#BAVI490 | Rivais desperdiçaram uma grande chance e vão chorar por isso no domingo!

Quem me conhece de longa-data, sabe que não sou de enfeitar o pavão, de criar historinhas para esconder os erros e as más atuações. Não sou comprometido com ninguém, a não ser com a verdade e com meus sentimentos. O Vitória fez uma partida pífia ontem e que lembrou os piores times das décadas de 70 e 80 e as tentativas deste macabro remake nas gestões de Carlos Falcão e boa parte da de Raimundo Viana. FOMOS ENGOLIDOS ONTEM pelo rival. Parecíamos um time do Acre jogando pela primeira vez contra o Flamengo, num Maracanã lotado.

O Bahia poderia ter feito um grande placar, o que lhe garantiria o título e uma finalíssima apenas para cumprir tabela. Sem chorumelas, as sardinhas poderiam ter terminado o primeiro tempo com 3×0 ou 4×0 sem nenhum dúvida, tamanha a apatia e erros gritantes de nosso time, sobretudo na defesa. Agora eles perderam esta grande oportunidade, melhoramos no segundo tempo e chegamos ao empate em 1×1. Mantivemos a invencibilidade e a vantagem para o duelo derradeiro e eles pagarão caro por isso! Azar deles e de sua torcida louca.

Primeiro Tempo – O interino Wesley Carvalho mostrou-se muito mais cauteloso que sua última intervenção em 2015. Não sei se o curto espaço de tempo contribuiu para isso, mas o fato é que ele escalou mal o time, dando vez ao péssimo e irritante Paulinho, quando poderia dar mais uma chance ao Cárdenas para fechar o meio de campo e mesmo sabendo que o colombiano não consegue repetir o que fez no Atlético Nacional entre 2010-13, ele é esforçado, recompõe a meiuca e tem boa visão de jogo. Com certeza eu já vi muito mais coisas positivas de Sherman do que Paulinho.

Nossos volantes e zagueiros estavam afobados, parecendo que se conheceram ali, naquele exato momento. Kanu quase entrega numa recuada medonha para Fernando Migué. Na parte ofensiva éramos um nada, Jean só fez uma defesa numa cobrança venenosa de escanteio de Cleiton Xavier, única jogada que prestasse dele no jogo, diga-se de passagem. O Bahia foi perdendo inúmeras chances claras de gol e botar 1×0 na frente era mera questão de tempo. E aos 33min aconteceu o que já estava desenhado. Cruzamento na área, ninguém sobe pra cortar, e Tiago mete no centro do gol para um frango de nosso goleiro de brinquedo. Minha paciência com F. Miguel se esgota cada vez mais, goleiro fraco, sem brilho em decisões e que cagou vários jogos na sua primeira Série A da carreira, em 2016.

Segundo Tempo – O ritmo seguia favorável ao limitado, mas aguerrido time tricolor. Por nossa sorte, o atacante Gustavo é ruim de doer, ele perdeu um gol incrível logo no começo da etapa complementar, depois de um grande passe de Allione – mais uma vez jogando livre e sem marcação –, nem parecia que o Vitória estava decidindo a porra de um título estadual com o seu maior rival, tamanha a passividade, falta de tesão e gana na partida. Apenas quando Rafaelson entrou, apesar de seu shape de lutador de sumô, que o time passou a atacar um pouco mais, até por ele ser centroavante típico, apesar de fraco.

Por volta dos 25 minutos da etapa final, o jogo mudou de postura, com o Leão melhorando lentamente e perdendo chances incríveis através de Patric e Cleiton Xavier (que acertou o travessão). Nem bastou fazer muita força para o rival dar sua caganeirazinha de leve. Aos 32min, em nova investida de Patric, o lateral chutou, o goleirinho do jahia deu rebote, a bola bateu no joelho de Armero e entrou. Gol no bufo-bufo, na sorte suprema de um lance atrapalhado. Este foi o gol do Vitória que praticamente pode ter “selado” nosso título no domingo. Digo isso porque, se saíssemos derrotados ontem, nosso psicológico iria para as cucuia e com certeza o estádio não estaria com clima de caldeirão no domingo, porque nossa torcida é exigente e altamente vingativa. Com o empate, não só mantivemos a vantagem de jogar por um empate, como saímos fortalecidos no emocional, já que numa atuação deprimente, onde fomos dominados pelo rival, reagimos e conseguimos o empate, que pode nos dar o título de maneira invicta.

Além disso, todo o clima que a diretoria tricolor criou no jogo da Arena Lava-Jato pela semifinal da Copa do Nordeste terá o seu troco agora. Acontecerão muitas surpresas desagradáveis para o lado de lá! Quem mandou provocar, fazer aquele clima bélico, chiliquento e raivoso? O troco virá e não será brincadeira. Se preparem, rebanho de sardinhas recalcadas. Nosso elenco deve ter a volta de alguns titulares que ficaram de fora ontem e agora aposto que nossa torcida vai fazer sua parte, lotar o estádio e fazer aquela pressão miserável que as sardinhas fizeram nos dois jogos de torcida única que fizeram como mandantes. Quem viu o jogo na tv ontem, percebeu a quantidade de palavrões e a intensidade de provocação e pressão da tussidona! Estamos intimados a fazer pior, no domingo. 

Era para o jahia ter feito seu placar ontem, teve tudo para ser por acima de 2 gols de diferença. Vão pagar caro por não terem aproveitado. O choro e ranger de dentes virá forte! E se liguem, vão perder a Copa do Nordeste. O Sport não é o Santa Cruz. Sport tem time e tem uma fera chamada Diego Souza! #DOISVICESVIRÃO

Vitória Sempre!

#GuerraÉGuerra

#FigthFireWithFire

Anúncios

72 respostas em “#BAVI490 | Rivais desperdiçaram uma grande chance e vão chorar por isso no domingo!

  1. A imprensa gosta de especular e geral vai na onda…

    Mesmo que tivesse feito contato e daí ? O Vitória pode ter feito contato com mais de 5 treinadores diferentes disponíveis no mercado…

    Digo e repito. A diretoria não precisa se apressar não, pode até começar o brasileirão sem técnico novo. Se for pra apostar, tem que apostar em Wesley mesmo que tem crédito e se não quiser, tem que contratar com bastante cuidado.

    Curtir

  2. Fábio boa tarde, e verdade que o Vitória tá negociando com o treinador beto campo do novo Hamburgo?
    Se for verdade, aposta por aposta prefiro wesley Carvalho.

    Curtir

  3. Devemos em primeiro lugar poupar criticas aos nossos atletas, mesmo porque ainda terá o ultimo confronto e após o jogo é outra coisa. Agora os jogadores deve se comportar como se fosse o ultimo jogo das vidas deles e irem no sentido de um triunfo e tomarem consciência de que foram hostilizados na decisão da CN, jogarem com garra e sufocando as sardinhas, afinal será uma forma de levantar a auto estima deles e presentear nossa grande torcida e baixarem o alvoroço dos ¨ catigueiros ¨..

    Curtir

  4. Se Wesley repetir os titulares de Argel, Gefferson, Paulinho e Ramires já podemos pensar em outro treinador. Por mim o time entra com euller na esquerda ou um lateral da base, no meio só Farias de voante e com C.Xavier, Jhemerson e Cadernas ou G.Xavier no meio ofensivo. Na frente André Lima e David.
    Eduardo Batista é uma boa opção, pois sabe trabalhar com times de médio porte, e elencos sem muita badalação como o nosso.

    Curtir

  5. Pessoal, o técnico tinha que ser demitido logo após a derrota do Paraná em casa. E cada vez mais eu vejo e admiro a competência desse nosso treinado interino. Não fosse a fogueira que aproxima que é o Brasileirão, sendo dirigente, efetivaria ele para formar um grupo pra dois, três anos. Tenho certeza que daria conta do recado. Melhor do que pensar em Luxemburgo ou dinossauros idênticos. Vamos Vitória! Quero o Bi!

    Curtir

  6. Será que não dá pra improvisar um volante na vaga de Uiliam Correia (nosso melhor em campo no último jogo)? Não vejo futebol nenhum em Bruno Ramires pra resolver a parada. O cara não sabe apoiar o ataque. Não marca bem. Não dá um passe vertical certo. Parece um peladeiro. Lembra Toninho Cerezzo, só que sem um décimo da habilidade e visão de jogo. Limitadíssimo.

    Pega algum zagueiro mais habilidoso e bota de volante. Manter Ramires é o fim da picada.

    Geferson é fraco no apoio e razoável na marcação. Melhor nisso do que Euller, que é muito melhor no apoio ao ataque.

    “Rafaelson fez o time melhorar ontem.” Ok. Mas é outro perna de pau. Não sabe dominar uma bola. Não sabe driblar. É só pra segurar os marcadores e ser a tal “referência”.

    Cleiton Xavier, coitado. Parece que tá sempre em outro ritmo. Chegando atrasado no apoio à defesa e lento na hora de puxar o contra ataque. Foi desarmado infantilmente várias vezes na quarta.

    O resto do time deu pro gasto. Patric, Farias e Correia foram muito bem. Miguel tá dando uns sustos. Mas salva em outros lances.

    No domingo tem que ser com muita raça e sangue nos olhos.

    VAMOS LÁ, VITÓRIA!

    Curtir

  7. Fábio, fui dar uma olhada nas regras e um tal de Bira souza Hc (um tricoitado) postou uma agressão lá (ontem por volta do meio dia).
    Aliás, eu nem sabia que podia-se postar nas regras do blog.

    Curtir

  8. Observem que a torcida do CAP, no jogo da Libertadores, recordou o trabalho de André Lima.

    Será que ele não presta para nós ?

    E quem prestaria ?

    Curtir

  9. Achei bom o acordo com Dátolo.

    Não dava para o clube esperar.

    Parece um atleta responsável que não se conformava com a situação DM.

    Melhor ainda a notícia de que desistiram da indicação de contratação pedida por Argel.

    Não acho que precisamos contratar 6 jogadores para assumirem a titularidade não.

    Temos um bom ataque:

    André Lima, Kieza, David, Rafaelson e Pineda (pessoalmente, ignoro Paulinho).

    Rafaelson não se destacou antes por conta do “perfil paneleiro de Argel”.

    Temos um meio campo razoável:

    Psiculichi, Gabriel Xavier, Cleiton Xavier, Cardenas, Jemerson, Euller

    Cardenas não é craque, mas nunca entendi o ostracismo em um time em que Paulinho ingressa sempre no campo para substituir um meia !

    Volantes:

    Correia, Farias e Ramires (Em razão da contusão de Zé Welison, é necessário um volante “série a”).

    Lateral direito.

    Patric/ Norberto/ Salino (dá para passar)

    Lateral esquerdo.

    Geferson e Euller (não dá, precisa de mais um lateral esquerdo).

    Enfim, buscaria um volante e um lateral esquerdo com currículo consolidado, em boa forma física e uma temporada recente razoável).

    O clube precisa de um treinador, no meu entendimento, com trabalhos recentes convincentes e com perfil de utilizar jogadores oriundos da divisão de base.

    Curtir

    • O amigo esqueceu dos zagueiros.
      No que se refere a treinador venho enfocando exatamente esse seu pensamento. O treinador tem que ser relativamente jovem e com perfil de gostar de usar jogadores da base.

      Curtir

  10. Castelucci, comentarista local da rede bobo, disse que nem a sardinha nem o Vitória vão lutar contra o rebaixamento. Pelo péssimo futebol apresentado, AMBOS vão cair nessa vexatória situação. No nosso caso, se contratarmos um TÉCNICO, poderemos até fazer um bom campeonato, melhor até que aquele ano em que chegamos em quinto, melhor colocação de um time de fora do EIXO na era de pontos corridos.

    Curtir

    • Penso que um técnico, mesmo que seja bom, não é suficiente para não lutarmos ferozmente contra o rebaixamento, Welton. O Vitória precisa de mais seis jogadores. Claro, não serão top, mas que sejam bons: dois zagueiros, dois laterais (esquerdo e direito), um volante e um atacante (centroavante). Necessário, pois, rescindir com mais bondes, no modo Dátolo.

      Curtir

    • Eu creio que a dupla BAVI não cai este ano, pois tem times com elenco piores na serie A.

      Creio que Atlético GO e Avaí vão brigar pela lanterna, um “gigante” do sul/sudeste deve cair e sobra uma vaga (Coritiba ou Chapecoense).

      Curtir

  11. Toda a desorganização do primeiro tempo era esperada, pois Wesley pegou terra arrasada e tentou colocar algumas características diferentes no time.

    A saída de bola no toque foi temerária, porque os jogadores não treinavam aquilo. Muitos nem são técnicos pra isso. Um dia de treino pra fazer foi quase suicídio.

    Bem inesperado foi o time melhorar no segundo tempo, embora isso fosse possível. A saída de Euller foi crucial e a entrada de Rafaelson, boa. Mas é bom citar que a saída de Régis foi importantíssima, pois o rival ficou sem força ofensiva. Faz-se mister melhorar a parte defensiva, entretanto, pois vê-se a dificuldade de achar a marcação.

    Sobre o resultado, muito melhor que esperávamos (ou eu esperava), pois com o time em pedaços (partes táticas), a tendência era a derrota. Pensei até que ia se repetir a derrota do inter para o grêmio, por 5 x 0, logo depois de tirar o treinador perto de uma decisão. Não houve, e o Vitória sobreviveu para reagir e ser campeão. Esqueci que o jaia não tem atributos para tal feito do grêmio.

    O gol do Vitória, apesar de ter sido contra, veio da pressão exercida pelo time e pela melhora de algumas peças no segundo tempo, como Patric, David e Uilliam Correia. Boas perspectivas, portanto, com a melhora do time na segunda etapa. Também, pela possibilidade de volta de André Lima e Gabriel Xavier.

    O Barradão retorna com força total, com um título altamente palpável. O mais importante, a autoestima retorna, há desenvolvimento de alguma coisa tática, a torcida é única e a vantagem foi mantida.

    O que mais pedir? É Guerra?? Bota de feijão de titular?
    Não, não. Me contento com tudo voltando as CNTPs, e o Vitória sendo bicampeão.
    Deixa o jogo acabar, com o título nas mãos, pra zoar até o osso deles.
    E ainda vai ter o sport…

    Abraços!

    Curtir

  12. Lucas, eu até publicaria de boa o seu comentário, se você não viesse com uma acusação imoral, infundada e deselegante a minha pessoa. Você simplesmente quebrou as regras 2 e 8, além de chegar com muita ousadia, falta de tato e civilidade. Não sou obrigado a postar agressão e/ou acusação gratuita não.

    Curtir

    • LUCAS, a situação que vc pontuou aconteceu em plena noite de decisão de campeonato baiano, o foco se dá ao jogo, não tinha como fazer um texto específico sobre isso e sua “desconfiança” é sim ofensiva, pois mexe com MEU CARÁTER. E se você fosse mais cuidadoso veria que critico as coisas que não concordo, inclusive o texto atual comprova isso. Voltando ao seu assunto – Contratações equivocadas acontecem até no BARCELONA, vide os atacantes Keirisson e Gudjohnsen, por exemplo. O importante é que o jogador Datolo saiu abrindo mão da multa rescisória.

      Curtir

  13. As sardinhas entraram de salto alto, como eu imaginei que aconteceria. Outra coisa, tirando Régis e Allione, o time delas não tem NADA! ABSOLUTAMENTE NADA! Time fraquíssimo e limitado! Tanto que com pouco tempo de domínio o Vitória poderia ter virado o jogo, com um gol e uma bola na trave. E pra domingo ainda perderam seu melhor jogador, Régis!

    Agora é guerra! Eles procuraram, criaram caso e mexeram com o time errado. Enquanto a diretoria do Vitória, no meu ver de forma MUITO NOBRE, postou uma imagem com as duas diretorias, tentando elevar o nível da relação entre os clubes, os dirigentes de lá procuraram picuinhas e não repetiram o gesto nobre, pelo contrário, baixaram totalmente o nível!

    Já que o nível que elas querem é esse, se eu fosse a diretoria do Vitória, como postei anteriormente, faria de tudo pra dificultar… Cortava agua do vestiário, ar condicionado, colocava uma caixa de som enorme na porta do vestiário do jahia tocando o hino do Leão nas alturas… Faria de TUDO que fosse possível pra deixar elas com os nervos à flor da pele!

    Com relação ao time, não tem muito o que fazer… Na zaga, que é nosso setor mais fraco, não dá pra mexer, tem que ir com os que estavam no ultimo jogo… Entraria com Euller na LE e jogava 3 volantes, mas sem Uillian Correia não rola… No meio, WF e B. Ramires de volantes, Cleiton, Gabriel e David… De referência André Lima!

    E na arquibancada não tem nem o que falar… Acabar os ingressos é obrigação!

    Com esse time, mesmo jogando mal do jeito que tá, a gente consegue levar fácil! O jahia não tem nada!

    E O JAHIA VAI SER BIVICE!!!

    Curtir

  14. É isso aí, fechado com o VITÓRIA: 5 conto + 1 lata de SARDINHA. Vamos lotar nosso caldeirão.
    Vamos fritar SARDINHA em pleno Barradão!
    Parabéns para diretoria pela promoção. (Em outras épocas nas decisões a direção aumentava o valor dos ingressos.)

    Curtir

  15. O empate foi um ótimo resultado, aquele gol baixou a crista dos caras, e dentro do barradão temos que fazer valer nosso mando de campo. Só espero que tudo ocorra na paz de deus, acho terrível essa escalada de medo, provocações, rixa e sentimento vingativo que só deixa o futebol mais pobre e aumenta o sentimento de ódio.

    Curtir

  16. Eu sei.

    O problema é que os atletas estão acostumados com pirraças “das arquibancadas”.

    Torcedor fala o que quer ? É assim em qualquer parte do mundo.

    Outra coisa é a provocação dos dirigentes.

    Não afirmo isso porque “vai motivar o outro time…”.

    Não. Para mim é bobagem.

    Mas acho que pode desconcentrar a equipe do Vitória.

    Esses jogadores já são, por si, desconcentrados.

    Não se esqueça do psicológico abalado como lembrado pelo próprio Wesley.

    Torcida pode levar sardinha ou o que for.

    Mas Diretoria ?! O que o menosprezo institucional (da Diretoria) pelo rival vai nos beneficiar ?

    O papel da Diretoria era botar pressão na arbitragem, como fez o chiliquento, dizendo que foi roubado no ba x vi do nordestão (e foi) com um penalti não marcado, o perigo de gol no lance de David e a expulsão “arranjada de Patrick”.

    Do mesmo modo, o “excesso de zelo” em relação à Correia (que só existe contra o Vitória).

    Fizeram certo em relação à promoção, mas se a ideia é a provocação institucional não concordo em razão do risco de chamar a atenção dos atletas (Se Robson fizer não é nada, se Ivã Almeida e Sinval Vieira fizer tem outro peso).

    Curtir

  17. Pessoalmente, sou contra diretoria ou jogador fazer coisa relacionada a “sardinha” ou o que for.

    Essa conversa é para torcida.

    Diretoria tem é que fechar com o time e impedir qualquer fator externo.

    Se foi ideia de algum conselheiro é um louco.

    A instituição, jogadores/ comissão técnica e diretoria tem que pensar é em conquistar o título.

    Festa/ pressão/ pirraça e coisa de torcida e não tem nem que ser comentada pela Diretoria.

    Curtir

  18. Texto lúcido e realista. Parabéns!

    E domingo para quem não é sócio bastar levar 5 reais e uma lata de sardinha para entrar no Barradão.

    Curtir

  19. Olá Fábio e demais colegas Rubro-Negros!!
    Venho acompanhando o blog a mais de dois anos, porém nunca comentei nada aqui. Desde que passei um tempo fora do estado era uma forma de acompanhar as notícias e resenhas do Vitória.
    Parabenizo Fábio por manter este trabalho e como poucos blogs mantém o pré e pós dos jogo como ninguém.
    Vamos aos meus humildes comentários:
    1) Concordo com os comentários que o Vitória parecia um timinho ontem, nem parecia que estava numa final. Fiquei com vergonha de assistir o jogo ontem. Pra mim o pior de todos nesta temporada.
    2) O bahia perdeu Regis pra domingo, para mim principal jogador deles. Agora é colocar um jogador colado em Alione e acabou o time deles. Sugeria Ramires, acho que isto ele pode dar conta.
    3) O Vitória somente reagiu por que eles cansaram, eles não tem este time todo, acredito que o plantel do Vitória é superior deles, mas tem que melhorar só o psicológico, e como muitos dizem um jogador não desaprende de um dia para o outro.
    Sds RN

    Curtir

  20. O que me causou mais surpresa mo jogo de ontem foi a tentativa de sair jogando com a bola(quase sempre), abdicando dos tenebrosos chutões. Apesar dos riscos devido ao pouco tempo de treinamento e da pouca qualidade técnica da nossa defesa, mostrou o dedo do treinador em dois dias de trabalho, o que também ressalta a gigantesca incapacidade de Argel que, em seis meses, sequer tentou essa maneira de jogar!

    Curtir

  21. Vejam o que disse no portal “bahia.ba” o raivoso e chorão dirigente do sardinha Pedro Henrique sobre jogar a final no Barradão. Agora o desinfeliz está esperando civilidade e educação. Não sabe de nada.

    Curtir

    • Se eu fosse da diretoria cortava agua, ar condicionado e a zorra do vestiario, e ainda colocava um som tocando o hino nas alturas na porta do vestiário delas! Ia começar o inferno antes de começar o jogo!!!

      Guerra é guerra!!! Mas sempre blindando o elenco do Leão!

      VAI PRA CIMA, LEÃO!!!!!!!!!!!!!!

      Curtir

  22. Concordo com tudo, o rival perdeu ontem uma oportunidade de ouro.
    Alias, a soberba deles pra mim não faz sentido; de fato eles tem estado melhores na maior parte dos classicos, porem o ataque deles é deficiente ( tem bons meias, não bons atacantes) e não traduzem em gol as chances criadas. Já o Vitória não tem feito muito esforço pra conseguir os resultados, ou seja, venceu o primeiro bavi controlando o primeiro tempo, venceu o segundo de forma desordenada, somente abafando o rival e ontem conseguiu um empate quando se organizou e partiu pra cima durante 15 a 20 minutos.
    Ontem também eles cansaram, marcar pressão 90 minutos prega o time, o aspecto fisico vai ser determinante também, e o time deles ainda tem outra decisão pela frente.

    Curtir

  23. Para domingo, entraria com o seguinte time:
    – Manteria a defesa, apesar de Geferson ser ruim de doer, tem um pouquinho mais de poder de marcação que Euller. Como Eduardo pra mim é a maior arma ofensiva do rival, deixaria ele ali.
    – No meio pra mim que ta a chave: perdemos ontem Willian Correia, que pra mim foi muito bem, e teremos de ir com o fraco Bruno Ramires. Ele e Farias na volancia, ate ai tudo bem; porem nos meias que eu mudaria, entrando com Gabriel Xavier e David abertos e com CARDENAS pelo meio. Sim, Cardenas, pois como ele tem bom toque de bola e dinâmica, poderiamos ganhar a posse que tem faltado nos bavis. Cleiton tem estado mal nos jogos e não me parece ter a intensidade fisica que o jogo pede. Deixa ele pro segundo tempo
    – No ataque, é Andre Lima até sem uma perna! Até Rafaelson eu prefiro do que Kieza

    Curtir

  24. Perfeito Fábio, concordo em tudo!

    O rival deixou de fazer a vantagem pelo primeiro tempo que fez e que o Vitória deixou de fazer! Perderam uma oportunidade de ouro, mas pra mim isso prova que o ataque deles é deficiente, o que eles têm são bons meias, mas que tem pouco poder de finalização. Na verdade a soberba deles é tanto que não bem acompanhado algo notório: o Vitória não tem precisado fazer muito para vencer! Eles dizem que dominaram todos os jogos, que são mais times bla bla bla mas vamos aos fatos:
    – Bahia 1 x 2 Vitória: no primeior bavi, o Vitória controlou o primeiro tempo, fez 2 e poderia ter feito mais. Teve a expulsão, eles cresceram mas nada demais.
    – Vitória 2 x 1 Bahia: antes da expulsão realmente o rival estava melhor, mas mesmo de forma desorganizada o Vitória conseguiu virar o jogo.
    – Bahia 2 x 0 Vitória: esse eles jogaram melhor, o Vitória simplesmente não entrou em campo.
    – Bahia 1 x 1 Vitória: primeiro tempo bisonho nosso, um doa piores que já vi em clássicos. Mesmo assim, no segundo tempo o rival pra mim PREGOU( marcar pressão 90 minutos não da) e com o mínimo de organização, criamos 3,4 chances e empatamos o jogo sem muito esforço.
    RESUMO: o Vitória não tem precisado fazer muita força pra conseguir os resultados, portanto um feijão com arroz bem feito domingo nos garante o titulo!

    Curtir

  25. Bom deixaram eu decidir em minha casa… só posso agradecer. O Vitória foi péssimo no 1 tempo. Ficou no lucro com o 1×0. Wesley não teria como colocar suas ideias em 2 dias. Então vimos os velhos erros. No segundo, o rival refugou. Parou de agredir. As mudanças deles só nos ajudaram. Falta material humano lá. O Vitória melhorou e chegou ao importante. Dá um ânimo todo especial pra domingo. Rambora.

    Curtir

  26. Pra mim houve uma tentativa de mudança no jogo, apesar do péssimo primeiro tempo. O time tentou sair trocando passes ao invés do manjado chutão e houve mudança também no estilo de marcação, com Argel o time marca por encaixe, ou seja cada jogador pega o seu, Wesley tentou implementar marcação por zona e isso confundiu os jogadores que não estão acostumados, resultado foi o jahia trocando passes como queriam na entrada da nossa área. Wesley realmente cumpriu o que prometeu, foi corajoso e tentou fazer diferente de Argel, mas essa coragem quase nos custou o título.
    Sobre atuações individuais, gostei muito de Uillian Correia(melhor em campo, jogou por ele e Farias que fez uma péssima partida), Patric(muita raça e deu um calor no segundo tempo pelo lado direito) e Alan Costa(foi pouco falado, mas ganhou todas em cima dos atacantes do jahia). Fernando Miguel inseguro, Geferson e Euller horríveis e Kanu foram muito mal, o último apesar de gostar dele se a idéia for trocar passes não dá pra ele jogar, é muito limitado tecnicamente. Eu achei que Paulinho foi bem dentro das limitações dele, mas passou boa parte do jogo isolado na ponta muitas vezes contra 3.
    Infelizmente perdemos Correia pro próximo jogo e teremos que aturar o fraco Bruno Ramires, mas provavelmente teremos André Lima e mesmo que ele não jogue Wesley já entendeu que o time tem que ter um centro-avante, então acredito que Rafaelson já comece jogando. jahia perdeu a chance de fazer o placar nesse jogo, agora já era, seremos campeões e ganharemos com 2 gols de diferença, anotem.

    Curtir

    • Só uma ressalva sobre o Alan Costa. Eu sinceramente não gosto dele, mas nem vou questionar ter ido bem ou não. Mas daí a tu dizer que ele ganhou todas em cima dos atancantes do bahia amigo, vou precisar ressalvar: Menos a do gol dos caras neh? Falha dele toda.

      Curtir

  27. Comentário lúcido.

    O rival poderia ter liquidado a fatura em 45 minutos.

    Não fizeram. O time encaixou no segundo tempo e foi premiado com empate.

    Além do resultado, o segundo tempo foi importante para confiança do elenco e da torcida.

    Serão vendidos todos os ingressos. Não tenha dúvida.

    Eu, se fosse Wesley, substituiria Correia por Ramires.

    Tiraria Geferson e Paulinho para completar o time com Rafaelson (ou André Lima) e Cardenas (ou Gabriel Xavier).

    Curtir

    • Exatamente, Robson. Essas mudanças que você sugeriu são as minhas, tirando Géferson e deslocando Euller para a lateral, entrando com Gabriel Xavier ou Cárdenas, ainda acrescentando que, caso Jhemerson e K9 se recuperem, podem ser boas opções para o segundo tempo.

      Curtir

    • Concordo com o amigo, mas colocaria CX no lugar de Correia como segundo volante que é posição conhecida por ele. O que não dá é para ele com 33 anos, histórico de contusões jogar sozinho de meia armador e com obrigação ainda de volta para marcar.

      Curtir

    • Amigo vi um jogo em que com a saida de Euller do meio campo o time cresceu, e mais ainda com o Rafaelson. Na Partida volta nao entraria com Euller colocaria Jemerson.

      Curtir

  28. ratificando;
    quanta loucura! querer que Weslei mexa nas peças que vinham jogando.
    o Vitória precisa mudar a forma de jogar!
    precisamos entender que os jogadores ESTÃO jogando mal, não existe um esquema definido e nem variações.
    os jogadores não SÃO ruins ou piores que do do time incolor, eles ESTÃO jogando mal. e isso deve-se ao antigo treinador.
    Weslei não poderia e nem deve fazer a loucura de mexer em muitas peças, isso pode desencadear um grande problema no elenco e na implantação de uma filosofia de jogo. uma coisa de cada vez

    Curtir

  29. Se David tivesse um pouquinho de experiência não isolava aquele rebote da trave. Apesar de termos jogado de forma horrorosa no primeiro e parte do segundo tempo, poderíamos ter saído com a vitória.
    Obs: No texto onde tem “Se preparem, rebanho de sardinhas recalcadas.”
    Eu li “rebanho de desgraças”. Desculpem-me força do hábito. hihihi

    Curtir

  30. Ah, ouvi dizer que hoje, em Salvador, as sardinhas que estão no Largo do Retiro, Barros Reis, Rótula do Abacaxi, não estão conseguindo seguir para a Sete Portas nem Aquidabã pela Heitor Dias, pois não conseguem passar pelos Dois Leões (Vitória e Sport). O trajeto está sendo o Bonocô, subindo a ladeira da Revisa (antes da entrada da Baixa do Tubo) para o Luis Anselmo, depois Matatu de Brotas, Largo dos Paranhos, Pitangueiras, até descer Galés e pegar a Djalma Dutra. Nenhuma sarda conseguiu passar pelos Dois Leões hoje.

    Curtir

    • Conhece mais de Salvador do que eu que moro aqui, hehehe.

      Achei o time tentando manter mais a posse da bola, até Fernando parou de dar os chutões para o campo adversário e saindo com as mãos.
      A diretoria poderia sugerir aos torcedores uma lata de sardinha juntamente com o valor do ingresso, imaginem ai, 35 mil latas de sardinha para doação, kkkkk.

      srns

      Curtir

    • Toda a desorganização do primeiro tempo era esperada, pois Wesley pegou terra arrasada e tentou colocar algumas características diferentes no time.

      A saída de bola no toque foi temerária, porque os jogadores não treinavam aquilo. Muitos nem são técnicos pra isso. Um dia de treino pra fazer foi quase suicídio.

      Bem inesperado foi o time melhorar no segundo tempo, embora isso fosse possível. A saída de Euller foi crucial e a entrada de Rafaelson, boa. Mas é bom citar que a saída de Régis foi importantíssima, pois o rival ficou sem força ofensiva. Faz-se mister melhorar a parte defensiva, entretanto, pois vê-se a dificuldade de achar a marcação.

      Sobre o resultado, muito melhor que esperávamos (ou eu esperava), pois com o time em pedaços (partes táticas), a tendência era a derrota. Pensei até que ia se repetir a derrota do inter para o grêmio, por 5 x 0, logo depois de tirar o treinador perto de uma decisão. Não houve, e o Vitória sobreviveu para reagir e ser campeão. Esqueci que o jaia não tem atributos para tal feito do grêmio.

      O gol do Vitória, apesar de ter sido contra, veio da pressão exercida pelo time e pela melhora de algumas peças no segundo tempo, como Patric, David e Uilliam Correia. Boas perspectivas, portanto, com a melhora do time na segunda etapa. Também, pela possibilidade de volta de André Lima e Gabriel Xavier.

      O Barradão retorna com força total, com um título altamente palpável. O mais importante, a autoestima retorna, há desenvolvimento de alguma coisa tática, a torcida é única e a vantagem foi mantida.

      O que mais pedir? É Guerra?? Bota de feijão de titular?
      Não, não. Me contento com tudo voltando as CNTPs, e o Vitória sendo bicampeão.
      Deixa o jogo acabar, com o título nas mãos, pra zoar até o osso deles.
      E ainda vai ter o sport…

      Abraços!

      Curtir

  31. Excelente texto, Fábio. No primeiro tempo nosso time não jogou. As saídas de bola eram de arrepiar, com o Jahia fazendo marcação alta, pressionando os zagueiros, laterais e volantes. O time entrou com o astral lá embaixo, visivelmente abalado e apático. Mesmo assim, quase Cleiton repete Dátolo e faz um gol olímpico, o que poderia mudar a história do jogo. Independente desse lance, fomos amplamente dominados.

    Já no segundo tempo, fomos bem melhores que as sardas, que parecem ter morgado. Jogaram num nível físico, técnico e tático bem abaixo do primeiro tempo, parece que o gás deles acabou, com Allione e Régis sumidos e só Edgar Júnior tentando alguma coisinha. A gente critica Géferson e nosso lado esquerdo, mas o deles, com Armero, não é muito diferente não. Patric e David provaram isso que digo no segundo tempo. Deitaram e rolaram por aquele lado, criando nossas melhores jogadas, inclusive com chances de virada.

    Acredito que, de hoje para domingo, com mais tempo para treinar e um astral melhor, Wesley consiga mostrar mais. Vejam que ele, nos vestiários, mudou a postura do time. Voltou com as mesmas peças, só que com outra postura. Bem diferente do que Argel fazia.

    Domingo é Barradão lotado. Solta o Leão.

    Curtir

      • Verdade. O problema foi só as saídas com a pressão da marcação das sardinhas. Mas no segundo tempo isso melhorou muito.

        Curtir

      • O maior problema é que os nossos zagueiros não sabem sair tocando. São péssimos neste quesito. No resto o time melhorou no segundo tempo.

        Agora, só aqui entre nós, nos últimos dez anos não vi um primeiro tempo tão ruim do Vitória contra as Sardas.Terrível! Era para tomar uns 4 gols.

        Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s