Em grande atuação, Vitória despacha o Vasco e segue firme na Copa do Brasil

Finalmente o torcedor rubro-negro viu o Vitória jogar futebol. Diferentemente de todas as partidas anteriores, exceto os 6×1 em cima do Guanambi com o Time Reserva, o time principal do Vitória fez uma grande partida e despachou o Vasco da Gama da Copa do Brasil. Olha a diferença de se vencer por 1×0 jogando bem e perdendo chnaces de gols, do que ganhar “miado” de 1×0 fruto da sorte e com atuações desanimadas, sem alma e que deixa claramente a impressão de que se enfrentasse adversários melhores sofreria o revés. Hoje o placar moral da partida seria 4×1, porque teve uma bola que Fernando Miguel operou milagre num chute forte do meia Nenê, de fora da área.

Primeiro Tempo – Precisando de vencer para se classificar, o Vasco parecia que tinha esquecido deste detalhe, tamanha a apatia e o início mais preocupado em se defender do que atacar. Já pelo lado rubro-negro, o Vitória mostrava maior posse de bola, troca de passes com coerência e boas infiltrações na área vascaína, mas errava as finalizações com Kieza, Deivid e Patric (na melhor chance de todas). O melhor jogador do Vasco foi a arbitragem! Várias faltas ao nosso favor perto da área em que o juiz simplesmente ignorava, mas era só jogador do Vasco ser tocado e era marcada falta à favor do time carioca. Fora uns dois lances que foram dados impedimentos sem ser. Para piorar, em um lance de bate-e-rebate na área, o zagueiro do Vasco tocou claramente com a mão na bola dentro da área e o juiz, de frente, fingiu não ter visto a penalidade máxima.

Já no Segundo Tempo, o Vitória passou a atacar com mais ousadia e o o Vasco passou a dar mais espaços, pois também precisou ousar mais na partida, com certeza deve ter caído a ficha que o empate sem gols não lhe servia. Com o jogo mais aberto o gol aconteceu. Aos 13 minutos José Welison levantou na área, a zaga do Vasco cabeceou errado, a bola caiu no pé de Deivid que finalizou em cima do goleiro Martin que deu rebote e Alan Costa, de primeira, fez 1×0.

Precisando mais do que nunca de fazer gols, o time vascaíno tentou partir para o abafa, mas a dupla Kanu / Alan Costa estava intransponível. Que bela atuação do miolo de zaga. Tanto no jogo do RJ quanto o de hoje, nossa dupla de zagueiros mostrou muita raça e eficiência tanto nas bolas por baixo como no alto. É Fred…ficou estreito para você, viu! Os limitados e criticados zagueiros vem evoluindo jogo a jogo, pelo menos há 3 ou 4 jornadas, justamente no período em que nossa zaga parou de tomar tantos gols. O nível de gols tomados estava relativamente alto (para os padrões das competições que estamos em disputa neste semestre) justamente com a presença de Fred. Coincidência ou não, Alan Costa e Kanu parecem se entrosar cada vez mais.

Nas poucas vezes que conseguiu passar pelos beques rubro-negros, o Vasco parou nas defesas seguras de Fernando Miguel, sobretudo em cabeceios de Luís Fabiano e em chutes de média distância do meia Nenê. Mas se engana quem achou que o Vitória recuou, adotando a tática irritante das partidas do Estadual e do Nordestão.Mesmo com a tentativa de reação vascaína, o rubro-negro não se abdicou de jogar e o goleiro uruguaio Martin Silva evitou uma goleada do Leão da Barra com três belíssimas defesas. A primeira numa cabeçada de Kieza, no ângulo, a segunda com um chutaço em cobrança de falta de José Welison e a última, já perto do final de jogo, com um chute cruzado de Deivid.

Enfim, digo sem medo de errar, que depois de 4 anos vi o Vitória jogar futebol. Espero agora regularidade. De ver mais vezes o time ter esta posse de bola e troca de passes, de forma ordenada e com certa objetividade. O placar de 1×0 não refletiu fielmente o que foi o jogo, só não foi maior por causa do bom goleiro vascaíno. A formação com 2 meias deixou o meio de campo mais povoado e mais próximo dos atacantes, por isso tivemos um volume maior de jogo.Tanto é que a torcida aplaudiu desta vez, diferente das jornadas anteriores em que a vaia prevaleceu, mesmo com o time saindo vencedor.

Atuações por setores – Nas laterais faltou um pouco mais de ofensividade de Geferson na esquerda e de calma de Patric na direita, pois em vários lances, o camisa 29 se atrapalhou sozinho, não sei por nervosismo por querer decidir logo a partida, fato evidente no lance que ele perdeu o gol de cara no primeiro tempo. 

Meio de Campo Os dois volantes, Welison e Farias, estiveram muito bem também. Mais uma partidaça de W. Farias, que a cada dia me lembra o estilo de jogo de Preto Casagrande de 1995-1997 e 2006. O prata-da-casa Zé Welison vem tendo uma boa regularidade e mostra melhor poder de saída de bola do que Uillian Correia. Gabriel Xavier fez uma boa partida, se movimentando muito e confundiu a defesa vascaína por sua constante inversão de flancos. O jogador que mais destoou foi Cleiton Xavier, que errou muitos passes, entre eles em lances cruciais, que poderiam se transformar em assistências marotas. O desempenho de Cleiton foi tão abaixo, que Cárdenas voltou a ter seus minutinhos de jogo.

Já no ataque Kieza, que lutou muito em campo, cansou e foi substituído por André Lima que pouco contribuiu e Deivid teve uma atuação regular, daria uma nota 7 pra ele.

Vitória Sempre!

#osonhocontinua

#ObsessãoCopaDoBrasil

Anúncios

40 respostas em “Em grande atuação, Vitória despacha o Vasco e segue firme na Copa do Brasil

  1. Como vi finalmente uma atuação convincente, vou finalmente dar mais uma chance a Argel.

    Ainda vi que tinha muita coisa pra melhorar ali e é verdade que pegamos um peso morto.

    Mas teremos a “decisão para se classificar” na copa do nordeste e ai quero ver o time titular novamente.

    Curtir

  2. De fato, Argel não é o treinador ideal.

    Mas, quem seria ??

    Prefiro Ricardo Gomes, Carpegiani e Marcelo Oliveira mas não sei qual a pedida desses profissionais e nem se o Vitória tem caixa para isto. Melhor que esses só Abel Braga (impossível, no momento, para nós).

    Argel vai ficar. Espero que tenha se convencido que o esquema 4 – 4 -2 encaixa melhor com o elenco.

    Foi beneficiado pela crescente de Kanu/ Alan Costa/ Paulinho.

    Vamos ver. A Copa do Brasil se tornou uma competição tão difícil quanto a Libertadores.

    O Vitória deve encarar cada fase da copa do brasil como final e lutar até o fim.

    Por outro lado, fico feliz que tenha decidido concentrar esforços na copa do nordeste.

    Curtir

  3. É uma pena saber que pegaremos os time mais fraco da competição (ASA ou Paraná), o que nos dará chances reais de chegarmos às oitavas, mas que, com este técnico, fica difícil almejar algo maior.

    Com o elenco que temos e com os times que estão na CB 2017, teríamos uma bela chance de nos sagrarmos campeões.

    Futebol não é uma ciência exata. Não dá para se analisar friamente, com números. Argel não tem condições de comandar este time, apesar das estatisticas.

    Curtir

    • Sinceramente, acho que já passou dos limites esta IMPLICÂNCIA da torcida com o cara. Ele não é um primor de técnico, isso é fato. Mas não é este lixo todo. NUNCA torcerei contra ou colocarei pessimismo no ingrediente para justificar a saída dele. Espero muito que ele tenha percebido de vez que o time rende melhor no 4-4-2 alternando para o 4-5-1. Ontem o time jogou muito bem, o que reforça também que os jogadores gostam mais de jogos decisivos contra times de certa expressão nacional. VAMOS DAR TRÉGUA CARAMBA! O cara disputou 15 partidas e só perdeu um só jogo, diacho! E no primeiro grande time do Sul/Sudeste mesmo com toda a mídia e arbitragem PASSAMOS COM 1 TRIUNFO E 1 EMPATE! VAMOS APOIAR. Independente de quem seja o treinador ou o jogador. Muita gente bajulava a Chapecoense do ano passado antes mesmo do acidente. Quem era o treinador? Quem eram os jogadores? APOSTO que lá não tinham esta pressão e cobrança demasiadamente exagerada.

      Curtir

      • Não vejo implicância. Vejo uma insatisfação com o que foi apresentado ao longo da temporada. E é justa. Claro que a atuação de ontem foi satisfatória. É o primeiro passo pra construção de uma equipe sólida. Mas ainda há motivos para o torcedor ficar desconfiado. Domingo mesmo, a insatisfação foi geral. Nós temos que apoiar, cobrar e aguardar. Só o tempo vai dizer se Argel vai conseguir manter a evolução da equipe. E todos nós queremos isso, independente do que achamos dele.

        Curtir

      • So que aqui é demais Felipe. A gente tira o Vasco contra a arbitragem e midia sulista. N perdemos nem la nem ca. Aí ao invés de curtir o triunfo, a torcida fica fomentando o caos em cima do treinador um dia depois da melhor apresentaçao do time no ano. Porra, isso irrita velho! Temos que ser mais otimistas e menos ranzinza. Vamos dar uma tregua ao treinador.

        Curtir

      • No post passado você era a favor da saida do cara. Agora é implicância? Continuo com a mesma opinião. Para mim é um tecnico fraco e o Vasco não é referência. É só a gente ver o jogo deles contra o Macaé.

        Curtir

      • O Vasco é referencia sim, pois disputa a Serie A e queira ou nao foi o primeiro grande time que enfrentamos. Mania de desmerecer nossos feitos. Ja basta nossa imprensa!!! O time jogou muito bem contra o Vasco quinta feira, por isso é prudente dar uma tregua a Argel.

        Curtir

    • Caro Apogeu,

      Com sua fala:

      “Com o elenco que temos e com os times que estão na CB 2017, teríamos uma bela chance de nos sagrarmos campeões.”

      Você quis falar que o Vitória deveria aproveitar que não tem times bons na Copa do Brasil e assim deveria aproveitar para ir longe?
      Amigo, em 2017 será o primeiro ano que todos os maiores clubes do Brasil irão disputar a competição. Na próxima fase os 8 Clubes que estão na Libertadores entrarão na competição e mais os campeões dos regionais de 2016.
      Então deixe de papo…

      Curtir

    • Meu caro, até o Bayer qdo pega um time teoricamente mais fácil em um sorteio da Champions comemora.

      Vamos celebrar essa classificação e a sorte no sorteio e q os Deuses do futebol continuem do nosso lado.

      Já tivemos um azar danado qdo chegamos nas finais do Brasileiro e CB, pois pegamos os melhores times daquele momento (Palmeiras e Santos) , que qto menos difícil melhor.

      Acho que nossa torcida tem esse “ranso” devido as inúmeras frustração. Temos que aprender a ver o lado positivo e celebrar!

      Sobre Argel, deixa o cara trabalhar, pelo menos com ele o retrospecto fora de casa é bom desde o brasileira passado e talvez isso faça a diferença em torneios de copa, pois nosso histórico sempre foi de “presa fácil” fora de casa.

      Saudações!

      Curtir

    • Em minha opinião, o melhor confronto possível nessa 4ª fase. Finalmente demos sorte, pra compensar o azar de pegar o Vasco na fase anterior.

      Curtir

      • O paraná é um time chato! valorizam bem seu mando de campo. MAS VAMOS SEGUIR EM FRENTE!

        Curtir

  4. Melhor jogo do ano.

    Tinha gostado do futebol demonstrado em São Januário, mas, ontem, a equipe estava mais coesa.

    A zaga cresceu muito de produção.

    Também entraria com a equipe alternativa (como lembrou Oscar).

    Precisamos chegar em Aracaju com “força total”.

    Além disso, com competições longas em sequência, o clube precisa de um elenco com alternativas e estes jogadores também precisam ter ritmo de jogo.

    Bom público.

    Curtir

    • É o jogador mais regular desde o ano passado, mas nesse ano ele está comendo a bola!

      O que esse cara fez ontem… Com calma, pensando o jogo, chegando pra chutar, rodando a bola e, é claro, mordendo o tempo todo.

      E detalhe: praticamente não se machuca.

      Curtir

  5. Muito boa apresentação nitidamente no segundo tempo , Alan Costa que fiz várias criticas vem melhorando , não sei se a parceria com Kanu fez o futebol dele dá uma crescida,mais evoluiu sim.
    Cleiton Xavier vem destoando há alguns jogos , mais acredito no seu futebol.
    Vamos aguardar o sorteio hoje às 12;30 para ver quem vamos enfrentar.
    Ontem pra mim Farias jogou paracarralho como os 02 zagueiros e JW .

    Curtir

  6. Estou mais otimista pelo que vi ontem, principalmente no segundo tempo. E é bom pros cofres do
    clube receber essa grana. Que venha o fusquinha, será outra prova de fogo como vai se comportar nosso time. Alguém sabe será nosso próximo adversário na Copa?

    Curtir

  7. Tem que descansar os caras para chegarem inteiros no jogo contra o Sergipe. Meu time para domingo: Caíque, Norberto (Salino), Fred, Vinícius (Renê Santos) e Euller (Geferson); Bruno Ramires, Correia, Cárdenas e Jhemerson; Pineda (Paulinho) e André Lima.

    Curtir

  8. Passamos, graças a Deus. Primeiro tempo foi duro de se ver. Muita briga, pouco futebol. No segundo, aí sim. O Vitória fez sua melhor partida. Marcou bem, forçando os erros do Vasco. Atacou com transições rápidas, e criou bastante. Justa a classificação. O primeiro tempo contra o Botafogo e esse segundo contra o Eurico FC já dão esperanças pra o decorrer da temporada. O problema, pra mim, nunca foi o esquema tático. Era a forma da equipe marcar, com pouca pegada. Nesse modelo de marcação individual, tem que ter imposição física. O que não faltou ontem. Enfim, agora é comemorar. E torcer pra essa melhora não ser fogo de palha. Ah, e André Rizek, o Vasco pode ser até maior que o Vitória, mas museu não entra em campo.

    Curtir

  9. Brocança, passamos de fase e ainda mantemos o tabu de nunca perder para o vasco no Barradão.

    A zaga foi muito bem ontem.

    srns

    Curtir

    • Cleiton Xavier vem mal há uns 5 jogos, sua escalação no time titular já tem que ser repensada. Gabriel foi mal no primeiro tempo, mas melhorou no segundo.

      Curtir

  10. Uma dica para os torcedores do Vitória que se incomodam (como eu também) com o preconceito dos narradores e comentaristas do sul maravilha: Acione o botão amarelo do controle remoto, vá para a opção ÁUDIO e escolha INGLÊS. você ouve os sons do estádio, mas a voz dos pilantras desaparece.

    Curtir

  11. Mais uma vez venho questionar a postura da rede TV FOX. Lamentável o preconceito com o nosso futebol Nordestino. É tamanha a falta de profissionalismo e a falta de conhecimento ( puro desenteresse) nos clubes e jogadores que atuam fora do eixo RJ/ SP. Aquele narrador dá nojo. Mas, falamos a boca das imprensas. Ops lembrei! Teve um lance que ele trocou o vitória pelo Bahia, é mole?

    Curtir

  12. Time jogou bem, destaque para Patric, Willian Farias, Ze Welison e os zagueiros. Para passar por times melhores que o Vasco o Vitoria vai precisar melhorar mais principalmente no setor de meio campo, vi Cleiton Xavier displiscente, Datolo e Pisculich tem que voltar logo.
    SRN! Pega leaooo

    Curtir

  13. 12 jogos oficiais Vitória x Vasco no Barradão: 11 vitórias do Leão e um empate. Fregueses de carteirinha. Quase 20 mil num horário ingrato, num estádio de difícil acesso, com chuva. A torcida deu show. Mas a ridícula imprensa da Bahia só tem olhos pra o Fusca de Itinga e seus seguidores megalomaníacos. Graças a Deus que não precisamos deles. SRN

    Curtir

  14. 12 jogos oficiais Vitória x Vasco no Barradão: 11 vitórias do Leão e um empate. Fregueses de carteirinha. Quase 20 mil num horário ingrato, num estádio de difícil acesso, com chuva. A torcida deu show. Mas a ridícula imprensa da Bahia só tem olhos pra o Fusca de Itinga e seus seguidores megalomaníacos. Graças a Deus que não precisamos deles. SRN

    Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s