Não tem jeito, em 2017 o Vitória estará na Série B

650x375_ecvitoria-seriea-brasileirao-futebol_1668635

Lêdo Engano a estreia de Argel no Leão. Naquele jogo contra o Inter vimos um time mais aguerrido na marcação, que anulou o adversário e fez gol em jogada ensaiada. Contra o Botafogo dominamos boa parte do jogo, mas parece que o “destino” já está traçado pelos Deuses da Bola e eles não querem premiar uma das piores diretorias que o Vitória teve nos últimos 5 anos. Pois é. O atual corpo diretivo do Vitória composto por Raimundo Viana, Manoel Matos e Anderson Barros é o pior dos últimos 5 anos do clube. Um trio que não consegue montar um time bom, que vive contratando refugos, vindos de longos períodos de inatividade e que mostram a cada dia que estão completamente por fora do futebol-business do século XXI.

O Sobrenatural de Almeida está agindo de forma violenta. Já são 3 meses sem vencer no Barradão, o último triunfo lá foi na 12ª rodada, em 29 de junho. Quando mandamos o jogo em Feira de Santana e na Fonte Nova ganhamos as duas partidas (Coritiba e América-MG), mas no Barradão foram três derrotas e dois empates. E quando tudo parecia mudar com a penalidade máxima ao nosso favor, eis que Diego Renan cobrou de forma medíocre e a partir dali o jogo mudou de cara. O Botafogo que só se defendia, foi crescendo aos poucos e numa falha terrível da zaga e da saída completamente louca de Fernando Miguel, o alvinegro carioca fez 1×0 ainda no primeiro tempo. No segundo tempo nosso time repetiu o domínio estéril e sem brilho do ataque e na melhor oportunidade Kieza debaixo da pequena área acertou a trave. A treva tá vindo! E o jogo terminou mesmo com 1×0 para o time visitante e só não estamos na zona porque o Inter perdeu para o América-MG ontem à noite.

Diante a esta situação, tomei a decisão que o domingo 18/09 foi meu último jogo in loco na temporada 2016. O jogo deste domingo era o divisor de águas, pois seria duas vitórias seguidas, abriria 5 pontos para zona e motivaria a torcida para lotar contra o São Paulo neste domingo. Com esta derrota para o Botafogo, o time já vai entrar em campo mil vezes mais pressionado e já está notório que este elenco não tem culhões para vencer a ansiedade e a pressão da torcida. Sem falar que se a gente não conseguiu vencer em casa para um modestíssimo Botafogo, que ainda veio desfalcado de Sassá e Neílton, não será do São Paulo crescendo aos poucos que vamos reagir. Pode até acontecer, pois futebol é coisa de louco, mas usando a parametrização da lógica, a tendência é outra derrota no domingo e repetir a mesma história dos rebaixamentos anteriores. NÃO SABEMOS USAR NOSSO MANDO DE CAMPO COMO ARMA. Os melancólicos empates para Ponte Preta (2004), Portuguesa (2005) e Atlético Goianiense (2010) e a derrota para o Santos (2014) que resultaram em nossos rebaixamentos dentro do Barradão confirmam que é uma tese, um fato, e não superstição tola.

Além de decidir de me ausentar dos jogos, mesmo tendo o SMV vigorando em mãos, também acho que já deu pra mim com este blog nesta temporada. E talvez eu não tenha mais forças nem motivação para continuar numa nova Série B. Este grupo político que está no clube há 10 anos vem me desmotivando em progressão geométrica ano a ano, e, de fato, já me cansei completamente da mesmice do Vitória, em nunca disputar título nenhum fora do estado e da região Nordeste.

Quando estamos na elite, eles usam como desculpa pra não buscar título de expressão os valores de cotas dos times do eixo, mas quando estamos na B, mesmo sendo um dos maiores orçamentos não brigamos pelo título e a própria torcida esnoba um possível título da B (que seria apenas o maior título do clube, até então), achando bacana apenas subir em 4º ou 3º lugar, enquanto clubes de grande porte como Palmeiras, Atlético Mineiro, Grêmio e Vasco sobem como campeões com direito a festa das referidas torcidas. Mas nossa torcida é meio louca, comemora títulos baianos como nunca, mas esnoba título da série B parecendo até que em todos os anos entramos na Série A brigando por título. Vá entender! Cansei da mesmice do Vitória, da diretoria e da falta de ambição da própria torcida.

Só voltarei a escrever alguma coisa aqui, quando me sentir motivado ou inspirado. Eu que já tive o costume de atualizar a cada 48h já não tenho forças para manter este espaço para um time que pode dar mais ao povo baiano e a sua torcida, mas se contenta em viver eternamente como coadjuvante master.

Anúncios

26 respostas em “Não tem jeito, em 2017 o Vitória estará na Série B

  1. Sempre é ruim tentar passar ao torcedor que alguma coisa não foi boa após o time vencer. Afinal, venceu. Qualquer detalhe notado pode tornar o comentarista um chato e desprezível aos olhos do torcedor, colocando no patamar dos helmintos mais desprezíveis.
    Mesmo assim, corre-se o risco, contando com a compreensão, mesmo que pouca, daqueles que pretendem ver o Vitória um patamar acima, e não apenas lutando para não ser um time da série B.

    Antes, porém, deveremos delimitar alguns pontos: Primeiro…ninguém desistiu ainda, que esse ano que o Vitória ainda apresente algo mais parecido com futebol, não é mesmo?

    Sendo assim e, segundo, a briga do Vitória não é só contra os times parelhos, os quais hoje são representados por, considerando a pontuação e o que estão jogando: São Paulo, coritiba, figueirense, sport, cruzeiro e internacional. Não é isso?

    Não eliminaríamos aí a pontuação completa contra o furacão, chape e ponte; principalmente o furacão, pois joga muito mal fora de casa. Não perderíamos para o santos (Vila) e Palmeiras (último jogo e, tomara, já livre). Seria um pouco Mãe Diná, mas com alguma argumentação…

    Terceiro, se todos os times a serem combatidos e o objetivo não é apenas permanecer na série A, qualquer coisa minimamente tática que possibilite um triunfo não é bem-vinda…

    Dito isto, Argel não vai muito bem obrigado.
    Foram dois triunfos em três partidas, tomando apenas um gol, mas com pobreza técnica.
    Ontem o time foi mais Argel do que nunca, onde a ordem para a zaga era: ninguém sobe e chute tudo que se parecer com uma bola pra frente…tire ela daqui.

    O resultado é que os laterais pouco subiram, os volantes idem (fora um pouco Marcelo) e houve combate, mesmo que muitas vezes estéreis, dos atacantes na saída de bola do São Paulo.
    Por cima, a zaga estava melhor posicionada e não sofreu sustos maiores. Isso possibilitou que as chances aproveitadas pelo ataque não tivessem sido em vão, como observado em vários jogos, como o contra o Santa, no Barradão.

    Me preocupa, entretanto, e aqui mais uma vez a chatice do comentarista, que mesmo com um time com a psique em frangalhos (afinal tinham sido eliminados da CB por um time da série C), que sai para o jogo, o Vitória não tenha sido avassalador ofensivamente. Teve, claro, boas participações de Zé Love e, sobretudo, Marinho, mas ainda está longe do Vitória ofensivo que conhecemos, que é sua marca. Ah, tá…mas nessas condições é querer demais, dirão. Eu nunca estou satisfeito, ainda mais com pobreza tática.

    Discute-se muito a bola parada, mas foi uma alternativa ao Vitória ontem e deve ser respeitada, pois o time ataca na bola parada. Mas é muito pouco. Assim, pressiono Argel por uma definição melhor de um jogo para Kieza, que continua sendo mal aproveitado (só fazer pivô é ridículo) e a busca por alternativas ao jogo improdutivo de Cárdenas, que ainda não disse ao que veio.

    Se houve coisas boas nisso tudo, é que a ofensividade desembestada de Mancini (que eu gostava), passou para a preocupação defensiva de Argel. Isso também é bom, pois um time começa bem pela defesa.

    Deixo claro que não corroboro com pobreza tática em nenhum momento da vida. Penso que cuidados defensivos podem ser bem elaborados e bem executados, sem parecer que em determinado momento a casa vai cair. Ontem ainda foi assim, sobretudo pelas escolhas técnicas de Diego e Diogo Matheus.
    Claro que, num elenco pobre e ruim, fomentar a desunião seria temerário, mas passa pelo técnico a decisão de escolha dos melhores jogadores do momento. Penso que em determinado momento, Argel terá que fazer isso.

    Por fim, se você está achando que eu fui chato pra caramba e que o caminho para se manter na série A é só esse, respeito sua opinião. Afinal, contra três pontos não há argumentos e há possibilidade do Vitória ir pegando seus pontos dessa forma. Mas quero ver o time apresentando algo mais, mesmo que seja para uma boa perspectiva, não importa se o momento é de desespero.

    Abraços!

    Curtir

  2. Assisti o jogo é tenho certeza que falta qualidade nesse time e MUITA, vejamos gol do Marinho de novo e de bola parada, belíssimo gol, mas não foi de triangulações os jogadas coletivas, Renan é muito complicado esse cara, o esquema de três atacantes não dá certo, PQP, técnico burro igual a Macini, praticamente vamos jogar esse futebol de terceira, sofrível, o que melhorou? a defesa teve uma melhorazinha, o Kanu não deixa mais o setor para resolver o ataque, mas o meio de campo não foi tão bom, o São Paulo está mal, o Vitória se aproveitou, mas ainda mostra deficiências graves, agora rusucitar Tiago não dá né venho? O cara parece um peru e não produz porra nenhuma, observei que as duas laterais são ruins, estamos fudido, Euller o mais do mesmo, não consegue marcar deficiência que parece ser genética, está no sangue. Enfim, o técnico disse que não precisamos de reforço, vai ser foda esse fim de campeonato, mais o resultado foi MUITO bom podemos sonhar, pois os outros times estão ruins também, mas tenho haver que meu leão e rezar que esses jogadores pelo menos deixe o time na primeira divisão

    Curtir

      • O inter cai com certeza, mas acho que a outra vaga deve ficar com o Figueira.

        Quanto ao Leão, se mantiver essa pegada se mantém na série A.

        Mais uma partida sem levar gol, isso é muito importante para vencer.

        SRNS

        Curtir

  3. Sinceramente eu não estou vendo motivo para desespero. Acho que o Vitória tem totais condições de permanecer na Serie A. Eu estou começando a achar que o problema do Vitória é espiritual… Sério! Antes que vocês comecem a dar risada, eu explico.

    Veja, o Vitória depois do Barradão se tornou outro time. Dentro da sua toca, o Vitória era temido por todos! Até o mesmo o Pentacampeão Marcos tremia na base ao jogar aqui. Estou mentindo?

    Logo depois que Portela saiu, o Vitória perdeu totalmente suas garras. A toca não mete mais medo em ninguém! O leão está banguela, e a ultima vitória dentro do nosso Santuário(?), pasmem, faz 3 meses! Quando ganhamos de 3×2 contra o nosso vizinho Sport. Nesse meio tempo, ganhamos até uma tal “casa de praia”…

    O que aconteceu domingo não tem outra explicação! O time vinha encurralando o adversário, até que tivemos um pênalti, se não me engano, até aquele momento, Diego Renan NUNCA tinha perdido um pênalti pelo Vitória…Eu já estava contando com o gol, e já estava imaginando, como o time de Argel se comportaria jogando no Barradão com o placar favorável já no primeiro tempo.

    Pois bem, Diego não batel mal não… é que o Goleiro misticamente adivinhou o canto, e foi buscar uma bola lateral rasteirinha… (contando com ajuda da arbitragem que não mandou voltar a cobrança pela bela adiantada que ele deu). Em seguida, 3 jogadores nossos, erraram bisonhamente, e não conseguiram anular um jogador do nosso ex-freguês no Barradão!

    Pra mim quando portela não conseguiu botar o filhote lá dentro, enterrou secretamente 4 cabeças de bode e 3 sapos e 2 rãns com a boca amarrada QUANDO TROCARAM O GRAMADO para a copa do mundo!!!!! Vejam se eu não estou CERTO????

    Minha gente, a coisa é SÉRIA! Temos que chamar um representante de cada instituição religiosa desse país, e desenterrar esses trabalhos que estão atrasando nosso lado! Chamem as Caça-Fantasmas! Temos que dar um jeito nessa situação!

    SRN!

    Curtir

  4. Fabio,

    aproveite esse belo site, frequentado por inúmeros autênticos rubro negros, para ajudar na formação da chapa de oposição, composta por sócios torcedores, que visa apenas democratizar o clube após ganhar as eleições.

    Os diversos grupos de oposição estão se reunindo para ganhar as eleições da forma do estatuto atual, ou seja, de forma indireta mesmo. Vão formar uma chapa com 300 sócios e ganhar as eleições. Feito isso, em 03 meses, modificará o estatuto para termos eleições diretas, conselho proporcional e assembleia soberana. Esse compromisso será registrado em cartório.

    Com eleições diretas, a possibilidade de aparecer gente nova com idéias novas e espírito vencedor é grande. Esse é o caminho Fábio. Foque nisso aqui no site e nos ajude a acabar com a ditadura do vitória. O intuito do grupo é apenas democratizar o clube. Vamos juntos nessa luta. Sua ajuda será fundamental.

    Forte abraço.

    Sds rubro negras

    Rogerio Pessoa

    Curtir

  5. Fabio, entendo que é brochante continuar discutindo o momento do clube e do time, mas essa casa é a unica trincheira para que possamos dar vasão aos nossos sentimentos de protestos frente aos desmandos dos nossos incompetentes diretores. Curta o luto pela morte do seu animal de estimação e volte para continuar batendo neles.

    Curtir

  6. Só discordo da parte que disse que é a pior direção dos últimos 05 anos; esqueceu de CARLOS FALCAO? E pra mim, Alexi Portela tbm foi inferior a Viana. Ou seja, tamos fudidos com esses dirigentes

    Curtir

  7. VC TEM MENOS DE 30 E ESTÁ ASSIM, DESCRENTE, DESILUDIDO, BAIXO ASTRAL…
    EU TENHO 45, JÁ CANSEI HA TEMPOS
    por diversas vezes fui criticado aqui nesse blog quando me recusei a não condicionar minha presença no estádio ao SMV. disse várias vezes sobre o destino desse valor. sabemos?
    cobramos contratações durante o ano todo e agora vem essa diretoria moribunda cobrar a presença da torcida para ajudar o clube nesse momento difícil.
    o ultimo jogo que fui no barradão foi Vit 1 X 0 Ceará ano passado. e não irei tão cedo, ainda mais agora depois de saber que as eleições diretas foram sepultadas.
    CHEGA PARA VCS! PARA MIM JÁ CHEGOU HA TEMPO!

    Curtir

  8. Infelizmente torcemos para um clube medíocre que beira o ridículo pois tem um bom potencial, boa estrutura, tem estádio mas é parasitado por uma quadrilha. Não vai a lugar nenhum isso é certo. A motivação pra continuar escrevendo é denunciar os erros da quadrilha. No futebol só tem comentarista frouxo e omisso. Continue por favor. E largando o doce como nunca. Seu espaço está consolidado Fábio. Continue. Abraço.

    Curtir

  9. joga a toalha não Fabinho te acompanho desde 2008! é assim mesmo, mas vamos sair dessa! e quando vencermos algo vai ter um gostinho mais especial. Lembre-se desde os anos 90 pra cá o vitória vem em uma crescente batemos na trave em 93,99,2010 e 2013 pra ir na libertadores um hora essa bola entra pois como dizia os sabios água mole e dura tanto bate atpe que fura. SRN

    Curtir

    • Na verdade viemos numa crescente ate 2004, que mesmo rebaixado por questões internas , tínhamos time para brigar por libertadores, melhor time montado de 2000 pra ca

      Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s