NÃO CAIAM NO JOGO SUJO DE NOSSA IMPRENSA JABAZEIRA

Queridos leitores, como vocês sabem eu fui um dos apoiadores da Chapa Vitória do Torcedor, que se tornou a vencedora nas eleições e agora é a DIRETORIA ELEITA HONESTAMENTE pelos quase 7 mil sócios adimplentes em 15/12/2016. Mesmo sendo apoiador e por ter me inscrito desde o começo da formação da chapa consegui ficar entre os nomes que compõem o Conselho Deliberativo. Mas isso não me fez esquecer de criticar a diretoria executiva do clube, sobretudo a de futebol.

O Conselho do Amém acabou e sinto que todos os atuais conselheiros têm a sua independência para emitir suas opiniões, tanto nas assembleias como no dia-a-dia, passando pelas redes sociais, desde que não divulgue informações sigilosas ou ofendam as pessoas que compõem o Conselho Diretor ou outros conselheiros. Vocês estão vendo que já externei que não estou feliz e nem concordo com o que vem sendo feito na Diretoria de Futebol desde o começo da temporada. Portanto, este negócio de insinuar que sou “chapa-branca”, ou “puxa-saco” não cola, quem pensa isso de mim está sendo injusto e sacana com minha pessoa.

Entretanto, mesmo não gostando do andar da carruagem do Departamento de Futebol, o qual precisa rever com urgência o elenco do Leão para o restante do Brasileirão, para evitar um rebaixamento vergonhoso; eu sinto que boa parte de nossa imprensa está implantando o caos e amplificando qualquer coisinha para pulverizar a Gestão Ivã de Almeida. E neste aspecto eu entro em defesa da Diretoria como um todo, pois eu sei o trabalho que deu, desde 2009, para formarmos um grupo de oposição e que pedia pela abertura do clube ao seu torcedor via eleições diretas para Presidente do Clube.

Para chegarmos aonde chegamos surgiram vários grupos políticos do Rubro-Negro que culminaram na Chapa Vitória do Torcedor no ano passado, como o Movimento Somos Mais Vitória, Associação Vitória Forte, Vitória Século XXI, Vitória Melhor, dentre outros. Foram sete anos de reuniões, trabalhos, formação de uma plataforma política e reivindicações. Óbvio que neste percurso alguns grupos se afastaram de nós, outros colaram mais, natural do processo! Então, se depender de mim, combaterei de forma honesta e com a arma que puder para evitar esta pulverização que estão criando.

Estamos vendo nas últimas semanas que todo dia sai alguma “notícia” nas rádios e programas televisivos colocando toda carga de negatividade e a pecha de “Clube Sem Comando, e que todo mundo manda no Vitória, sem respeito e definição de hierarquia”. A imprensa vem baixando o nível a cada dia e já utilizam de mentiras deslavadas para tentar, ao máximo, inviabilizar a atual administração do Leão. Sobre isso, comenta-se nos bastidores que isso decorreu de um certo ex-dirigente, ex apoiador da chapa, que virou-se contra por não ter os seus caprichos atendidos após as eleições e que por conta disso, estaria patrocinando os principais meios de comunicação para que, diariamente, se leve a público tudo o que puder ser exaltado como negativo e ruim para desgastar os atuais mandatários do ECV.

Já falaram mal de toda a diretoria e inventaram mentiras escandalosas sobre Augusto Vasconcelos e Érica Saraiva. Esta última, por sinal, está sendo um dos alvos principais e até discursos plenamente machistas e misóginos ela vem sofrendo, o que é deplorável em pleno século XXI. A última da vez é que quem contratou Alexandre Gallo não foi o Executivo de Futebol, Dejan Petkovic, nem o presidente Ivã de Almeida e sim o CONSELHO DELIBERATIVO. Mentira Descarada! Participo de três grupos referentes ao Conselho e em nenhum dos três foi feito enquete ou algo parecido pedindo a aprovação ou reprovação do nome de Gallo para treinador. Pelo contrário, fomos todos pegos de surpresa com este nome que não treinava um time de Série A há mais de 5 anos. Digo que a maioria dos conselheiros se manifestou com rejeição a este nome.

Além disso, a função do Conselho Deliberativo é de fiscalizar e acompanhar os atos do Conselho Diretor referente a finanças do clube, os contratos com Empresas Diversas, regimento interno, etc. É uma espécie de poder legislativo, o que se fosse prefeitura seríamos os “vereadores” e todos sabem que vereadores não podem interferir diretamente na atuação do Prefeito (Poder Executivo). Temos nossos limites de atuação e um deles é o futebol. Não podemos mandar ou desmandar o Conselho Diretor a trazer ou deixar de trazer tal jogador ou treinador. Não temos este poder decisório, podemos APENAS concordar ou não, enquanto torcedor, pois antes de ser Conselheiro somos todos VITÓRIA.

E mesmo que fosse verdade a informação de que Ivã trouxe Gallo depois de consultar o Conselho Deliberativo, não vejo isso como CRIME ou algo ruim. Se fosse verdade, só mostraria que realmente temos uma democracia tão forte que até coisas exclusivas do Conselho Diretor passam pelo crivo (ou não) do Conselho Deliberativo. Vale lembrar, que há estudos na área empresarial, em que os líderes que ouvem mais as opiniões dos funcionários e diretorias subalternas, tendem a ter um melhor ambiente de trabalho em relação àqueles que são centralizadores/autocráticos. Não sou eu quem fala não, são os estudiosos da Administração. Na semana passada até curtida de Willian Farias em postagem de instagram virou “notícia” pela nossa imprensa jabazeira (que há pouco tempo o presidente do Bahia soltou uma lista com o nome dos beneficiários).

Portanto, meus caros amigos, tenham muito cuidado com o que é veiculado nas resenhas esportivas de rádio e de TV aqui do Estado. Não acreditem de primeira, nem piamente. Infelizmente, ao invés de jogar ao lado dos clubes, fortalecer e divulgar coisas boas sobre os clubes, a imprensa daqui gosta mesmo é de fofoca, contendas, desunião e sensacionalismo exacerbado, além de rasgar o Código de Ética da Profissão, quando lançam mentiras como verdades e não fazem o devido processo de apuração e de ouvir os dois ou mais lados dos acontecimentos. Temos vários exemplos de “jornalistas” e “apresentadores” aqui no Estado que já foram acusados de extorsão à empresários e de receber o velho jabá dos clubes e músicos baianos.

A VERDADE DEVE PREVALECER SEMPRE!

Anúncios

58 respostas em “NÃO CAIAM NO JOGO SUJO DE NOSSA IMPRENSA JABAZEIRA

  1. Não Fabio , não dá pra esquecer o vitória precisa urgente de meia de criação não temos e o pisculichi foi contratado com festa pra ser esse meia , e só vive DM , além disso é dinheiro jogado fora !!!

    Curtir

  2. Amigos , alguém poderia me informar quantos jogos o pisculichi entrou e jogou, porq o cara está tendo a melhor férias q ele ja teve . O Datolo foi mandado embora , porq só vivia na DM , se esse foi o motivo , porque não manda o argentino embora , é muita grana jogada fora , não quero aki entrar nessa de só criticar a diretoria mas é muita omissão .

    Curtir

      • Como assim esquecer ? um jogador que foi contratado para jogar ou no minimo ser relacionado. Apenas informações sobre a situação desses jogadores é o que a torcida deseja saber. Dátolo sim que devemos esquecer, já foi, contrato rescindido, estes aí não temos essa informação.

        Curtir

      • Oxe… agora foi que não entendi nada! Esquecer por que Fabio!? O cara tá aí só no come e dorme, e nós devemos achar isso normal!?

        Curtir

      • Não é isso, é que o camarada Bentes fica todo dia falando a mesma coisa. Já cansei de ler a mesma coisa sempre. Eu não posso fazer nada e ele repete que nem um papagaio como se eu pudesse interferir.

        Curtir

  3. O campeonato não chegou nem na metade do primeiro turno, e já tem torcedor colocando o Vitória na série B. Bata um abacate viu!!!

    Curtir

  4. A diretoria do Vitória não aprende mesmo, querer contratar Nenê do Vasco com 35 anos com salário de 300 mil mensais!!
    Tá difícil, acorda Ivã!! Chega de ex-jogadores, deixa o treinador avaliar o grupo, não adianta contratar por contratar, se Nenê não serve para o Vasco alguém acha que vai servir para o Vitória.

    Curtir

  5. Tá complicado acompanhar o Vitória, não falo isso em relação ao futebol, que passa por dificuldade, mas por essas “picuinhas” de imprensa disso, impressa daquilo.
    Já tá na hora de fechar o clube, não atender imprensa nos moldes que ela quer, apenas nos dias e horários estabelecidos pelo clube e com quem o clube autorizar falar. E “revidar” os comentários maldosos divulgados, dar uma resposta rápida não deixar a notícia ganhar força, desmentir, afirmar seja o que for, mas não deixar os torcedores a ver navios com esse tipo de imprensa. Agir mesmo. Blindar o Clube!
    Pela falta de comando de Ivã de Almeida, o que aparenta está acontecendo (não estou dentro do clube), todos se acham no direito de mandar e fazer o que quer. A especulação e o disse-me-disse aumenta e todos viram o dono da verdade, para obterem vantagem política e não duvido, se aproveitarem disso para futuras eleições.
    A democracia no clube foi obtida a muito pouco tempo, para um clube da idade do Vitória, e até dar certo, a administração vai penar e muito. Presidente eleito, pela maioria, pelos votantes, mas não é para “deixar o barco” andar na democracia também, ele, Ivã, tem que bater na mesa na Reunião do Conselho, mostrar que está ali e fazer andar, se blindar de pessoas competentes e fazer o trabalho correto doa a quem doer, reclame… está no seu direito da democracia, mas também dê soluções, ajude!!! Pelo que se pode ver, são pessoas insatisfeitas que não concordam com o andamento das coisas, que preferem aparecer, se mostrar, pois elas mesmas implantam a discórdia e problemas, para depois resolverem e sair de “boazinha”.
    Gerente de Futebol, agora tem que blindar os jogadores e comissão técnica, uma coletiva por semana, dois treinos abertos para imprensa, apenas aquecimento, e ao final da semana, apenas técnico e um jogador para falar. Suspende entrevistas exclusivas (por um período), até as coisas começarem a andar do jeito que o clube quer, evitar que a politicagem cheguem aos jogadores, eles precisam jogar e não ficar respondendo como está a política e ficar dando respostas eles mesmo do sai na imprensa. Willian Farias teve que desmentir uma notícia que saiu pela imprensa. Gerente de futebol, deveria marcar coletiva com o Willian Farias e imprensa, só o capitão vai falar, expor sua opinião, sem direito a perguntas e pronto! Se o Gerente quiser responder, responde. Entrevista com comissão técnica e jogador, só sobre jogo, esquema tático… política, gerente e presidente falam e pronto!!
    Chega disso no Vitória, agora mais do que nunca o Vitória precisa se “fechar” para saber onde está, qual caminho pegar e onde quer chegar, se blindar com pessoas competentes, gestoras de suas áreas, bem remuneradas, creio eu, e fazer andar. Críticas irão surgir sempre, no Barcelona e Real Madrid, também têm, saber diferenciar as construtivas das destrutivas e crescer.
    Não acredito em rebaixamento ainda, pegamos essa via apenas, mas podemos sair dela e ter outro rumo, mas dependerá de atitudes e mudanças da parte administrativa do clube. Torço para que Gallo acerte o time e o faça andar. Não queremos estar na Série B.

    SRN.

    Curtir

  6. Obrigado Sidnei,

    De fato, estes foram formados em outros clubes holandeses que “copiam” o sucesso do Ajax.

    http://espn.uol.com.br/post/643608_ajax-lidera-entre-clubes-que-mais-revelam-na-europa-real-madrid-passa-barcelona-nas-cinco-grandes-ligas

    72 jogadores que passaram pela base do Ajax disputaram uma das 5 principais ligas europeias.

    http://doentesporfutebol.com.br/2016/03/afc-ajax-o-gigante-adormecido-tem-sua-forca-na-base/

    Observem a “listinha de desconhecidos” na matéria acima.

    Curtir

  7. Renildo,

    Se um torcedor do ECV chegar aos 40 anos achando que o mundo vai acabar por conta de uma série b é porque não acompanha o Vitória.

    Só acredito que o clube tem que tentar se salvar com a equipe que tem e contratações pontuais e, ao mesmo tempo, se preparar para a temporada 2018 da melhor forma possível.

    Se a série b está batendo na porta, prefiro que se planeje eventual rebaixamento do que fazer loucuras (que não resolvem), ser rebaixado e não ter um plano de voo em 2018.

    Não acho vergonha um clube como o nosso disputar a série b, mas sim, disputar 10 séries b e não vencer nenhuma (em razão de, mesmo na série b, não demonstrar ímpeto de vencer/ organização e planejamento).

    Eu sempre achei um equivoco o ECV gastar tudo o que tem para formar um elenco (de nome) e de pouco resultado.

    Primeiro, porque precisamos terminar nossa estrutura, ou seja, o Barradão e a construção de um pequeno ginásio.

    Não acho que nosso clube precise investir 300 milhões, mas 40 ou 50 para cobrir o estádio, aumentar número de cadeiras/ rampas …

    Observem que só a economia com Dátolo/ Cleiton Xavier e Pisculiche daria um fôlego entre 15 e 20 milhões para investimento em estrutura.

    Depois, temos que, de fato, priorizar a divisão de base e formação.

    Não da “boca para fora” com uma divisão de base que não revela ninguém há anos.

    Observem a matéria do Ajax (maior formador de jogadores do mundo).

    Com um orçamento limitado, investem na base, inclusive, com atletas e treinadores formados no próprio clube para criar um método de jogo próximo ao profissional ….

    Seedorf, Robben, Rickard, Van Persie, Schneider ….. (isso sim, Fábrica de Talentos).

    Até para contratar, o Ajax garimpa dos nórdicos os talentos por preços modestos.

    Então, honestamente, o que não faço é me iludir com atalhos como o tentado inúmeras vezes de contratar um caminhão na “Xepa do Eixo”.

    Falou-se da criação do sub 23 e, depois, a conversa morreu.

    Se “ser Vitória”, no entendimento dos outros 90% é demonstrar revolta e exigir 10 contratações com custo de mais 10 milhões para ser rebaixado (do mesmo jeito) com o clube falido aí temos, além da diretoria, um sério problema com a torcida.

    Curtir

    • De fato, esse teu contraponto é muito interessante.
      Pena que esses temas não sejam discutidos em alto nível no Vitória. Pelo que vejo, o que está ocorrendo é muita briga política. E corroendo o clube por dentro.

      Obs.:
      Com relação ao “bonde” de jogadores, repito aqui o que disse Ricardo lá embaixo: ‘Uma diretoria que contratou para dar satisfação a nós torcedores.’ Pois é.

      Curtir

  8. Coincidentemente Bocão passou a atacar o Vitória depois que Paulo Carneiro denunciou na última reunião do conselho o pagamento de jabá a Rádio Transamérica ano passado, inclusive citando valores. No dia seguinte Bocão soltou um suposto áudio de PC aliciando jogadores da base e ameaçando um fulano de morte(não cheguei a ouvir o tal áudio, não sei se é verídico) e começou a bater no Vitória sistematicamente inventando um monte de asneira. Alguém da diretoria tem que ir a público e desmentir tudo, botar os pingos nos is.

    Se tem uma coisa que a presidenta do jahia fez de certo foi ter cortado relações com esses caras, são abutres que vivem de sensacionalismo e denigrem os clubes do próprio estado.

    Curtir

  9. Sei que não gostam que citem Bahia aqui, mas foi a mesma coisa lá… qdo tiveram a democracia implantada e começaram a enfrentar a imprensa jabazeira, o Bahia comeu o pão que o diabo amassou. Até hoje inventam notícias lá, mesmo eles estando bem. Quando foram campeões agora, o site desse Bocão foi noticiar que o Bahia tava devendo e sem empréstimo aprovado… aí vai o presidente deles e desmente no twitter. É dureza…

    Vamos em frente, Fábio… nossa luta não é à toa e vamos conquistar a confiança de todos com muita luta… não existe vitória sem sacrifício.

    Mais uma vez cito eles… lembrem que passaram 2013, 2014 e 2015 se ajustando e sob muita desconfiança… foi o preço que pagaram pela democracia… até gente de dentro do clube atuava contra… foram rebaixados, amargaram mais um ano na B, perderam título… mas agora se recuperaram e parece que encontraram um caminho. E é isso que temos que fazer… são nossos rivais, mas é o exemplo do nosso lado. Vcs falam em Chapecoense, Botafogo… mas eu prefiro ver aqui do lado como funciona… como a imprensa é suja… como o ser humano interesseiro age contra o próprio clube… temos que amadurecer…

    Força, guerreiros… vamos ter nossa democracia…

    Curtir

  10. Sou apenas torcedor do nosso amado vitoria, queria dizer que temos que ter calma e o inicio de um novo trabalho erros aconteceram e fato, porem, nao devemos destruir tudo que foi feito acho que nosso time ainda va deslanchar nao sei se vamos disputar titulo kkkk acho que o novo treinador vem com vontade de reaperecer no cenario nacional, basta ele mudar algumas peças que nao rendem e colocar alguns que nao tiveram muita chance nosso time ressurge das cinzas vamos cobrar sim mas com responsabilidade nao adiantar quere tumultuar que nao vai levar o mandato e de ivan caindo ou nao para a b esquecam os ex

    Curtir

  11. Fabio
    O Sr. PC faz parte do CD e anda com o seu canal, pelas redes sociais dando munição a essa imprensa.
    O que esse rapaz está fazendo é um absurdo, detalhando contratos, metendo o pau em Ivã, criticando tudo e todos.
    Realmente o tempo não o ensinou. Sujeira pura desse Sr.
    Se ele faz parte do CD, por não discutir e questionar internamente?
    É realmente a briga do poder pelo poder.
    Triste, realmente muito triste

    Curtir

    • Pelo código de ética e pelo estatuto, não seria o caso de expulsar esse cara de novo do conselho? Arrogante e desagregador, que se acha a última bolacha do pacote. Deixou o time na Série C, vestiu a camisa do rival, uma vergonha esse cara.

      Curtir

      • Ultima bolacha do pacote toda quebrada por sinal… A contribuição dele ao clube ficou no passado. Deve ta com raivinha por não ter vencido as eleições.

        Curtir

  12. Gostaria de expor um questão muito séria quanto ao futebol do ECV.
    Prezados, poderiam me responder;
    Quem era o craque do Santos?
    Quem era o craque do Botafogo?
    Quem era o craque de Atl/PR?
    Quem era o craque do Corinthians?
    Quem é o craque da Chapecoense?
    Ora ora minha gente! Vamos parar com essa loucura de, a todo momento que a equipe vai mal, exigirmos contratações.
    O resultado dessa busca insana por CONTRAÇÕES está aí.
    Uma diretoria que contratou para dar satisfação a nós torcedores.
    Precisamos de planejamento, investimento na base e um setor de inteligencia na busca por talentos escondidos. Jogadores operários, profissionais, comprometidos…, com objetivo de crescer junto como equipe. Claro, que demonstre capacidade técnica e obediência tática.
    Lembram de 2004? Adaílton, Xavier, Vinicius…
    Lembram de 1999? Alan Dellon, Rodrigo, Claudio, Moises…
    Lembram de 1993? A. Alves, P Isidoro, Dida, Rodrigo…
    Lembram de 2010? Walace, A Matins, Uelinton, N Coruja…
    Todos esses pincelados com jogadores experientes e o sucesso quase que total.
    O motivo de não se alcançar o ápice, são diversos em suas épocas.
    Temos o exemplo do vizinho. Que grandes jogadores contrataram?
    Investiram muito menos, só que buscam jogadores comprometidos, sem grande expressão que tem o único objetivo, se destacarem como equipe.
    Se não se encaixarem na filosofia, são afastados de alguma forma.
    Enquanto não pararmos de jogar dinheiro fora com esse medalhões e não investir na base e na busca de jogadores em mercados sem destaques, iremos sofrer muito.
    Entra direção, sai direção e nós sofrendo como nunca

    Curtir

    • Perfeito, Ricardo. Infelizmente, o próprio Sinval Vieira criou essa política de desvalorização da base com as contratações inúmeras que fez. Onde que o lateral-esquerdo Padilha, campeão da Copa do Brasil Sub-17, é pior que Géferson, Thalyson ou Euller? Onde que Farinha e Herbert são piores que Renê Santos? Onde que Cedric e Álef são piores que Leandro Salino? Onde que Léo Xavier, que até Tite chamou para treinar com a Seleção Brasileira, é pior que Fred e Alan Costa? Onde que Caíque é pior que Fernando Miguel? Se a própria diretoria não valoriza a base, vai ocorrer o que aconteceu com Carlos Amadeu, com Wesley Carvalho, com Petros, com Hulk e tantos valores nossos, sejam jogadores ou técnicos, que deram adeus e brilham ou brilharam em outros times.

      Curtir

      • Acho que o Gallo deveria dar um “choque” nessa time.
        Lembro que passamos por esse turbilhão(time de futebol) na época em que Lori Sandri, passou por aqui. Ele tirou de cena alguns “medalhões”. Não de uma forma abrupta e sem critérios. Tirou aos poucos, usando a malícia e fazendo ver aos jogadores que, estavam saindo, para apenas preservá-los.
        Conseguimos dar uma respirada no campeonato, na primeira partida dele no comando, ganhamos do Figueirense, de virada la em SC e continuamos na série A. Acho que Gallo pode consegui tirar algo mais de jogadores que não estão tendo chances.
        Chega de Geferson, Salino, C Xavier, Paulinho, Fred, Alan Costa…
        Deixa esses caras curtirem o dinheiro gasto em vão neles. A merda já foi feita!
        Precisamos oxigenar o time.
        Como você mesmo disse, existem jogadores da base que merecem uma chance.
        Alguma coisa tem que ser feita!

        Curtir

      • Na verdade o turbilhão não foi com ele no comendo, ele veio e melhorou o time com essas decisões. PC pagou a multa dele que estava bem no Criciúma. Veio e fez um bom trabalho de recuperação.

        Curtir

  13. Oscar,

    Na verdade, acredito que devemos apoiar o clube qualquer que seja o resultado na série a.

    Até mesmo em caso de queda, se notarmos uma melhoria na política de gestão do futebol, a Diretoria deve ter tranquilidade para seguir com o trabalho.

    A saída de uma diretoria eleita só se justificaria em caso de corrupção.

    Claro, se a torcida perceber que a política será de torrar tudo por nada, certamente, se tornará insustentável.

    Não é o caso.

    Cometeu erros graves e modificou o modo de trabalhar.

    As contratações atuais servirão para tentar tirar o clube do atoleiro ou, na pior das hipóteses, prepará-lo para série b 2018 com uma equipe jovem e estruturada.

    Curtir

    • Sei disso, Robson. Não falo em não apoiar se cair. Falo que não gostaria de outra vez ter que gritar “vamos subir, Nêgo”. Não merecemos outra queda. Merecemos coisa melhor, como uma Sulamericana ou Libertadores.

      Curtir

    • Robson, não é por nada não, mas esse seu comentário brando e resignado não corresponde ao sentimento de, pelo menos, 90% dos torcedores do Vitória. Quando você fala de preparar o time para a serie B de 2018, fica parecendo que você não é Vitória.

      Curtir

  14. Desculpe Fábio.

    Não me expressei direito. Na verdade, a frase teve um sentido totalmente diferente da minha opinião.

    Inoportunas são as insinuações que você estaria protegendo Ivã Almeida.

    Na verdade, você apoiou Ivã Almeida (como eu também) e agora procura fazer uma análise responsável da gestão (valorizando o que tem que ser valorizado e, em alguns momentos, criticando).

    Aliás, no próprio texto eu também deixei claro que tenho ressalvar em relação a algumas críticas e acredito que a administração do futebol terá melhorias a partir da saída dos “entendidos de sempre”.

    Só quis pontuar que concordo com você em mostrar inconformismo com alguns debatedores que fazem insinuações inoportunas em relação à sua pessoa e apoio o que você expressou no texto.

    Não acho que Fábio tem obrigação de apontar os jabazeiros não.

    O que ele fez foi pontuar que muitos críticos tem seus interesses. E tem razão.

    Qto. a Ivã Almeida, espero que a nova estratégia no sentido de modificar a estratégia de contratação tenha melhores resultados.

    Curtir

    • Perfeito, Robson. Até estranhei você, que sempre é um cara sensato, falando que seria “inoportuna” a defesa de Fábio à Chapa Vitória do Torcedor, mas agora você se redimiu e se explicou com louvor.

      Parece que os opositores da atual diretoria não estão conseguindo discernir oposição responsável com a campanha política para a presidência do clube. Isso já passou. As eleições já aconteceram. Tá na hora de baixar as armas. Parece até a questão da Presidência do Brasil, onde Aécio não aceitou a vitória de Dilma e até hoje a gente está vivendo momentos de instabilidade política no país.

      Quem quer o bem do Vitória tem que torcer para que as coisas se ajeitem e não pelo fracasso do grupo que está no poder. Se o time cair para a Série B, serão mais alguns meses de sofrimento desnecessário para nós. Não merecemos isso. Não quero nunca mais ter que ir ao Barradão e ter que gritar: “Ôôôôô, vamos subir, Negô, vamos subir, Negô, vamos subir, Negôooooooooo….”. Não, isso não merecemos.

      Curtir

    • Não é papel de Fábio expor jabazeiros e não foi isso que cobrei, apenas para deixar claro. O clube tem que fazer isso institucionalmente. Falei que ele deveria dar essa sugestão ao CD ou ao Presidente.

      Curtir

  15. É o que venho dizendo. Tá na hora de Ivan reunir os diretores ,ex diretores descontentes, perdedores das eleições e os jabazeiros da imprensa, bater forte na mesa ,dizer para todos quem manda .

    Curtir

    • Verdade, Ubaldo. Outra coisa: falaram rapidamente, há cerca de um mês, que o Jahia havia pedido uma autorização para o conselho deliberativo deles, a fim de pedir um empréstimo de R$ 17 milhões, para tentar chegar ao fim do ano sem déficit. O conselho aprovou e a diretoria executiva da Sardinha foi tentar o empréstimo, mas sem sucesso, pois além de não ter patrimônios para dar garantia, já que o Fazendão e a Cidade Incolor ainda estão no nome da OAS, a Globo se negou a dar o aval para a transação. Detalhe: os R$ 40 milhões que o Esporte Interativo deu de luvas já foi pelo ralo, para o time subir ano passado. Agora falam que o tricoitado de Itinga já demitiu 39 funcionários e 31 atletas da base para ter as contas estáveis. Alguém leu ou ouviu o mesmo estardalhaço por esses fatos? Alguém ouviu Tillemont, Zé Eduardo ou Silva Rocha falarem disso? Alguém viu tal notícia sair no Globo Esporte, Jornal A Tarde ou Correio? O máximo que vi foi uma pequena nota no Tribuna da Bahia.

      Curtir

      • Não quero ficar aqui fazendo comparações com a grama do vizinho, pois se tem uma pessoa que detesta essas comparações sou eu. Mas não tem como notar que a imprensa trata os problemas internos dos clubes de maneira totalmente diferente, superdimensionando nossos problemas e minimizando os problemas dos tricoitados.

        Curtir

      • outro detalhe importante
        a diretoria das sardinhas, não dá entrevistas exclusivas. só da entrevistas coletivas pós jogos, outras entrevistas são dadas no programa de rádio exclusivo deles.
        não tem relação com essa imprensa macabra. essa imprensa vive a todo momento reclamando de treinos fechados e que os jogadores são escolhidos pelo clube, com perguntas programadas, caso contrario não serão respondidas. estão comendo o pão que o diabo amassou la nas bandas de itinga
        antes eles atiravam pro lado tricocô, agora estão atirando por nosso lado, já que aqui estão dando munição a eles.

        Curtir

  16. Considero totalmente inoportuno o comentário de Fábio no sentido de que esta “protegendo” Ivã Almeida.

    Fábio apoio Ivã Almeida e, se tivesse em condição de votar, também o faria em razão da necessidade da mudança do estatuto.

    Agora, é observar os erros e acertos.

    No futebol, os erros foram gritantes e, talvez, o início de remediar a tragédia consista em retirar os “gerentes de futebol” locais que, em verdade, nem gerentes são.

    Pessoalmente, sou contra essa consulta de aprovação do conselho para contratar técnico ou jogador.

    É observar o custo/ benefício, o perfil, a capacidade técnica e assumir a contratação.

    O perfil, considerando a necessidade do clube no momento e em 2018 deve ser um treinador com certa experiência com jogadores jovens.

    A equipe base para o resto do ano ano será

    Fernando Miguel (Caíque)

    Patrick (Caíque) Ramon (Fred) Kanu (Alan Costa) Euller (Thalysson/ Geferson)

    Farias – Correia – Felipe Souto – Renê

    Cleiton Xavier – Gabriel Xavier – (Yago) – (Jemerson) – Cardenas

    Kieza – André – (Rafaelson) – (Neilton) – (David)

    Dos 25, uns 10 tem idade inferior a 24 anos.

    Prefiria Diniz ou Enderson Moreira.

    Ouvir dizer que tentaram Amadeu e troxeram Galo.

    O perfil é parecido, só não sei a capacidade técnica.

    Pena que o projeto da equipe sub 23 tenha arruinado.

    Devemos priorizar a formação (não no nome da famigerada e fracassada) Fábrica de Talentos (mas de fato).

    Observem a reportagem sobre o Ajax de Amsterdã como clube formador em razão do orçamento modesto para padrões europeus.

    http://globoesporte.globo.com/futebol/selecoes/holanda/noticia/2014/07/na-sombra-da-europa-base-da-holanda-sonha-com-vitoria-na-copa.html

    Curtir

    • Inoportuno?? A midia todo dia criando factoides e é inoportuno! Inoportuno é vender mentiras como verdades por interesses escusos nos bastidores. Minha defesa aqui é na Gestão por inteiro, deixei isso bem claro no texto.

      Curtir

    • Fábio, você que agora faz parte do CD e tem aproximação com a chapa, pq não dá a sugestão de se fazer aí o que se fez no rival? Expor o jabá. Fazer uma lista de quem recebe e quanto recebe do clube de maneira indevida. Não estou criticando sua postura ou seu texto, mas acho que isso seria a melhor coisa para acabar com os abutres. Estava conversando com um amigo ele tava me dizendo que todos os jornalistas que entraram na justiça contra o rival perderam e que o programa deles de rádio hoje tem mais audiência no horário que qlq outro.

      Curtir

      • impressinha sem ética alguma, essa daqui.
        fazia o mesmo. um programa de rádio próprio(alias já estão tetando, mesmo com a crítica e o esperneio de de Paulo Carneiro)

        Curtir

      • É uma boa opção! Pra acabar com esse jornalismo safado de uma vez… Se Vitória e jahia se unirem neste sentido, a imprensa vai ter que se curvar a acabar com a falta de ética e profissionalismo!

        Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s