#BAVI491 | Decisão Estadual encerra a Maratona de Clássicos

Agora vale troféu, agora vale a glória máxima da competição estadual. E nada mais simbólico e emocionante encerrar a maratona de 4 clássicos sucessivos nesta situação em que o vencedor da partida levanta a taça (para nós até o empate serve). O duelo deste domingo é um tira-teima desta maratona. A Estrada Até Aqui – Amanhã será o quinto confronto no ano, que ainda terá mais dois pelo Brasileirão. Nos 4 jogos realizados, incluindo a 1ª fase do Baianão, vencemos 2 e empatamos uma (a primeira decisiva na última quarta-feira).

Com um pouco mais de tempo para trabalhar e atenuar o choque da demissão de Argel aos atletas, Wesley Carvalho deve montar um time bem mais arrumado e organizado do que aquele que vimos na quarta, embora houvesse uma significativa mudança de postura da equipe no segundo tempo, onde encurralamos o rival e perdemos umas três chances de gols antes de sair o gol de empate. Mesmo sendo interino, Carvalho tem mais repertório que Argel e tem outra visão do jogo em relação ao ex-treinador. Wesley gosta de time que ataque, que proponha o jogo, mas que tenha uma marcação por zona e não H-H e desordenada como fazia Argel Fucks. Outro ponto a favor do interino é que ele não acha “1×0 é goleada”, portanto, ele começa a colocar isso no grupo, de não controlar em demasia o jogo, assim que está com o placar ao seu favor.

Para a partida de amanhã é quase certo os desfalques de Kieza, Gabriel Xavier e talvez André Lima. Caso não dê para AL99, é possível que Wesley comece com Rafaelson, pois David foi uma negação das negações como falso nove. Já Rafaelson, mesmo com um corpanzil imenso, parecendo mais Júnior Tuchê do que outra coisa, é aquele cara que prende a zaga adversária lá atrás e, se estiver iluminado, pode ser aquele cara que ninguém espera nada e faz um gol ou uma jogada decisiva, garantindo nosso bicampeonato. Outra hipótese remota é a entrada de Pineda como centroavante, que é sua função original e que aqui no Vitória foi forçado a jogar nas beiradas por ele ter uma leve vantagem na velocidade.

Já o Bahia pode chegar amanhã no Barraquistão com dois desfalques: Renê Jr e Régis, que estão em dúvida e serão avaliados até momentos antes da partida. Caso não dê para ambos, Juninho e Gustavo entram na equipe, com Zé Rafael fazendo a posição de Meia Centralizado (o MAC para os fãs de Football Manager). Guto também tem outras situações, como por exemplo colocar Feijão na volância e Juninho como meia avançado, deixando Zé Rafael em um dos extremos do campo.

Guto sabe que o empate é nosso, por isso terá que sair mais para o jogo e não ficar o tempo todo recuado, esperando nosso time. Se o treinador deles conseguiu ter mais êxito em arrumar sua defesa, o mesmo não se pode dizer de sua parte ofensiva, onde conta com jogadores mais limitados que os nossos, apesar de Allione começar a mostrar a que veio nas últimas partidas.

Enfim, o Vitória não pode cair na pilha dos jogadores rivais, amanhã é a nossa vez de ter a torcida azucrinando como eles fizeram nas duas últimas partidas na Arena Lava-Jato. Nosso time é melhor e precisa ter a ciência disso. Não sou Deltan Dallagnol, mas tenho a convicção que se o Vitória voltar a fazer seu jogo tradicional, organizado e coordenado, propondo mais que reagindo, venceremos a partida. A defesa do rival aparece mais quando encontra atacantes desatentos, ruins ou lentos. Basta apertar um pouco mais, aumentar a intensidade, passes rápidos e troca de flancos, que eles peidam na farofa.

Vitória Sempre!

Anúncios

18 respostas em “#BAVI491 | Decisão Estadual encerra a Maratona de Clássicos

  1. Se Regis não for a campo e não deixar Allione respirar, a parte ofensiva do adversário já foi, daí, é dominar a meiúca e partir pra definir, então é só comemorar… Vitória!!

  2. Eu mandava: FM
    Patrick Kanu A Costa Geferson
    B Ramires William
    C Xavier
    Piscu G Xavier
    Pineda
    Dominar o meio campo e partir para o abraço!

  3. O nosso treinador saberá manter a compactuação dos volantes e defesa sempre atenta, quando estivermos atacando para não sermos surpreendidos, nos contra ataques deles, pois será a proposta de jogo, outra coisa é aproveitar os rebotes da defesa dos ¨ sardinhas¨, para chutes de média distância. Também corrigir esse jogo pelo meio e soltar a bola de primeira, não tentando dribles desnecessários. Vide os gols tomados nas partidas anteriores, no mais muita atenção no jogo. Vitória 3 X 0 sardinhas.

  4. Olá pessoal, o site oficial do Vitória informa que todos os ingressos foram vendidos 30.618 pagantes, carga máxima portanto, se o sócio torcedor comparecer em peso teremos então um público em torno de 40 mil pessoas certo? esse público constará no borderô ultrapassando a capacidade do estádio? como funciona isso? SRN.

  5. O basquete obteve uma vitória expressiva contra o Mogi, assim se classificou para a semi-final.Vamos amanhã para cima das sardinhas!

  6. Qual é o grau da contusão de Kieza? Rescisão de Contrato? Será que é alá Dátolo? Manda embora, pra voltar pro time de Itinga!!

    Ki nada, tolerância zero!

  7. É como eu falei no outro jogo, temos que ter equilíbrio emocional para levantar essa taça, não podemos nos dar ao luxo de perder jogadores por expulsão. Paulinho é pior que Feijão… (Tô falando mal dele pra ver se ele se revolta é joga bola amanhã kkkkkkkkk). Queime minha língua seu pereba!

    SRN

    PS. Geferson, você não joga nem no Íbis!

  8. Uma das coisas irritantes que eu acho em futebol é essa estória de que um determinado jogador é de uma posição mas os “professores” (a la Ubaldo) insistem em escalar o cara em outra.
    Entendo que existem momentos em que (na falta de opção) torna-se necessário fazer improvisações, mas…existem limites, né? Forçar o cara jogar diferente do que ele sabe?
    Em suma, eu não sabia que Pineda era centro-avante.
    Sobre o jogo de amanhã, espero que os nossos jogadores não aceitem provocações, jogando com determinação e “sufocando” o adversário!

    • Pode até ser, mas fisicamente ele não tem caixa para jogar de centro-avante, nem futebol, principalmente se for enfiado no meio dos zagueiros.

    • Quem sabe o chileno nao emplaca de centroavante? Os que temos, Kieza e André Lima, não são grande coisa… Já tiveram seus bons momentos, mas hoje não fazem muita coisa.

  9. Amanhã é guerra , temos que apoiar nosso time do começo ao fim, vamos pressionar as sardinhas na chegada do Barradão já dentro do ônibus deles sem violência , mas cantado o nosso hino no ouvido deles para eles sentirem o nosso clima , o mesmo fazer com a arbitragem , antes do jogo eles têm que saber onde estão pisando , ou seja casa cheia , vantagem do empate tudo ao nosso favor, cabe ao nosso time entrar concentrado só pensando em jogar futebol usando os pontos fracos do adversário que são muitos e conseguir a vitória é questão de tempo , lembrando que bolas alçadas na área deles é perigo de gol certo pôs aquele goleirinho e ruim nesse fundamento , então nossos laterais têm que explorar esse tipo de jogada com mas frequência nesse jogo e digo isso também se over faltas ao envies de desperdiçar bola na área , no mais VITORIA 3 X 0 sardinhas .

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s