Vitória vence a 3ª partida fora de casa, sai da zona e vira Visitante Indesejado no Brasileirão

O Vitória mostrou que de fato está em busca da redenção neste Campeonato Brasileiro. Após fazer um 1º Turno vexatório, o rubro-negro vem crescendo na competição desde a volta de Vágner Mancini por volta da 16ª rodada e vem se notabilizando por ser um visitante indesejado, chato, ousado e cara de pau, daqueles que entram na casa dos outros abre geladeira, abre a cerveja, muda o canal da tv e se deita no sofá sem cerimônias. Desde a estreia em 0x0 com o Cruzeiro, em que o Leão foi melhor e poderia já ter vencido aquele jogo, o Vitória venceu Flamengo e Corinthians (2×0 e 1×0) e ontem confirmou sua nova face neste Brasileirão ao vencer o Coritiba no Couto Pereira, também por 1×0, através do zagueiro-artilheiro Kanu!

Primeiro Tempo Mas, diferentemente das partidas contra os times da mídia RJ-SP, o Vitória não começou bem a partida. O Coritiba foi muito mais incisivo e perdeu muitas chances de gols. Enquanto pelo lado rubro-negro havia muitos erros de passes e um sistema defensivo que parecia estar disperso. As bolas cruzadas na área que resultaram num gol anulado e numa quase cabeçada de Alecsandro comprovam isso. Não estávamos com a mesma pegada e concentração dos jogos contra Corinthians e Flamengo e por pouco a gente não pagou caro por isso. Tanto é que aos 41 minutos, num erro de Caíque Sá, Rildo avançou até a grande área, fez o cruzamento e a bola tocou no braço de Ramon que veio num carrinho altamente arriscado. Pênalti. Depois de um longo inverno, eis que Fernando Miguel voltou a defender uma penalidade máxima, para a tristeza do cobrador, Rafael Longuine.

Segundo Tempo Somente após o intervalo, o Vitória acordou. David, Neílton e Trellez passaram a ser mais acionados e saíram boas chances a partir deste momento. A melhor delas foi numa arrancada do menino David, calando os cornetas, o camisa 27 passou por dois marcadores e cruzou na área, mas Neílton desperdiçou novamente. Também precisando do resultado positivo, o Coritiba não se deu por vencido e também teve boas chances de gols que paravam ou nas mãos de Fernando Miguel ou na zaga, exceto a cabeçada a queima roupa que tirou tinta da trave!

Quem não faz, toma! Depois de perder umas três grandes oportunidades a máxima do futebol veio à tona novamente. Aos 22 minutos, Rildo errou no passe de cabeça e a bola caiu nos pés de Patric que ajeitou para Ramon soltar o rojão, Wilson espalmou e na sobra, o homem-surpresa Kanu estava lá para estufar as redes. Vitória 1×0. Era a repetição do placar da temporada 2016, com outro protagonista, mas que também esteve presente no jogo dramático do ano anterior.

Depois de tomar o gol, o Coritiba se perdeu em campo, partiu pra cima de forma afobada e seus jogadores começaram a ficar nervosos, tanto é que Márcio e Anderson terminaram expulsos da partida. Este último, por sinal, se envolveu em um lance curioso que culminou na expulsão do rubro-negro Yago. Ambos se agarraram numa disputa de bola e o jogador coxa-branca usou de cotoveladas para tentar se desvencilhar do camisa 77 do Leão.

Enfim, o Vitória ratificou que está ávido para a redenção no campeonato e voltou a vencer três partidas fora de casa depois de 43 anos! E ao contrário daquele ano quando os três triunfos foram em cima de América-RN, Sergipe e Rio Negro-AM, este ano foram triunfos em sequência contra os midiáticos Flamengo e Corinthians e do sempre chato Coritiba. Agora o Leão terá duas semanas de descanso para enfrentar Fluminense e São Paulo. É imperioso vencer estes dois próximos duelos no Barradão, até para reativar a mística de nosso Santuário.

Vitória Sempre!

Anúncios

20 respostas em “Vitória vence a 3ª partida fora de casa, sai da zona e vira Visitante Indesejado no Brasileirão

  1. http://app.globoesporte.globo.com/futebol/publico-no-brasil/

    Observando o ranking das receitas com bilheteria fica evidente que o ECV ainda tem um longo caminho até se tornar um clube competitivo.

    O ECV arrecadou menos do que Payssandu e Remo ?

    Muito menos na verdade.

    Mesmo disputando copa verde / série b (14a colocação) e mandando seus jogos na Curuzu arrecadou 4,5 milhões contra 3 milhões do ECV.

    Como ?

    Igual ao ECV existem a Ponte Preta e o Paraná Clube.

    E como com um rendimento desses se defende a construção de uma arena com custo de 300 milhões ?

    Esperava que o ECV, na condição de clube com intenção de modernizar seu equipamento, se fizesse presente no evento ocorrido na arena da baixada para observar o que tem dado certo e errado nos outros equipamentos.

    http://paysandu.com.br/noticias/3738/presidente-bicolor-troca-experiencias-em-congresso-sobre-estadios-na-arena-da-baixada

    Curtir

  2. Resultado mais que importante!!
    Agora é manter o embalo e o empenho do grupo!! Dá pra notar que o problema era interno e chegou até os jogadores, com ambiente mais leve as coisas aconteceram!
    Duas partidas em casa para se firmar fora da Z4, mas quando mais se espera o Vitória nos surpreende seja positivamente ou negativamente.
    Aproveitar os bons ventos e planejar 2018, desde agora, com calma, sem pressa, evitando os erros passados e com chance maior de acerto, que seja para ficar e não para a Serie B.

    Esperanças renovadas!
    SRN.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Rapaz, Fábio foi longe nos dados históricos.

    “Depois de 43 anos, vencemos três partidas fora.”

    Acho importante o destaque para valorizarmos os pontos conquistados pela equipe atual.

    O campeonato do ECV é jogo a jogo e não acho que expectativas possam ter resultado positivo.

    O ECV precisa alcançar 45 pontos para alcançar o objetivo do segundo semestre.

    Depois, se for possível, tentar somar mais para conquistar uma vaga na sulamericana.

    Jogo regular e resultado espetacular, uma vez que, trouxemos mais um concorrente para briga na zona do rebaixamento.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Na minha cabeça só tem uma coisa: O CRUZEIRO ESTÁ A 6 PONTOS DE DISTÂNCIA DE NÓS!!! Sai da frente que o gigante acordou!!!! VAI PRA CIMA, LEÃO!

    Curtir

  5. O que me deixa triste, embora os resultados anteriores não voltem mais, pois os pontos já foram disputados e não retornam, foram as partidas que deixamos de pontuar por erros de arbitragem ou vacilos individuais de nossos jogadores. Não vou enumerar todos, pois nem lembro de todos, mas só para exemplificar:

    Erros de arbitragem contra: Palmeiras (pênalti inexistente marcado para o Palmeiras; pênalti verdadeiro em Patric não marcado), Cruzeiro (jogador fez pênalti com toque de mão na área e não foi marcado), Chapecoense (pênalti em cima de Yago, também não marcado).

    Erros individuais contra: Fluminense (Thalyson deu o primeiro gol e Alan Costa o segundo), São Paulo (Farias deu o primeiro gol), Chapecoense (Caíque se atrapalhou com Geferson e fez o pênalti que originou o primeiro gol), Avaí (Neilton errou o pênalti e perdeu mais uns 2 ou 3 gols de cara).

    Tem mais, só que não lembro nem vale à pena lembrar agora. Todavia, o que quero deixar claro é que o Vitória já poderia estar no G-6 há muito tempo. Poderíamos ter uns 35, 36 pontos ganhos, mas esses erros individuais e das arbitragens nos custaram caro.

    Vamos em frente, faltam 7 vitórias em 16 jogos para ficar na Série A (primeiro objetivo). Ganhando umas 9 ou 10, já dá para a Sulamericana. Se vencer umas 12 ou 13, já dá para G-6. O importante é manter esse aproveitamento de 72% o segundo turno todo, que coisas boas virão.

    Curtir

    • As vezes essas projeções nem se cumprem viu oscar !

      Tudo depende do pelotão de frente, que se estiver bem demais no campeonato, rouba mais pontos das “zebras” diminuindo a conta para o rebaixamento e aumentando para a classificação da sulamericana.

      O inverso também é possível.

      O Figueira se salvou em 2015 com 43 pontos.
      O Palmeiras se salvou em 2014 com 40 pontos.

      Se fizer 45 e quase que garantido, mas menos que isso e possivel se salvar tb.

      Se o campeão da sulamericana for brasileiro, já tem mais uma vaga hein.

      Tem isso tb.

      Curtir

    • Pois é Oscar os jogadores fizeram corpo mole para derrubar o gestor Pet e o treinador galo, mas quem sofre com isso é o torcedor.

      Curtir

  6. Arrancada incrível do Leão!!!
    Bora Vitoriaaaaa!!!
    Se mantiver a pegada vamos em busca de Sulamericana… quem sabe até Libertadores. Estamos a 6 pontos do g6.

    Parabéns a Mancini e o empenho de todos os jogadores!!

    Curtir

  7. A cada brocança do Leão a turma de oportunistas do quanto pior melhor vai perdendo espaço.

    A cada gol do Leão uma pá de terra na cova dos velhos que se vendem como novos.

    Agora são 02 partidas em casa para chegarmos onde a pouco tempo era impensável.

    Estou com um problema: não sei o que fazer diante de tanto tempo sem ter jogo do Leão. PQP!

    O jeito vai ser ir pro Barraquistão ver os treinos.

    SRND!

    Curtir

  8. No final do primeiro tempo eu dizia que foi horrível e que torcia pra que o time melhorasse e um gol salvador acontecesse. O time continuou jogando mal, apesar da leve melhora, mas o gol veio! É isso que importa, saímos da zona, BORA VITÓRIA!

    Curtir

    • Com certeza nao foi mesmo Vitória que ganhou os dois jogos anteriores fora, mas nem de longe lembra aquele time covarde e medroso quando jogava fora do Barradão. E que o mais valeu foi os 3 pts e a saída do Z-4.

      Curtir

  9. Fábio bom dia. Gosto muito dos seus comentários. Se voce atentar para o novo futebol sem espaços e sem tempo para improvisações, observe que há uma saída. O jogo mecanizado obriga aos jogadores se fixarem na bola. Vemos os jogadores se jogando em cima da direção da bola e impedindo a sua trajetória. Os grandes jogadores resolvem isto com mudanças de direção (veja que o Messi dribla muito fazendo zig-zag nas jogadas dos dribles) ou então como o uso das duas pernas (ex: Neymar e Cristiano Ronaldo). Quando o marcador , com o olho fixo na bola olha o pé direito do Neymar, este o dribla, com o uso do pé esquerdo. A bola passa de um pé para o outro com rapidez (em frações de segundos, há a surpresa, pois o defensor fica atônito em milésimos de segundos- não sabe qual pé do adversário que ele marca) e aí Neymar e outros grandes jogadores levam vantagem. Repare isso nas repetições dos gols (eles estão ocorrendo devido ao inesperado da mudança na trajetória da bola. A bola quando vai na trajetória esperada fatalmente é cortada , pois hoje existem muito vigor e treinamento para isso). A mesma coisa acontece nos passes: se os jogadores usassem os dois pés para dar o passe fatalmente dificultaria em muito o trabalho do defensor. Não compreendo como os jogadores não treinam para serem ambidestros (Usam 50% das pernas e pés existentes no corpo, para um esporte jogado com os pès). Reflita sobre isso (Veja nos videos tapes como seria diferente determinadas jogadas se o atleta tivesse usado o outro pe). Deivid e Neílton estão muito previsveis na hora da finalização. Vamos que vamos Leão

    Curtido por 1 pessoa

    • Para fazer isso precisaríamos ter jogadores fora de série, e esse não o caso da composição do nosso elenco. São aguerridos, sem exceção, mas limitados tecnicamente.

      Curtir

      • Poderíamos na base formar esse tipo de jogador.
        Formar talentos cuidando das categorias desde o infantil. Crianças a partir de 8 anos deveriam ser garimpadas nas peneiras, insentivadas ao improviso, e a partir dos doze anos serem treinadas taticamente.

        Seria um projeto ousado e q daria frutos em cerca de 10 anos.

        Reparem que a muito tempo não revelamos atacantes de qualidade, meias abilidosos!

        Só revelamos zagueiros…

        Curtir

      • Vitoriano de Sergipe, David e Elkesson foram revelados em nossa base e são atacantes. Mas concordo que temos revelado mais zagueiros e volantes de qualidade que atacantes.

        Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s