Vitória faz 3×1 na Lusa, segue na Copa do Brasil, mas sinal de alerta segue ligado!

ecvitoria-portuguesa-diego-renan_margaridaneide

Diego Renan comemora o gol de empate em cobrança de pênalti. Foto: Margarida Neide (A Tarde)

O Vitória quase fez mais uma das suas ontem à noite no Barradão. Incrível como o time vem piorando a cada jogo, sendo a última lembrança de boa atuação o segundo tempo da primeira partida da Decisão do Campeonato Baiano. Assim como no jogo do Santa Cruz, o rubro-negro começou completamente disperso, sem entusiasmo algum pela partida e cometendo erros terríveis de marcação, sobretudo Diego Renan, que mal apoia e agora resolveu de ser engenheiro da prefeitura ao criar a Avenida com o seu nome de batismo.

Antes de abrir o marcador, a Portuguesa fez outros dois lances agudos lançando no espaço vazio de nosso lado esquerdo, justamente pelo sósia de Berguinho (banda Seu Maxixe) ficar aéreo, pensando como estaria sendo o episódio de Velho Chico que ele estava perdendo…A bola pune quem não joga sério e determinado e aos 20min o prelúdio do apocalipse tava feito. Lado esquerdo desguarnecido, lateral da Lusa cruza na área, bola testada, gol dos visitantes! Ranger de dentes nas arquibancadas.

Continuávamos a ser um time medíocre, em que parecia que era nós que estávamos na Série C e batendo lata e a Lusa na Série A com jogador de 200 mil no DM desde que chegou. Se não fosse o lance fortuito que resultou no chute de Leandro Dormindo que bateu na mao do jogador da lusa, não chegaríamos ao empate na primeira etapa. Diego Renan bateu com categoria, deslocando o goleiro. 1×1.

Não queria estar nos vestiários do Vitória no intervalo. Mancini deve ter soltado a matilha para cima dos caras, pois o segundo tempo foi outra coisa. Não significa que passamos jogar à Real Madrid, mas a disposição e o foco no jogo mudou visivelmente. Mais ligado no jogo e da importância da classificação, logo aos 4 minutos veio o gol da virada, quando Alípio cruzou na área, Kieza cabeceou, o goleiro Luís Carlos deu rebote e o volante Marcelo não titubeou. Vitória 2×1.

Com a virada, a Lusa acusou o golpe e ficou mais murcha que o esquimba de Stênio Garcia naquela foto vazada no final do ano passado, com sua esposa. Entretato, somente aos 40 minutos o Leão fechou o caixão, com um belo lançamento de Amaral para Kieza, que com frieza, instinto e raça colocou no canto contrário do arqueiro da bigoduda. Vitória 3×1. Nem mesmo as fortes dores no braço, a sua imobilização evitaram que ele corresse o risco de cair em cima de tal braço, j´que o lance foi todo puxando pro lado direito. K9 é miserê! Chora sardinha! O K9 é nosso!

Apesar do triunfo, da virada e classificação para a próxima fase, em que vamos enfrentar o Cruzeiro-MG, o elenco mostrou mais uma vez que está muito abaixo da Série A e que é necessário reforços urgentes em todos os setores do campo, senão a coisa vai ficar estreita e o risco de rebaixamento é enorme, real e sem meias palavras. O recado continua dado. Ou esta diretoria entende de vez isso, reforçando a equipe ou aguente mais um rebaixamento vergonhoso na história, o que seria o 5º em 12 anos.

Anúncios

12 respostas em “Vitória faz 3×1 na Lusa, segue na Copa do Brasil, mas sinal de alerta segue ligado!

  1. QUE VENHA O CURÍNTIA!!!!

    A frase no grito de um torcedor rubro-negro, indicada no início, dita no mercadinho onde fui comprar aipim hoje pela manhã, não me representa.
    Ele estava respondendo a provocação de um torcedor jaiense, que ainda o massacrava pela derrota humilhante frente ao santinha.

    De qualquer forma, infelizmente, esse pensamento é o de muitos torcedores do Vitória, que não observam as diferenças de uma competição como a Copa do Brasil para o campeonato brasileiro.

    A portuguesa é um time de série C, ruim, totalmente esfacelado por problemas de gestão financeira e administrativa. Veio para o Barradão trazendo todo esse peso nas costas e, mesmo assim, conseguiu fazer um gol. Então, não há motivos para o Vitória sair por aí comemorando a conquista da Champions League.

    Claro, há méritos pelo desempenho melhorado após o gol da portuguesa e, mesmo com vários erros táticos e técnicos, conseguir o triunfo. O time “forçou” o penalti, melhorando a parte ofensiva e Kieza teve boa participação no segundo gol. Mais, ele fez o terceiro, contando com o imponderável numa matada e chute não adequados.
    De qualquer forma, eu, mesmo com tudo isso, gosto de perspectivas…

    Embora a Copa do Brasil ainda seja um campeonato onde um time pode se apresentar bem num determinado dia e eliminar seu oponente teoricamente mais forte, geralmente essa não é a tônica. É um campeonato mata-mata, que nas primeiras fases tem duelos de times muito fracos com outros melhor estruturados. O duelo Vitória x portuguesa foi um desses.
    Ao Vitória bastava exercer seu favoritismo, contando com poucos acidentes. Em seus domínios, a lógica era o triunfo, como aconteceu.

    Diferentemente, o campeonato brasileiro é de pontos corridos, exigindo dos times boas exibições mais constantes, o que não é característicos de times medianos ou pouco competitivos. O Vitória encontra-se neste último bloco.

    A luta, pois, é tentar fazer o maior número de pontos em casa e lutar contra os times de mesmo naipe, procurando vencê-los a todo custo. Isso garante a permanência na primeira divisão.
    Sendo assim, muita calma nessa hora com o “Que venha o curínthia!”…

    As competições são diferentes e o resultado de uma não influencia na outra.
    Talvez sirva como munição para encher o estádio e para a promoção do jogo pela TV detentora dos direitos de transmissão, mas tecnicamente não indica que o time está bem ou mesmo que esteja melhorando.

    Entendi o “que venha o curíntia” como busca de afirmação pelo torcedor que sendo o que é, sempre demonstrará otimismo. A razão ficará para os comentaristas dos programas esportivos, mesmo que muitas vezes usem camisas de vários times, sobretudo os do eixo Rio-São Paulo.

    Pode ser que estejam com o grito na garganta pra domingo:
    “Vai, curintia!”

    SQN, dirá o torcedor, insistindo:

    Que venha o curíntia!
    Agora bem justificado.

    Abraços!

  2. Não culpo o Diego no jogo de ontem, como não culpei somente o JW no jogo contra Santa. Nesse jogo de ontem o adversário atacou o tempo todo pelo lado esquerdo nosso e, o Santa Cruz fez pelo lado direito. Creio que em ambos faltou visão do nosso treinador para reposicionar um dos volante e reforçar o setor com cobertura do lateral e um dos atacantes dando primeiro combate a quem fosse por ali. Não tem como no futebol de hoje o lateral jogar sem cobertura, principalmente daquele que joga como ala.

  3. Eita… fabao ta inspirado hj…. esquimba de stenio Garcia e berguinho…
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkk… calma fabao
    … o veinho provou q tem estrela.

  4. o que falar de Amaral, VR3, Ramon, LD e Alípio. 4 peças que não vem rendendo.
    Kiesa no centro?
    basta esses 5 jogarem com disposição e a técnica pelicular, que o time terá uma melhora significativa.
    basta colocar kiesa na esquerda, marinho na direita, e um centroavante de nome (henrique talvez) que o time terá uma melhora significativa.
    vander já chega, já deu!
    diego renan precisa urgente de uma sombra!
    concertando isso tudo aí e contratando umas 4 ou 5 peças para serem titulares, teremos a possibilidade de ficar na primeira página da tabela.
    4 ou 5 t´peças titulares, os 4 em decadencia aí em cima, seriam BANCO!
    só isso, mais nada

    • Norberto ponto positivo ? Não jogou nada, errou varias jogadas que tentou elo meio, foi mal demais !!
      Tiago Real jogou bem, carregou sozinho a bola a frente, se movimentou e demonstrou muita vontade.

  5. Desde o início do jogo eu dizia “esse jogo tá perigoso”…logo veio o gol dos caras e o time continuava dormindo em campo. Rpz eu quero acreditar que alguma coisa tá rolando dentro dos vestiários ou é salto alto dos caras mesmo, pq apesar do baianinho ser um campeonato fubenga a forma que os caras tão jogando é muito sonolenta, descomprometida e irreconhecível das boas partidas que fizemos nesse primeiro semestre.
    Marcelo mais uma vez horrível em campo, parecia um peão rodando na frente de zaga, muito braga ali naquele setor. Era cada passe na fogueira…
    Leandro DORMINDO precisando de um banco ver se joga com raça.
    Kieza sim, uma boa partida, foi raçudo o tempo todo e a bola apareceu mais nele nesse jogo.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s