Wesley Carvalho assume, interinamente, o Vitória

No meio da tarde de ontem (01º de maio), a diretoria do EC Vitória não considerou o feriado alusivo ao Dia do Trabalhador e demitiu Argel Fucks e sua comissão técnica após o rubro-negro perder a vaga da decisão do mais importante torneio deste 1º semestre: A Copa do Nordeste. Ainda sem definir o novo comandante, a Diretoria de Futebol entregou o cargo de treinador-interino ao auxiliar-técnico, Wesley Carvalho, pelo menos nestas duas partidas decisivas do Campeonato Baiano, que já começa amanhã à noite na Arena Lava-Jato.

Para quem não lembra, Wesley Carvalho já assumiu o Vitória, na temporada 2015, depois das pífias participações de Ricardo Drubscky e Claudinei Oliveira, que foram trazidos pelo “brilhante” Carlos Falcão. Antes mesmo de Vágner Mancini assumir e subir o Leão em 2015, quem deu padrão tático e deixou tudo pronto e de mão beijada para o atual técnico da Chape, foi Wesley Carvalho. Ele conseguiu, naquela ocasião, recuperar a autoestima dos atletas e diferentemente dos dois antecessores, deu o mínimo de padrão tático à equipe. Com Carvalho, o Vitória atuou 4 vezes na Série B e se não me falha a memória não perdeu um jogo sequer. Apostando em minha memória, creio que foram 3 triunfos e 1 um empate, ou 2V e 2E. Só que o melhor de tudo não foi nem o curto handicap e sim a mudança de postura da equipe, que passou a jogar bem diferente.

Wesley Carvalho tem tudo para ser um grande técnico mais à frente, pois ele se moderniza, se atualiza, participa de treinamentos e cursos de aperfeiçoamento. Eu até aceitaria de bom grado que ele fosse colocado como técnico principal no começo da temporada, antes da maldita renovação com Argel. Agora, com o Brasileiro prestes a começar, penso que devemos partir para um treinador experiente em Série A, com um currículo invejável. Agora, se não for pra trazer este perfil e apostar em qualquer um, melhor arriscar com Wesley mesmo. Ele poderia muito bem repetir os feitos de Jair Ventura (Botafogo) e Zé Ricardo (Flamengo).

Cartola FC – Galera, estarei em breve anunciando a nossa Liga no Cartola FC. Vamos participar e ver quem se dá melhor no fantasy game do Brasileirão.

Anúncios

25 respostas em “Wesley Carvalho assume, interinamente, o Vitória

  1. É, rapaz, por coincidência ou não, o time depois que perdeu J. Welisson caiu totalmente. E as lambanças de Fucks piorou mais. Tenho esperança agora em diante as coisas melhorem. Pra começar o baianinho é um grande passo.

    Curtir

  2. Tudo que sei sobre Wesley, embora ele já tenha dirigido o time em 2015, é que é ofensivo.
    Mas o jogo de hoje é incógnita. Não sabemos como Wesley fará para elevar o moral do time, como estruturará o meio, para que funcione; como cobrirá os laterais e de que forma marcará Allione e Régis, os únicos jogadores com alguma qualidade do jaia.
    Não foi pela eliminação em si, da CN, que ficamos com um pé atrás com o Vitória para essa partida, mas pela forma que perdeu o jogo. A ofensividade foi inexistente, a marcação frouxa e várias peças, ou foram anuladas, ou jogaram muito abaixo do esperado. Temos, entretanto, que considerar a inépcia e a previsibilidade de Argel. Assim, o que pode ser um problema para nós, a falta de referências maiores (tática, não sistêmica) sobre Wesley, pode se configurar em problemas para o rival, pois nada sabem dele também. Em minha opinião, entretanto, não acho que haja mudanças tão significativas em relação ao time colocado por Argel. O que deverá mudar é a atitude.

    Abraços!

    Curtir

    • É isso mesmo. Vou repetir: “Não foi pela eliminação em si, da CN, que ficamos com um pé atrás com o Vitória para essa partida, mas pela forma que perdeu o jogo.”

      Curtir

  3. A contratação de Petkovic indica uma coisa:

    Ninguém tem a menor ideia do que tem feito com o futebol do Vitória.

    Não sabe o que é o Vitória é e, muito menos, onde quer chegar.

    Palavras ao vento.

    Curtir

  4. Em relação ao Campeonato Baiano.

    Friamente, favorecimento seria o rival.

    Mas, como o Oscar, acredito que o Vitória tenha total condições de surpreendê-lo.

    Argel, além de louco e ineficiente, é ingênuo e burro.

    Ao invés de fortalecer o seu elenco no primeiro ba x vi escalando os reservas, inclusive, para dificultar a vida do adversário que não teria noção de eventual escalação dos clássicos decisivos, preferiu “estourar nosso elenco já desgastado”.

    Depois, divulgava a lista dos titulares antes do jogo.

    Parece que não apreendeu nada com Felipão que mandou o lateral direito Arce (com muletas e gesso) à campo uma semana após a contusão (ninguém tinha idéia que o elemento tinha se recuperado).

    Um paspalho.

    Petkovic como gerente de futebol ?

    Sinval é o que mesmo ? Supervisor ? Chefe do Gerente ? Palpiteiro bem remunerado ?

    Pessoalmente, seria contra Pekovic como técnico (prefiro Wesley).

    Acho que o técnico com perfil para nosso clube é, especialmente, de quem sabe trabalhar com “jogadores em transição da base para o profissional”.

    Existem melhores que Wesley. Não tenho dúvida.

    Como “gerente de futebol”, sou mais contra ainda.

    Um clube como o nosso, em meu entendimento, deve se concentrar em montar o elenco com parte “oriunda da base”/ “contratações de clubes com menor orçamento como mecanismo de investimento e montagem de elenco”/ “peças remanescentes aprovadas”/ “3 ou 4 jogadores com maior expressão que tenham pleno vigor físico”.

    2017 é desastre. A política foi equivocada. Agora é pensar em 2018 e, se possível, sobreviver ao risco iminente de rebaixamento.

    Façamos uma enquete com Petkovic ou Sinval:

    Citar 10 nomes que disputaram a Copa do Nordeste, em bom nível, que não se encontrem em nenhuma dos semifinalistas da competição ? Idade/ Equipe/ Características ?
    Citar 5 nomes que disputaram a Copa Verde em bom nível ?
    Citar 20 nomes que disputaram o Paulista/ Carioca/ Mineiro/ Gaúcho, que não joguem em nenhuma equipe da série A ?

    Indicar 15 atletas entre os mesmos para contatos iniciais …

    Curtir

    • Até parece um Clube de amigos que estão se encontrando após a infância. Estão desde o início formando uma panelinha de velhos amigos na diretoria e contratando vários jogadores de amigos (Leandro Salino, Alan Costa, Renê Santos, Geferson, Bruno Ramires, Paulinho…). A impressão é que o critério para contratar auxiliares de diretores e jogadores não é o técnico.

      Aceito todas as opiniões contrárias, assim sendo, respeite a minha.

      Curtir

      • Sem dúvida. Há de se respeitar as opiniões. Agora, já que que você mencionou, aponte – por favor – quem são os amigos desses jogadores citados que (supostamente) influenciaram na contratação.

        Curtir

  5. Fui totalmente contra as contratações de Leandro Salino, Geferson e Bruno Ramires, podem procurar meus comentários aí, eu já sabia que essas eram contratações arriscadas.

    Dava pra ter ido buscar coisa melhor, sem sombra de dúvidas.

    Curtir

  6. Quem ta pedindo Marcelo Oliveira porra…

    Vocês esqueceram do Palmeiras 2015 é ? Só chutão velho !…

    Marcelo Oliveira é uma merda, não dá mesmo, prefiro 10 vezes mais Carpegiani, sem sombra de dúvidas.

    Curtir

  7. Boa noite, saudações rubro-negras, o Vitória anunciou petkovic como gerente de futebol, vai trabalhar com sinval na montagem do elenco para o brasileiro.

    Curtir

    • Sinval já ganha 60 mil!!! E agora Petkovic por mais quanto? Olha que ainda tem Jorginho Sampaio e Boca como auxiliares…

      Será que um bom já não seria o ideal?

      Acho que é muito auxiliar e pouco jogador de qualidade. Será que não seria melhor investir em um diretor bom e o restante em jogadores?!

      Curtir

  8. Qual contratação pomposa da atual diretoria vêm jogando? E delas quais vêm jogando bem?

    Do time titular domingo, só jogaram 5 que foram contratados pela atual diretoria: Patric, Fred, Geferson, Bruno Ramires e Claiton Xavier.

    Deles eu só aprovo Claiton Xavier como titular, já que Patric e Fred seriam reservas.
    Geferson reprovadissimo! Bruno Ramires não fica por menos.

    Os “bons” meias contratados não jogam… Então estão reprovados!!!

    Se analisarmos posição por posição veremos que não temos um time tão melhor que no ano passado. Talvez seja até pior!

    No gol temos as mesmas opções (Fernando Miguel e Caique);
    Na zaga entendo que o ruim do ano passado virou péssimo em 2017. Fred e Alan Costa são piores que Victor Ramos e Mattis. Já Kanu é o mesmo limitado, uma vez que não sabe sair tocando uma bola. Só no chutão!
    Nas laterais, acho que Gerfeson seja o pior lateral esquerdo que já vi jogar. Coisa horrorosa! Até Euller como lateral é melhor.
    Volantes: Não entendo pq Uillian Correia não é titular. Os volantes titulares seriam William Farias e Uillian Correia. Mas, certamente não é a dupla titular pq foram contratados pela antiga diretoria.
    Meias: ocorreram contratações promissoras e com grande potencial, mas não saíram da teoria. Com exceção dos Xaviés, que mostraram certa quantidade para compor o elenco do Brasileirão.
    No ataque, os mesmos postes de sempre. Muda uma ou outra peça, mas a iluminação é a mesma. Bem pouca! Quase zero…

    Os demais são os da base que já estavam aí e que poderiam mostrar mais se os medalhões fossem de melhor qualidade para auxiliar.

    Curtir

  9. Depois da lástima, uma luz no fim do túnel, talvez. Wesley tem boas ideias de futebol e é estudioso. Agora, vai dar jeito no time? Acho difícil. 1 semana é pouco pra introduzir os conceitos. Ainda mais que ele é totalmente oposto a Argel. Enfim, vamos aguardar. O primeiro semestre foi perdido. Erros cometidos foram avisados por alguns aqui, e foram certeiros. Infelizmente.

    Curtir

  10. Concordo contigo Fábio em quase tudo Fábio, a aposta em Ricardo Drubysck na epoca foi válida, pois teve boas passagem em outros clubes, era bastante elogiado pelas formas de treinamento e estava em ascenção no mercado. Pena que não deu certo!

    Em relação ao novo treinador, concordo contigo. Se não vier um treinador acostumado a ser CAMPEÃO de competições importantes, é melhor deixar Wesley!

    Pior é que não tem boas opções no mercado e os melhores já estão bem empregados (Dorival Jr, Cuca, Abel Braga, Paulo Autori, etc.); dentre os disponiveis, os melhorzinhos são Levir Culpi e Marcelo Oliveira (Tenho um pé atraz com eles dois, Levir por ter varios vice campeonato nas costas e Marcelo não acho essa coca cola toda, ganhou tudo pq tinha bom elenco, mas ambos podem dar certo aqui).

    Curtir

  11. Total condições de sermos campeões do baianinho? Vcs estão achando que Wesley é milagreiro? Com um time abatido, moral baixa, todo quebrado, jogadores em fim de carreira???? Podemos ganhar? Sim!!!!! Mas não é nada fácil, as sardinhas de Itinga (com todo respeito ao povo da periferia), querem tirar o atraso de quase trinta anos de humilhações sucessivas. Eles têm um TIME, enquanto nós temos, se é que temos, um ELENCO. O gordinho, técnico deles, é meia boca, mas muuuuuito melhor que Argel – um maluco.

    Curtir

    • Ninguém falou que será fácil. Só falamos que podemos jogar melhor. E Argel, o “maluco”, já foi. Agora é Wesley. Inhonho Ferreira já sabia como Argel armava o time, mas não sabe nada sobre Wesley. Lembro do que li uma vez no livro A Arte da Guerra: “quando você conhece o adversário e ele não o conhece, de 100 batalhas, provavelmente você ganhará quase todas; quando o adversário lhe conhece e você não o conhece, de 100 batalhas, ele provavelmente ganhará quase todas; quando os dois adversários se conhecem, de 100 batalhas, provavelmente haverá empate em quase todas”. É por aí. Ele pode conhecer nossos jogadores, mas não sabe como Wesley vai armar o time. E Argel estava sendo tão besta, que liberava a escalação um dia antes do jogo. Burrice total.

      Curtir

  12. Em meu entendimento, a prioridade do clube deveria ter sido recuperar a hegemonia regional.

    É mais importante do que Copa do Brasil e Série A.

    Um campeonato interessante e que fomos eliminados, de modo humilhante, pelos rivais.

    O que nos resta é o Baiano que, como sempre, não presta para quem perde.

    Acho que compete a esta equipe acovardada empenho para conquistar o estadual.

    Entraria em campo com a equipe indicada por Oscar.

    Curtir

    • Verdade, Robson. Se a gente fizer boa marcação, cobrindo as costas dos laterais, sem dar espaços no meio, no mínimo a gente empata o jogo. Aí, compadre, no Barradão será a guerra às avessas que as sardinhas tanto pregaram para o jogo passado. Aí eles que irão enfrentar um ambiente totalmente hostil. Colocaria o ingresso a R$ 10,00, para lotar e eles serem pressionados desde a chegada no Barradão, com a torcida cercando o buzu, botando pressão psicológica neles.

      Curtir

  13. Fabio, em tempo, foram 3 vitória e 1 derrota!
    Descordo um pouco daqueles que acharam que demissão de Argel foi em um momento inoportuno, já que, em tese, os jogadores estariam correndo pelo treinador de antes. Porém, ocorre que uma mudança gera uma nova expectativa também, e pode nos fortalecer em um momento em que temos que recuperar a autoestima, e não creio que Argel pudesse tirar qualquer coelho da cartola, pois já havia mostrado várias e várias vezes que tinha muitas limitações táticas!
    Pra mim, se ganharmos o campeonato de uma forma consistente manteria Wesley e gastaríamos mais em contratações que estamos necessitando!
    De cabeça mais fria agora (já que não foi nada fácil ouvir piadas das sardinhas esses dias) creio que temos tudo pra ganhar o baiano, afinal jogando pelo empate só precisamos ter inteligência e não perder as chances porventura criadas!

    Curtir

    • Assino embaixo o que Valente escreveu e acrescento: para recuperar a autoestima do grupo, nesse momento de turbulência, não perder quarta é fundamental. Sendo assim, sem abrir mão de buscar o gol, mas sem se abrir nem dar espaços ao adversário, acredito que Wesley poderia montar o time com 3 volantes, entrando Correia no lugar de Geferson, passando Euller para a esquerda, bem como tirando K9 e ponto Gabriel Xavier, onde David seria o único atacante, fazendo o pêndulo, partindo em velocidade e sendo auxiliado pelos meias e laterais. Assim, jogaríamos no 4-5-1, com: Fernando Miguel, Patric, Alan Costa, Kanu e Euller; Farias, Ramires, Correia, Cleiton e Gabriel; David. Outra opção seria manter dois volantes e por 3 meias, mas ainda no 4-5-1. Neste caso, se der para Jhemerson, ele entraria no meio junto com Farias, Correia (melhor que Ramires), Cleiton e Gabriel Xavier.

      Curtir

      • Parceiro Oscar tudo bem ?
        Este time acima foi o que eu escalaria inclusive para o jogo de domingo que perdemos , com os 03 volantes e Euller de lateral esquerdo e David e Gabriel Xavier no ataque , pois Argel estava vivenciando pessoalmente toda a situação de Kieza e ele deveria saber , que o jogador não tinha condições de ir pro jogo já que André Lima estava machucado , porque Kieza ?
        Quem viu o jogo sabe que este jogador não tinha mínimas condições , totalmente apagado , sem movimentação alguma , sentindo o musculo com certeza com medo de abrir de vez, acredito que fique fora dos dois jogos finais.
        Agora é jogar com inteligência e paciência , temos totais condições de sermos campeões baiano é pouco é sim , mais pior é entregar o campeonato aos fusquetes.

        Curtir

      • Irmão OSCAR, eu não lembro de ter visto David atuar como centroavante único, enfiado na área. Mas talvez seja uma boa opção se o garoto (que ao contrário do pensam muitos rubro negros, é bom de bola), puder fazer essa função. Tres atacantes é suicídio, não existe. O BARCELONA já jogou até no 4-6-0, sem deixar de ser ofensivo.

        Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s