Triste Vitória!

É meus amigos, não adianta a torcida ir para o Barradão, fazer o seu papel de apoiar e vaiar apenas em alguns lances esporádicos e, principalmente, após aos términos das partidas. O Vitória edição 2017 não gosta de seu torcedor e parece que está empenhado em voltar para a Série B. O jogo contra um dos piores times do São Paulo foi um grande golpe a minha autoconfiança de torcedor rubro-negro e creio que para muitos também. O Tricolor Paulista dominou grande parte do jogo, sobretudo no meio de campo, quando sabíamos na véspera que o São Paulo iria no esquema 4-1-4-1 que oscilava para o 4-5-1 a depender da posse de bola. Eles povoaram o meio de campo e Mancini foi no 4-3-3 com um lateral direito improvisado na esquerda e Kieza no lugar de David, que se não é muito presente e incisivo no ataque, é muito útil na recomposição do meio de campo pelo lado esquerdo. Mancini fez duas cagadas numa só, enfraqueceu completamente o lado esquerdo e botou Kieza, vindo de lesão, como extremo esquerdo. Vá ser burro assim, na casa do capiroto.

O resultado vimos e sentimos. O São Paulo nos venceu por 2×1, sem sofrer grandes sustos, exceto pela fumacinha que Neílton e Patric colocaram no começo daquele segundo tempo quando ambos perderam excelentes chances de gol, além do chutaço na trave de Uillian Correia em cobrança de falta (no primeiro tempo). Só fizemos o gol “engana-besta” já nos acréscimos mas no bufo-bufo e desespero do que por consciência da bola trabalhada. Somente com 2×0 contra, Pirracini resolveu “consertar” o buraco do meio de campo colocando Cleiton Xavier e Carlos Eduardo, jogadores de cadenciamento, num momento em que precisávamos de velocidade e jogadas de imprevisibilidade técnica, como dribles desconcertantes e passes rasga-defesas e sabemos que estes dois não possuem tais características.

Na verdade, sabendo que não tinha um lateral esquerdo confiável qual seria a de Mancini? Na minha opinião ele tinha duas opções: (1) Colocava o time no 3-5-2 com Ramon, Wallace e Kanu na zaga; Uillian Correia, Fillipe Soutto e Yago no meio, com Caíque Sá e David como alas; Neílton e Tréllez no ataque. (2) Colocava Fillipe Souto na lateral esquerda para jogar até a linha do meio de campo e com David fazendo o corredor esquerdo e voltando para proteger Soutto. Ele escolheu a pior de todas e ainda tirou um cara da base, de 21 anos, que tem força física e velocidade para apoiar e marcar para colocar um centroavante vindo de lesão para atuar como extremo esquerdo. Me bata um abacate com leite e açúcar Mancini. Por isso eu nunca confio 100% em você. Nunca aprende, quando aparenta ter evoluído vem com essas pardalices inexplicáveis.

Enfim, agora enfrentaremos o Atlético Mineiro no Independência neste domingo e nada de achar que esta “mística” dos jogos fora de casa é eterna. Sinceramente eu acho que esta “lenda” termina nestes dois próximos jogos contra o Galo e Botafogo. Claro que, pelo momento do time mineiro, é até “visualizável” um triunfo em cima deles. O Galo está muito mal na competição, tem um elenco muito interessante, mas os resultados não estão vindo a contento. Agora, diante do Botafogo eu duvido muito o rubro-negro se dar bem lá. Por mais que tenha um time “comum”, aparentemente, o Botafogo está muito bem encaixado com Jair Ventura. E como disse, não é porque ganhamos Flamengo, Corinthians e Coritiba fora que venceremos todo e qualquer jogo como visitante, a partir desses resultados importantes.

O preocupante é que acho que esta “fase áurea” e inédita de vencer sucessivos jogos como visitante está perto de acabar à medida que seguimos um lixo como mandantes, tendo a pior campanha na história do clube na Série A. E aí, quem vai nos salvar quando voltarmos à normalidade histórica como visitante?

Triste Vitória!

Anúncios

17 respostas em “Triste Vitória!

  1. Concordo com o comentário de Cardoso.

    Mancini comete erros, mas tem mais acertos que erros desde seu retorno.

    O “grandes culpados” pelo futebol horroroso desse elenco contratado a “peso de ouro” é de Sinval Vieira e Jorge Sampaio.

    Para não dizer de Argel e da pataguada de Petckovic treinador ….

    Iniciaram o ano com o mantra preferido da torcida do Vitória: “vamos tentar conquistar a copa do brasil”.

    Aí, trouxe um caminhão de velhos a “peso de ouro” para arruinar as finanças do clube e não produzir nada.

    Observem Cleiton Xavier (o midas de 13 milhões de reais).

    Trellez tem se confirmado como um dos destaques do ECV em 2017.

    Tem mais 14 rodadas e o ECV precisa de 16 pontos.

    São 5 v e 1 e.

    Difícil, mas tem mais é que lutar e ver no que vai dar.

    Curtido por 3 pessoas

  2. E outra, temos que começar a valorizar os empates quando “não for possível” ganhar.

    O Vitória “nunca pode tentar ganhar”. Isto significa, botar a bola no chão e tentar jogar, e o time nem meio campo tem rapaz. Neílton e nosso projeto de meia e nós sabemos que ele não é isto.

    Contra os bambis mesmo, se tivéssemos pelo menos empatado o jogo estaríamos com 30 pontos colado no itinga na frente do sport e avai já e o são paulo em penúltimo com 26 pontos.

    Não podemos perder para nossos concorrentes !

    Curtir

  3. O problema é que jogamos em casa querendo sempre os tres pontos, partindo pra cima e propondo o jogo.

    O Vitória tem que fazer de conta que esta jogando fora de casa e deixar o adversário vir.

    Dar campo e espaço relativo ao adversário jogando em casa.

    Curtido por 1 pessoa

    • Eu até acho que seria melhor assim, mas as vaias da torcida seria do começo ao final, não iriam aceitar o time jogando na defensiva dentro do Barradão mesmo sabendo da limitação do elenco.

      srns

      Curtir

  4. Quem tem menos culpa pela situação do Vitória é Mancini. Aliás, ele tem muitos méritos em fazer um elenco muito fraco jogar futebol.
    Em casa não vem jogando bem exatamente pelo fato de não ter qualidade para propor o jogo, não tem um 10. Ou melhor, não tem várias coisas, inclusive torcida.
    Fora de casa ganhamos partidas pelo bom esquema montado pelo treinador. Reconhecendo suas limitações e jogando no contra-ataque.
    Será um milagre se Mancini conseguir fazer esse time não cair. Afinal, não faz muito tempo para esquecer como essa merda de time, montado por uma merda de diretoria, jogava. Aquilo não era futebol! Estava mais para futebó…

    Curtido por 2 pessoas

    • Parabéns pelo comentário,Cardoso! Concordo em 100% e como dá para se ver, o time joga bem fora de casa por causa do “esquema tático” montado e não pelas carniças colocadas. É que neste blog, existe uma tremenda má vontade com o cara. Ele ontem mostrou claramente nas entrevistas o porque da seleção montada por sinval futibó, jorginho baleia sampaio e ivanhoé, está nesta situação.
      SRN

      Curtir

  5. É. Mais uma vez estamos em um daqueles momentos.

    Desânimo generalizado na torcida do Leão.

    O que isso quer dizer?

    Brocaremos! Tomara….

    SRND.

    Curtir

  6. Pirracini foi boa.

    Cometeu erros lamentáveis durante a partida.

    Kanu cometeu o erro infantil (que na autoria de um velho é ainda mais ridículo) de estimular os adversários.

    Cleiton Xavier foi uma lição para torcida e diretoria do ECV.

    O maior custo do elenco para um futebol tétrico.

    Espero que a lição sirva para os próximos 10 anos.

    O retorno de Kieza sem nenhum ritmo foi um erro.

    Depois dizem que a torcida é consciente porque xinga David.

    É cada uma.

    Com toda a limitação, David tem sido um dos principais atletas deste temporada lamentável.

    Vejam como Erick salvará as finanças do Náutico em 2017 e possibilitará inclusive a modernização dos Aflitos.

    Base é base.

    E o caso Edinho Nazaré (como um agiota vai receber uma fortuna do nosso clube).

    E ainda defendem o retorno do autor do empréstimo cabuloso ?

    Curtir

  7. É Fábio! Pirracini, desta vez quis entregar de bandeja o jogo para o São Paulo. Hoje o esquema do Vitória, com o elenco que tem, não pode jogar aberto. Tem que ir no 3-5-2 toda vida, mudando apenas as peças para ou dar velocidade ou cadência a depender da situação.

    Seus comentários estão perfeitos. A Acrescentar apenas que Iago foi um achado, encaixou bem no time. Infelizmente Patric destoa na lateral, mas pode ir, vez por outra, no meio de campo, jogando mais atrás, porque é péssimo na finalização e não tem visão periférica de jogo.

    Que Deus nos acuda, porque não há mais a quem recorrer.

    Curtir

  8. Como esse foi o primeiro erro de Mancini como treinador, ele ainda tem muito respaldo. Ele foi o grande responsável por praticamente tirar o time do cemitério (faltando apenas a pá de cal para enterrar rumo a série B) e colocar na UTI. Acredito que esse episódio serviu de lição para ele. O time é esse aí (David, Neilton, Trellez. Não pode mexer nesse trio aí). Kieza atualmente é reserva de Trellez e Carlos Eduardo considero boa opção para colocar durante os jogos, ou em jogos que favoreçam o estilo dele (cadenciado, de bom passe, jogando próximo aos atacantes). Para o estilo de jogo proposto do Vitória (contra ataque em velocidade) o jogo dele não combina com o esquema tático. Isso é apenas a ponta do iceberg. Fora as carniças que estão aí. Como não temos opções, infelizmente deveremos utilizar esses jogadores chupa cabra.

    Curtir

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s