOGO RÁPIDO, NA RAÇA, SEM AQUELE COCÔ COM CARA DE “COITADO” SE LAMENTANDO A CADA MERDA QUE FAZ NO JOGO! OBRIGADO, JESUS!!!!!!!!!!

  12. Outro time, outro espírito, outra postura… Tá vendo que quando eles querem jogar eles sabem! Carlos Falcão a parte, se Ney fizer o basicão e eles jogarem o que sabem, contra os times mais fracos que enfrentamos dá pra o gasto, aquelas partidas abaixo da crítica não se justificam.
    Não sei o que foi conver$ado, mas surtiu muito efeito, que esse efeito dure mais um tempinho…

    Como disse um amigo, se Souza perder uns 10 kg vai ficar tinindo kkkk.

    Dão teve seus minutos de glória hoje, pura zoaçao da torcida que estava de bem com a.vida, ri muito rsrs.

    Agora o jogo é valendo, é a hora da verdade!

    SRN

    • Vou suborná-lo com uma caixa de Treloso de morango, 4 litros de Tinguá sabor laranja e 4 pacotes de miojo sabor queijo cheddar. Será que ele topa assistir os 2 sar x vi’s de casa, se alimentando como de costume?
      kkkkkk

  13. Independente do resultado final deste campeonato, gostaria que a equipe entrasse em campo com o espirito que esteve hoje em pituaçu nas partidas do brasileirão. um vitória diferente,lutando pelo gol a cada lance, mesmo com a vaga garantida no primeiro tempo,o time foi com a mesma sede de vitória na segunda etapa, não se acomodou com a vaga definida e proporcionou um grande jogo.

    Clássico é clássico, mas como disse de início, independente de quem ganhe ou perca,que esse espirito permaneça com esse elenco por toda a temporada.

    boa semana a todos.

Deixe a sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s