AH É DI MARINHO! CAMISA 7 GARANTE TRIUNFO DO LEÃO COM VELOCIDADE E TALENTO!

fichatecnica-vitoria_3x2_atleticopr_br2016

Marinho é realmente o xodó do atual elenco rubro-negro e não é por suas entrevistas engraçadas e seu histórico de fatos cômicos em outros clubes. É mesmo pelo seu futebol de muita velocidade, técnica e habilidade finalizadora. Ficamos 4 jogos sem ele nas últimas rodadas e foram 4 derrotas. Ele retornou na semana passada contra o Fluminense e fez um gol e passe para outro mitando no Cartola com 20 pontos e ontem fez dois gols e mais uma assistência, novamente mitando no Cartola FC, agora com 22 pontos. Ou seja, se nos últimos 4 jogos sem Marinho foram quatro derrotas e NENHUM GOL, em dois com a sua volta foram um empate e um triunfo, CINCO GOLS rubro-negros, sendo três dele e outras duas assistências. É ou não é o CARA do Vitória?

Logo aos 4 minutos, o endiabrado camisa 7 mostrou a que veio. Em um lance onde mesclou a garra pela disputa da posse de bola e habilidade, ele com um leve toque de bico matou o goleiro colocando no contrapé, numa finalização “a la” o baixinho Romário (eterno camisa 11 da Seleção, rei do Tetra). O Vitória abria o placar para alegria e sossego da torcida rubro-negra baiana. Mais de 20 mil pessoas mostraram mais uma vez que cola com o time mesmo nos momentos delicados.

vitoria-3-2atletico-pr2016

O jogo estava bom, com o Vitória dominando as ações. Vimos um Atlético Paranaense muito pobre tecnicamente, com Nikão pesadíssimo, parecendo uma baleia assassina ciscando de um lado e de outro, quando os erros individuais mudaram o panorama da partida. Aos 29 minutos Lucas Fernandes foi lançado nas costas de Diego Renan, invadiu a grande area e novamente com a zaga já cercando o adversário, o esquizofrênico Fernando Miguel surtou novamente, saiu do gol que nem um doido e o meia atleticano rolou para Pablo (ô miséria, não podia ser outro jogador qualquer) empatar a partida e iniciar a sofrência no Barradão. Aos 42 minutos, Euller deu mais uma pixotada típica dele e Lucho Gonzales lançou para ele, Pablo, arrochar as redes do Leão mais uma vez fazendo muito marmanjo chorar nas arquibancadas. Termina o primeiro tempo e aposto que a nossa esculhambada imprensa esportiva já estava nesta vibe de usar o nome do atacante do CAP em referência a um dos ídolos da música baiana.

di-marinho-vitoria-3-1-atletico-pr

Só que desta vez nada de dar arminha para esta imprensa tricolorida. O Show não seria de Pablo do Atlético PR e sim de Marinho, ou melhor, Di Marinho. O extremo canhoto afrodescendente mais parecido com o ídolo argentino Di María. Passados 22 minutos de várias tentativas infelizes de seus companheiros e dele mesmo, no minuto 23 não teve escapatória. Di Marinho veio pela ponta direita cortou seus marcadores como se fossem cones para serem contornados e cruzou rasteiro para David empatar. A torcida voltou a apoiar, inflamada pelo empate e em busca do triunfo, que só veio aos 36 minutos quando Marinho recuperou a bola do adversário que subia ao meio de campo, partiu para direção de Weverton como uma flecha e com total requinte de crueldade deus dois dribles humilhantes no defensor e na saída do arqueiro paranaense, ele bateu firme no alto. VITÓRIA 3X2. Festa no Barradão, era show do Marinho para a tristeza daqueles que já estavam imaginando o lamentável quadro Jair & Vicentino com participação do cantor Pablo e daquele outro personagem boboca chamado de Onofre.

VAMOS VITÓRIA!!! Faltam 4 jogos para fazer 2 triunfos. Ainda dá!

FICA LEÃO NA PRIMEIRA DIVISÃO!

FORA MANOEL MATOS, RAIMUNDO VIANA E FALCÃO!

Anúncios

13 respostas em “AH É DI MARINHO! CAMISA 7 GARANTE TRIUNFO DO LEÃO COM VELOCIDADE E TALENTO!

  1. Euller. Esse demente tem que ser expulso do Vitória. Minha paciência com esse jogadorzinho já acabou a muito tempo. Não é a primeira vez que esse infeliz entrega uma bola dessas. Isto já aconteceu muitas vezes. Não é possivel que um cidadão desse continue jogando.

    Curtir

  2. É impressão minha ou Kieza não comemorou o terceiro gol do Vitória? Ele parou no lance achando que Marinho rolaria para ele fazer o gol e ficou vendo a conclusão da jogada para ver se o gol saía, depois não o vi comemorando. Alguém notou isso?

    Curtir

    • Verdade Oscar, comentei isso na hora; baixou a cabeça e saiu andando. vou levantar outra polemica; no lance do segundo gol, Victor Ramos tava na frente da linha da bola, o que fez o erro de Euler ser fatal, concorda, ou foi impressão minha?

      Curtir

      • Concordo sim. Mas Euller é mestre em dar entregadas ao sair jogando. Contra o Santos o gol da vitória santista surgiu num lançamento errado de Euller, que se fosse na NFL iria ser considerada uma interceptação. Ano passado, na Série B, ele deu o gol ao Sampaio Correia lá no Maranhão, por erro na saída de bola. O mal é que todos sabem desse histórico dele, mas recuam a bola para o cara apertado. Ele poderia ter recuado a bola para Fernando Miguel ou virado o corpo e posto para lateral, mas, mesmo marcado, quis sair jogando pelo meio. E o primeiro gol surgiu nas costas de Diego Renan, que foi na direita a avenida de sempre. Antes do gol, o CAP já deitava e rolava por aquele lado do campo. Graças a Deus Argel enxergou isso e Diogo Matheus entrou bem no jogo, com raça e sem comprometer.

        Curtir

    • Não comemorou… Depois deu um migué e foi abraçar Marinho lá pra não ficar feio…

      Ele parou de acompanhar o lance, quando Marinho fez o gol, ele deu as costas… É complicado o nível de companheirismo desse cidadão… uma inveja sem fim. Marinho ficou 5 jogos fora, Kieza nem de pênalti fez, agora fica fazendo beicinho…

      Na moral véi, jogador de futebol é mimado ao extremo.

      Sabe o pior? Hoje foi folga de novo do elenco do Vitória… quem estava no Barradão aprimorando a parte física? Domingues, que está machucado, e Marinho…

      Como um cara desse não vai brilhar?

      SRN

      Curtir

  3. Se marinho não tivesse se machucado já estaríamos salvos da degola, a situação ainda é difícil mas se Argel não inventar mais merdas ainda temos chances de escapar !!!

    Curtir

      • Quem sabe ??? Agora se a ideia é queimar os caras eles estão executando bem essa tarefa …

        Curtir

      • O inverso acontecia com os gringos, a exemplo de Cáceres e Luís Aguiar que eram meias ofensivos em seus times de origem, mas que no Vitória foram forçados a jogar de segundo volante. Só que Luís Aguiar bateu de frente quanto a isto e por isso teve pouquíssimas chances em 2014…foi um dos jogadores que poderia ter rendido mais se dessem a ele a mesma quantidade de jogos seguidos em relação a outros.

        Curtir

    • Abb, como o “SE” é só para a gente imaginar o que não aconteceu, mesmo sem Marinho, se os pênaltis perdidos tivessem sido gols e o pênalti fora da área não tivesse sido marcado para o Fluminense, já estaríamos salvos. Junte-se a isso o “SE” o gol de Dagoberto contra a Ponte Preta não tivesse sido mal anulado, “SE” Fernando Miguel, Euller, Victor Ramos, Diego Renan, Amaral e Kanu não desse tanta braga, estaríamos é lutando por Libertadores. Mas como o “SE” também serve para a gente sonhar, “SE” vencer o Santos na Vila (muito improvável), vencendo o Figueira no Barradão novamente lotado, o time se salva do fiasco do rebaixamento.

      Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s