#BAVI489 | Fomos juvenis, comemos pilha e pagamos caro por isso

O Vitória fez tudo o que não devia na tarde de ontem e pagou caro por isso. Tomou 2×0, fora o baile e se despediu da Copa do Nordeste de forma melancólica para o rival, que teve seu goleiro um mero espectador do jogo. Muito triste num clássico valendo vaga para a final da maior competição do primeiro semestre, o Vitória ter sido eliminado sem nem chutar ao gol. Alguém aí lembra alguma defesa sequer do goleiro Jean? Umazinha com ele se esforçando, pegando na ponta dos dedos ou se lenhando todo?

Comemos a “pilha” do vice-presidente do rival e que contou com apoio da mídia local, vide a edição do Correio de ontem. Mesmo tendo vários jogadores acima dos 24 anos no elenco, pareceu que somos um time sub-15 em sua primeira competição importante. O Vitória fez uma péssima partida, foi facilmente dominado pelo rival e não teve forças nem para chegar na área do tricolor. Infelizmente a sensação que passa é de que o nosso time tremeu mesmo.

Além disso, Argel comprovou pela enésima vez que é um mero entregador de coletes e que usa do fator motivacional uma arma, mas que só presta para equipes à beira do rebaixamento. Argel não é técnico, na essência da palavra, pois não sabe variar esquemas nem tirar o “coelho da cartola”, ou seja, descobrir uma nova forma de jogar, descobrir um jogador que possa mudar o rumo de uma partida difícil. A verdade é uma só: Encontramos o Ricardo Silva II, mas com certa “grife” gaúcha. Não tenho dúvidas que Wesley Carvalho, atual assistente, tem muito mais capacidade que Argel.

Pela previsibilidade do esquema tático de nosso treinador, o Vitória já bateu asa da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste, as duas principais competições da temporada, onde sonhávamos conquistar o título ou ao menos chegar na final (principalmente o torneio nacional). Só nos resta agora, como consolo (de tolo), o pobre e medíocre campeonato baiano, que o campeão não ganha nem um big-big, ao contrário das duas Copas em que além de maior prestígio, nos resultaria em premiações acima dos R$ 2 milhões. E isso recai a culpa na diretoria, que poderia ter apostado num treinador mais gabaritado e capacitado, mas por preguiça e comodismo renovou com este projeto de treinador.

Copa do Nordeste virou “campeonato brasileiro” para o Vitória desta década

E já temo pelo título do Baianinho. Guto Ferreira já manjou nosso esquema e conseguiu reverter o lado psicológico à favor deles. Faltou de nossa diretoria e comissão técnica, um antídoto, um trabalho forte psicológico com o elenco antes da partida. Gofamos, caímos no jogo das sardinhas e agora só resta para a nossa torcida passar por este dissabor. Esta é a quinta edição do Nordestão com este prestígio no cenário, com premiações altas e que dá ao campeão o direito de jogar a Copa do Brasil a partir das oitavas de finais, o que significa um atalho para se chegar ao título e à Libertadores (seriam apenas 8 jogos). São 5 edições que o Vitória não chega a final da competição regional, que nos anos 90 e início dos anos 2000 era “de lei” a gente ser finalista, por isso somos o maior vencedor do Nordestão. A cada ano esta lembrança vai ficando mais distante de nossas mentes…Que desalento!

Só nos resta que o Santa Cruz ou o Sport Recife sagrem-se campeão nordestino e a gente ganhe o prêmio de consolação e voltar a gozar as hienas de Itinga com seus dois vice-campeonatos em sequência em um curto espaço de tempo.

Apesar de tudo,

VITÓRIA SEMPRE!

Anúncios

63 respostas em “#BAVI489 | Fomos juvenis, comemos pilha e pagamos caro por isso

  1. Sou favorável que o clube siga essa tendência, só não sei se Wesley é o nome, mas aprovo a sua interinidade inicial.

  2. OK. Cada um tem direito a opinião.
    Porém, vejo muitos pedindo técnico renomado, que obviamente ganhariam uma fortuna aqui. Mas, muitos dos que estão sendo “sugeridos” por aqui estão em clara decadência. Vide Levir e Marcelo Oliveira. Vejam o exemplo do Botafogo, Flamengo, Corinthians. Por isso, e por já ter demonstrado conhecimento quando interino em outras ocasiões, aprovo efetivar em definitivo o Wesley Carvalho.
    SRN.

    • Penso também que devemos seguir essa tendência, só não sei se Wesley é o nome. Aprovo a sua interinidade.

    • Não concordo muito em afirmar que Levi e Marcelo Oliveira estejam em decadência. Mas se tivesse de escolher entre eles e Luxemburgo ou Leão quem escolheria? Estes dois ultimos pra mim sim é decadência total!
      Se for pra trazer alguém que traga Marcelo ou Levi, fora isso, mantém Wesley de Carvalho.

  3. Investimentos pesados já fizemos em 2017:

    André Lima, Cleiton Xavier, Dátolo, Psiculichi, Salino e Paulinho (Naldo Benni – água de coco).

    Juntos, faturam entre 1 milhão até 1,5 milhão por mês.

    Agora, precisamos de 4 ou 5 valentes desconhecidos de clubes médios dispostos a “comer grama” dividir todas para tentar escapar de um vexame em novo rebaixamento.

    Administrar torrando fortuna com o “fazedor de festa” é fácil.

    Para 2018, concordo com Diogo, o salário deveria ter relação com produtividade.

    Quer no mole, procure outro lugar.

  4. Agora que Argel saiu, nada de apostas (como seria o caso de Fernando Diniz, que seria ótimo se chegasse no final de dezembro e fizesse toda pré temporada com o time e participasse da sua elaboração)

    Tem que pensar grande, investir alto, obviamente com responsabilidade, e partir pra o que nos resta, fazer a melhor temporada possível no brasileiro!

    Trazer Marcelo Oliveira ou Levir Culpi (de preferência o segundo, pois parece ter melhor gestão de elenco e condução de vestiário) ou, no mínimo, Carpeggiane, como um plano B (desde que a diretoria estivesse muito bem atenta a sua relação com o elenco).

    E, a partir daí, investir pesado em 4 contratações, pelo menos, pra ser titulares:
    – 1 lateral esquerdo
    – 2 zagueiros
    – 1 atacante de beirada

    Talvez fosse o caso de pensar em um goleiro titular também, mas isso ficaria, A PRINCÍPIO em segundo plano.

    Além disso, ver qual é o caso de sr Dátolo e sr Piscullichi, que só vieram comer e dormir e, se for o caso, mandar voar e trazer quem quer jogar!

    Por fim, pra o ano que vem, passaria a seguir o exemplo do Palmeiras e fazer TODOS os contratos por rendimento! Ganhou partidas, ganha mais, perdeu, ganha menos, jogou mais, ganha mais, jogou menos, ganha menos, avançou e/ou ganhou campeonatos, ganha mais, saiu cedo, ganha menos!

    Isso deu certo pra eles! Pode dar certo pra nós!!!

  5. Só vou dizer uma coisa !!

    A principal contratação do ano DEVE SER FEITA AGORA !

    Portanto é melhor pensar o máximo necessário, não fiquem com pressa diretoria !

    Que caralho e esse de querer anunciar treinador semana que vem ?

    Tem que buscar a melhor opção possível.

    O cargo de treinador é o principal no futebol hoje. Treinadores superam mesmo aquelas excelentes contratações que quando você vai ver em campo dificilmente superam as expectativas.

    Treinador faz o time RENDER !

    Que não errem essa contratação por favor !

    To cansado de ver bumba meu boi no Vitória caralho !

    Futebol bem jogado acaba ficando vistoso por si só !

    Prefiro que se gaste tudo com um treinador pica das galáxias do que contratar mais uns 6 jogadores… Não vai dar reggae !!

    Treinador fazer até mesmo jogadores ruins e afobados evoluirem.

    Veja como um lateral filho de uma puta de ruim como Léo que vendemos ao Flamengo, conseguiu ser titular no CAP por 2 anos ?

    Como o encardido Rafael Galhardo cresceu tanto no Grêmio sob o comando de Róger Machado ?

  6. Fernando Diniz seria o ideal pra mim. Para darmos um passo muito a frente, num trabalho de longo prazo. (Além do mais, daríamos um elenco muito qualificado pra ele, que não tem…)

    Carpegiane e Levir Culpi são boas opções.

    Marcelo Oliveira eu não gosto tanto.

    Oswaldo de Oliveira acho imprudente.

    Marquinhos Santos é aposta tipo Argel Fucks.

    Vanderlei é ultrapassado mesmo e não dá o braço a torcer.

    • Eu também traria Fernando Diniz,no início do ano perguntei a Sinval na rádio Excelsior e ele disse q era um bom técnico,mas q não haviam decidido ainda.
      Diniz ,além de ser treinador é psicólogo,acho q precisamos de um em alguns jogos.
      Concordo com quase tudo q vc disse,menos Levi Culpi,na minha opinião é fraco.
      Wanderlei e Oswaldo será só para perder muito dinheiro,pq na metade do Brasileiro vão estar fora.

    • Não acho que Fernando Diniz seria uma boa nesse momento… Se fosse na pré temporada sim, mas agora precisamos de um treinador bom, de nome, com experiência e que chegue pra resolver!
      Eu investiria tudo que fosse possível pra trazer Levir Culpi ou Marcelo Oliveira! Treinadores já tarimbados é que conseguiriam extrair resultados num período curto de preparação…

  7. Precisamos urgentemente pensar em um centroavante. Kieza já provou que não é o camisa 9 que queremos e que funciona melhor jogando de segundo atacante.

  8. Espero que Wesley Carvalho tente alguma coisa distinta para equilibrar a disputa com o Bahia.

    Se repetir o esquema, já foi.

    No primeiro jogo, eu tirava Geferson e Cleiton Xavier do time para escalar Correia e Gabriel Xavier.

    Puxava Euller para lateral esquerda e liberava tanto Euller qto. Farias para subir um pouco mais.

    Buscaria um jogo de maior velocidade com Gabriel Xavier/ David/ Kieza (ou Pineda).

    Cristovão Borges seria o fim.

    Segunda divisão. Porém, espero que exista alguma lucidez na atual diretoria de futebol.

    Os contratos com os ex-jogadores Dátolo/ Psiculichi/ Salino/ Paulinho se encerrará em dezembro/ 2017 ou dezembro/ 2018.

    Será que teremos que levar o quarteto do milhão até dezembro/ 2018 ??

    • Acho que não devemos colocar pressão e muito menos responsabilidade e cobrança sobre os ombros do treinador interino.

  9. Se for pra trazer treinador sem experiência ou fracassado que efetive Wesley Carvalho, ao menos não terá multa rescisória.
    Agora, tanto que criticaram a gestão passada, e os principais jogadores do elenco são remanescentes de 2016, ou os menos ruins quem sabe.
    E outra coisa, Sinval tá falando demais. Assim como aconteceu com Paulinho, acontece agora com Todinho, como o diretor de futebol contrata um jogador e depois menospreza o mesmo dizendo que é uma aposta. Se ele acha que não tem condições de jogar não contrate.
    Chegou momento de contratar jogadores que cheguem para ser titular querendo crescer com o time, chega de ex jogadores.

  10. Fala-se que C. Borges já foi contratado. Vou logo avisando, se confirmado, trocaram seis por meia dúzia. Borges tem tudo a haver com Argel.

    • Espero que seja mentira, caso se confirme saberemos que a diretoria está completamente sem critério nas tomadas de decisão. Deus nos proteja!!

  11. Já nos meses de janeiro e fevereiro, quando de férias em Salvador, acompanhando os jogos no Barradão escrevi aqui sobre a qualidade, ou melhor da falta dela na maioria dos jogadores contratados para a temporada. Falava também da necessidade da diretoria em rever logo o erro em ter renovado o contrato com o “professor” Argel, que era embora bom de vestiário, mas incapaz de fazer aquele time praticar um futebol de bom para razoável e, ao longo desse tempo quando a maioria falava em seus números eu continuava batendo nessa tecla, chegando até nas oportunidades que tive em conversar sobre isso com alguns diretores dos quais privo a amizade, mas tinham sempre os números como defesa de seus argumentos contrários a sua saída. O tempo foi passando e o time continuava fazendo apresentações enganosas mesmo contra adversários medíocres. Hoje, apos o resultado negativo, mas previsível contra nosso tradicional rival, vem a noticia de que encerraram as contas do Argel. Boa noticia, mas impropria para acontecer essa semana quando temos os últimos dois jogos que finalizam o campeonato Baiano. Já que ficaram esse tempo todo esperando, mesmo alertados reiteradas vezes da mediocridade do seu trabalho, deixassem o “professor” finalizar esse compromisso mesmo correndo o risco de haver solução de continuidade na conquista do nosso campeonato estadual.
    Mas em fim, como sua demissão já foi sacramentada que ele vá com deus e a diretoria aproveite para fazer uma limpa no elenco revendo sua politica, até aqui fracassada, de contratações, inclusive do novo técnico que deve ter perfil de treinador moderno, que goste e não tenha medo de ousar taticamente.

  12. PC Carpegianni seria um ótimo nome( com ele vi o Vitória jogar o último futebol que me deu orgulho) ; dizem que ele tem problemas com a condução extra campo do elenco mas Sinval, que é macaco velho, poderia administrar isso!

    • Se ele conseguisse durar até o final do brasileiro sem brigar com ninguém seria uma ótima… Aí teria que ter uma presença e apoio de vestiário grande da diretoria pra tentar manter o clima extra campo bom… Pq técnica ele tem, isso é fato!

  13. Que bom que a diretoria tomou uma atitude enquanto há tempo. É uma pena que essa atitude só veio depois de dois vexames, CB e Nordestão.

    Qualquer um que entende um pouco de futebol sabe que o time do vitória é EXTREMAMENTE mal treinado. Não existe uma jogada sequer. Todos os lances são construídos na base do chutão e bufo-bufo. Nem lateral os jogadores sabem cobrar direito.
    E tudo isto é dedo de treinador.

    Algumas contratações foram equivocadas, demos azar com outras, mas a renovação de Argel, na minha opinião, foi um erro imperdoável.

    Eu tentaria trazer Fernando Diniz, sem medo de errar. Chega de apostar nesses técnicos brasileiros que só fazem mais do mesmo. Pra fazer o que eles fazem, qualquer um de nós poderia estar no banco de reservas, ganhando 10 vezes menos.

    Além de FD, traria uns 5 jogadores para chegar e vestir a camisa.

  14. Alexandre,

    Torcedor não é executivo de futebol.

    Ninguém recebe um gordo honorário para se manter informado sobre o mundo da bola.

    Eu não tenho nenhuma obrigação de saber que Dátolo não joga desde 2014 (o executivo de futebol sim).

    Eu não tenho nenhuma obrigação de saber que Psiculichi tinha 7 meses sem equipe (o executivo de futebol sim).

    Como imaginar que, com 10 contratações, os principais jogadores do elenco são os remanescentes de 2016 ????

    Isso é normal ????

    Imaginem que, em razão da ruindade de Alan, tenho saudados do bom e velho Tufão.

    Em razão da ruindade de Geferson, tenho saudades de Diego Renam.

    E sinto falta até mesmo de Vander.

    É o fim da picada.

    Eu não contratava técnico nenhum.

    Ficava com Wesley e acabou.

      • Como você Fabio, também votei nessa chapa, mas sinceramente não estou gostando do que está acontecendo, Presidente omisso até aqui, Diretor de Futebol que vem com essa conversinha que: “só vamos atrás de jogadores que nós queremos” mentira pura, será mesmo que ele foi atrás de Geferson, Piscu, Salino, Pineda, Alan Costa e agora Fabinho, ou colocaram no colo dele? errou quando renovou com Argel, e apostou nele até o fumo entrar, pois o fumo entrou na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste não foi? 4 meses na minha opinião é tempo suficiente para termos uma idéia de que tudo está como antes no quartel de Abrantes.

  15. Acho Fernando Diniz um bom nome, Petkovic não sabe treinar, poderia ser laboratório em divisões de base, Péricles Chamusca não acredito que seja ideal. Já outros nomes como Levir Culpi e marcelo oliveira podem ser interessantes, mas tem aquela questão do valor de salário alto, aí não sabemos como a diretoria possa se posicionar.

  16. Fiz um comentário aki que na minha opinião o grande responsável pelo fracasso do vitoria na copa do Brasil perdendo para time de segunda divisão e tomando um baile do Bahia na copa do nordeste será inteiramente do sr Sinval viera. Sim ele sim e o responsável, primeiro por contratar mal e segundo por orgulho manter o Argel no comando Repito o sr Sinval deveria por hombridade entregar seu cargo de diretor de futebol , para o bem do vitoria .Outra coisa , me desculpe Fábio nao sabia que vc era conselheiro do vitoria ,mas nas suas explanações ,deveria manter uma linha de pensamento porq dias atras eu lhe aki o sr criticar abertamente as pessoas que criticavam o Argel pedindo a demissão dele e vc agora vem criticar dizendo que ele nunca deveria ter sido o treinador , fica parecendo que vc muda de opinião de acordo com a situação

    • Antônio, meu fio, você está sendo leviano. Eu sempre critiquei CORNETAGEM e o que mantém o técnico é o resultado em campo, fora que as CORNETAGENS estavam pesadas num começo de trabalho, com elenco quase que 90% renovado e o povo tava querendo que o VITÓRIA jogasse como Real Madrid. Eu condenei isso e pedi apoio a Argel, que naquela situação estava fazendo o time vencer. Agora já são 4 meses de trabalho e ficou evidente que ele não consegue fazer o time melhorar de atuação. É difícil fazer esta leitura? Esta contextualização? Eu defendi e justifiquei Argel em um momento, que é diferente do atual.

  17. Fábio, por gentileza, já que você é conselheiro do Vitória, tenha a bondade de indicar nomes de peso para assumir o cargonde técnico.
    Nada do intragável Péricles Chamusca (eu não entendo a paixão da torcida por ele), do fraco Carlos Amadeu ou do inexperiente Petkovic.
    Petkovic deveria ser diretor de futebol, não técnico.

    Tenha a bondade de indicar Levir Culpi ou Marcelo Oliveira.

    Fale pra Sinval que o Vitória é grande e não queremos mais a política de pés na lama que você tanto criticava.

    Grato.

  18. Espero (e acho) que após as finais do baiano – independentemente do resultado – o técnico vai ser demitido. Se isso não acontecer, a diretoria (principalmente Sinval Vieira) perderá toda a credibilidade comigo e com muita gente.

  19. Já que não tem orçamento para grandes investimentos, copia a política de contratações de Rocha Pires, na década de 70. Essa política foi responsável por formar bons times e colocar o Vitória no cenário nacional, além de peitar o Osório e suas maracutaias.
    Não pode contratar jogador de nome que ainda esteja rendendo, contrata bons jogadores novos e que estejam a fim de se destacarem. Pirinho fez isso quando foi a SP, Rio e Mg é contratou Mario Sergio, Osni, Almiro, Gibira, Juarez, Dutra e outros que se juntaram aos bons valores de salvador para formar um time que além de bom futebol passou a ser protagonista.

  20. A diretoria até contratou bem, mas deixou a desejar no quesito TREINADOR. Argel é, como bem disse FABIO MONTEIRO, apenas um motivador. Devia ser psicólogo, não treinador, porque de futebol ele entendo o mesmo que um jumento de matemática. Acho bom providenciar imediatamente a rescisão do contrato, para que o novo técnico tenha mais tempo de preparar o time para a Série A, que não é nada fácil. Ainda que isso nos custe o baianinho.

  21. Tragédia anunciada. A torcida foi contra as chegadas de Gefferson, Paulinho, Ramires e Alan Costa, e como afronta do treinador (também rejeitado pela torcida) todos eles são titulares, e ainda vem ai o tal do Fabinho que também deverá ser titular ou reserva muito utilizado. Desde o primeiro sar x Vi que o time vem perdendo taticamente para o rival e se não mudar a forma de jogar vai ser outras duas derrotas. O são Paulo colocou a disposição 4 jogadores para emprestar ou vender: o zagueiro Douglas e o ponta Neilton poderiam vir. Por fim o time atualmente só vai bem dentro do estado porque em competições com times de fora da Bahia é sempre a mesma coisa, eliminação e briga na parte baixa da tabela.

  22. Vou tentar separar minha opinião em duas partes:

    1º O adversário tinha o direito de fazer o segundo jogo em casa, apesar da partida apática, nosso maior erro foi não ter tido um jogo mais eficiente, com um placar melhor e jogando com um homem a mais no barradão. Isso influênciou muito. Dentro de uma disputa de clássico, a eliminação não chega a ser tão surpreendente.

    2º Ninguém aguenta mais ver Argel Fucks andando de um lado pro outro, e gastando o Maxilar e a Mandibula pra mascar chiclete, enquanto nada de novo aparece para esse time, que a rigor não nos dá nenhuma esperança para uma boa campanha no brasileirão. O campeonato baiano podemos vencer, mas é lamentável perceber claramente que não tivemos pretenções maiores consolidadas.

    Boa semana a todos.

  23. Digo isso des do ano passado Argel
    Fernando migue
    Kilerdeza.
    Vai pra puta que pariu eles o Vitoria tem elenco e só, padrão de jogo e time isso esquece com um elenco tecnicamente bom o cara no estilo bumba meu boi so chutão e bola alçada na area é ridículo e digo mais título baiano nao interessa série A vem ai e ai ?????

  24. Prezado Alexandre,

    A permanência de Argel é um erro.

    Mas este não foi o principal erro da Diretoria e, muito menos, o único.

    Na verdade, a atual administração teve três grandes acertos: 1. A mudança do estatuto; 2. A criação de grupos de discussão entre torcedores; 3. Arrojado programa de marketing; 4. Reabertura da discussão sobre a Arena Barradão.

    No entanto, poderia enumerar vários equívocos.

    Gerente de futebol torcedor que nunca gerenciou nenhuma outra equipe.

    Sinval demonstrou, com o caminhão de jogadores, que não passa de um torcedor.

    E só.

    Afirmar para torcida que tinha o título da Copa do Brasil como principal objetivo.

    Pessoalmente, como futuro eleitor nas próximas eleições, se ouvir esse mantra de qualquer candidato, excluo na hora.

    E a razão é simples. Time bom não é “ato de vontade” (eu quero/ eu exijo/ eu espero).

    Como uma equipe com orçamento de 90 milhões ano vai medir forças com mais de uma dezena de equipes com orçamento superiores a 200 milhões ?!

    Lógico que não conseguirá trazer os melhores jogadores e, portanto, partirá para “ex-jogadores” e “jogadores de fim de carreira”.

    Contratamos mais de 10 jogadores e os principais jogadores do elenco são os remanescentes de 2016 !!!!!!!!!

    Isso é culpa de Argel também ?

    Não seria mais razoável colocar os pés nos chãos e lutar para recuperar a hegemonia do regional (já que, em 5 anos, não chegamos a uma única final) ?

    Pessoalmente, acho que um clube com nosso orçamento, hoje, tem que focar em talentos regionais (destaques em equipes que disputam os torneios regionais) e mesclar com 3 ou 4 jogadores do eixo que tenham condições de render (entre 25 até 30 anos).

    A frade do presidente que o Vitória vai contratar 3 ou 4 nomes de peso soa como “refugos em fim de carreira”:

    Paulo Bayer/ Danilo do Corinthians/ Biancuchi/ Escudero/ Loco Abreu ….

    Aí, em 2019, Fred / Kleber Gladiador …..

    Um elenco especializado em Departamento Médico.

    Na final estadual, o rival é favorito.

    Na final regional, apesar de torcer pelo Santa, acho que uma conquista do rival seria pedagógica para nossa torcida.

    Iria perceber a idiotice de perseguir o inatingível para o momento e passar a se comportar com a torcida do Santa em relação ao Sport Recife.

    Por falar nisso, o público de 13.000 na semi, assim como as decisões contra o Ceará nos anos passados, foi ridículo

    • Porem, 90% dos torcedores apoiaram e aplaudiram as contratações. Fica fácil criticar depois da vaca ir pro brejo. Acho que a diretoria se esforçou para montar um bom elenco sim. Se alguns jogadores não renderam o esperado isso é natural. Não da para acertar 100%. Se a gente tivesse começado a temporada com im tecnico de verdade ja teriamos um time com um esquema montado e probabilidade de não ter passado o q passamos seria bem menor

  25. Algumas considerações sobre ontem:
    -Quem liberou Kieza pra jogar sem condições? Ontem ficou visível que não poderia ter entrado em campo, não vai jogar quarta e provavelmente nem no domingo. Acredito que passaram por cima das recomendações médias pra colocar o jogador, quem o fez tem que ser demitido por justa causa
    -Geferson e Paulinho tem que ser afastados do elenco hoje mesmo. Aquele lance que Geferson tentou dar um banho de cuia dentro da área exemplifica bem o seu futebol, já Paulinho juntando os dois jogos ficou 60 minutos em campo e nem sequer tentou fazer uma jogada, fazendo corpo mole descaradamente e todo santo jogo entra, isso é inadmissível. Coloca alguém da base pra compor o banco e pronto.
    -A coletiva no fim do jogo de Argel foi lamentável. Culpou o juiz e chamou o jogador da carniça pra porrada, baixo nível total.
    -O time é frouxo até pra brigar. Caíque caiu pra dentro do cardume sozinho e nem um FDP apareceu pra ajudar.

    • Caique foi o único que se incomodou com as gozações do rival, partiu pra cima e ninguém ajudou. Mesmo perdendo eles tem que respeitar a instituição Vitória!

      Faltou “culhoes” para este jogo, todo mundo se escondendo do jogo, bando de frouxos!

      E Sr. Kieza, este bosta é Bahia pô, tá na cara, Kanu chutou mais bola na intensão do gol do que ele.

      Kieza não fez nada, nem se esforçou, não correu, não reclamou, sumiu…
      E não me digam que a bola não chegou até ele, o gordo do André Lima incomoda mais que ele! Ridículo, tô retado!

      E eu que pensei que essa Diretoria ” Vitória do Torcedor ” iria ter um vestiário forte,. Com acompanhamento e cobrança. No intervalo era para chamar na cinza pô, brincadeira rapaz!

      O po… do Alione fez o que quis e ninguém fez nada, ridículo!

      Time frouxo, covarde! Perder faz parte,. Mas dessa forma jamais!

    • Se fosse no tempo do velho Tuchê ( o perverso) esse otário, tirado a valente do ¨ feijão podre¨ teria tomado muitas palmadas na bundinha, assim como dos tresloucados de Loucas Funseca/Renê Junia umas bolachas nas fuças.

  26. Quando disse q vasco não era referencia e q com esse treinador nao iamos para lugar algum me chamaram de corneteiro. Quem comeu pilha da imprensa fomos nós q apoiamos (me tire dessa) esse pseudo-tecnico sendo iludidos por números falsos. O único erro dessa gestão, no meu ponto de vista, foi a permanência deste tecnico para essa temporada. Um

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s