A torcida precisa rever seus conceitos sobre a Política de Contratações e jogadores da Base

Elenco campeão Baiano e do Nordeste de 1997, que contava com Bebeto, ídolo nacional campeão da Copa de 94.

Acredito que 80% da torcida do Vitória, principalmente a turma que vivenciou o auge da Administração Paulo Carneiro, entre 1997 e 2004, ficou mal acostumada e quer sempre ter jogadores de prestígio nacional e internacional no elenco. Outra parte não gosta dos chamados medalhões e prefere os jogadores “operários”, jovens e com vontade de crescer na carreira através de equipes menores e de médio porte.

A situação de dilapidação financeira e pródiga de Ivã de Almeida e Sinval Vieira está forçando Ricardo David a acelerar com seu projeto de “refundação” dos conceitos de política de contratação e de utilização de jogadores oriundos das divisões de base no Elenco Principal. A gente percebe isso na quantidade de jovens que estão incorporados ao elenco que começa a temporada 2018 e de duas contratações que nada lembram as de Bebeto, Túlio, Petkovic, Aristizábal, Edílson e Vampeta, num passado já não tão recente assim.

Nos últimos 10 anos, um dos traços da torcida rubro-negra é exagerar violentamente na cobrança de jogadores vindos da base, mesmo que tenham 18 anos, mesmo que tenham 20 ou 21 e estejam em seu primeiro ano de profissional. E isso tem que parar. Já não dá mais pra viver assim. O reflexo disso é que quando os jovens jogadores se destacam e surgem a chance de sair, eles não hesitam e como um desabafo ou provocação, sempre falam que estão saindo para um “time grande”. O Vitória já é grande, tem torcida grande, tem infraestrutura de grande, tem títulos nacionais e internacionais em sua base e campanhas memoráveis nos Profissionais. Só lembro que somos o último nordestino que disputou uma final de Copa do Brasil (2010) e de um Brasileiro (1993), além de sermos o nordestino de melhor pontuação e classificação no modelo de pontos corridos (59 pontos, 5º lugar). Chegando os títulos nacionais, eles só irão referendar com chave de ouro a nossa grandeza.

Ontem vimos o menino Luan, 18 anos, destruir na abertura do Grupo 15 da Copa SP, quando fez 3 gols, sendo o último uma pintura que lembrou Alex Alves contra o Corinthians em 1993, na Fonte Nova, e até mesmo aquele gol antológico de Maradona na Copa do Mundo de 1986. Além de Luan, o atual time que está disputando a Copa SP está cheia de futuras joias e que alguns deles subirão aos profissionais, junto com Luan, de acordo com Mancini e Damiani. Quero ver as outras partidas, mas a julgar por ontem, parece que estamos com uma safra capaz de repetir a campanha da copinha de 92 quando fomos terceiro lugar e de onde participaram Dida, Alex Alves e Paulo Isidoro, dentre outros que brilharam no ano seguinte na campanha do vice-campeonato profissional

Um time que ultimamente vem lançando meninos a rodo dentre os profissionais desde o começo do ano e vem colhendo os frutos é o Santos, que desde a geração Neymar, não hesita em dar 6 a 8 peças do time principal aos meninos vindo de sua base. Com o fluxo de caixa comprometido, o Vitória volta a apostar maciçamente em sua base e precisa que a torcida compre esta ideia, dando apoio, carinho e tendo paciência com o desenvolvimento dos jovens atletas no elenco principal.

Jogadores como Léo Xavier (zagueiro), Luan (meia), Farinha e Hebert (volantes), Cedric e Wellison (laterais), além de Nickson (que está retornando do empréstimo ao Cruzeiro) estarão à disposição dos profissionais após a Copa SP e tendem a ter suas chances no Campeonato Baiano e Nordestão, que são competições excelentes para os novatos terem suas primeiras chances, sequências e natural aumento de confiança e desenvolvimento jogo-a-jogo. O Santos faz isso durante o Paulistão que é muito mais duro que o nosso estadual e tá colhendo os frutos com esta medida.

O novo presidente Ricardo David pretende sim trazer reforços para o clube, mas não mais em forma de pacotão e tirando a chance de meninos da base. A tendência daqui pra frente é fazer o uso da tecnologia de scouts nos treinos e do uso correto e permanente do Centro de Inteligência, que reúne software de análise de desempenho de atletas, com olheiros e acompanhamento da vida extracampo dos jogadores prospectados.

O processo de uso de tecnologias, scouts e análise de desempenho para contratações é lento, trabalhoso e que pode sim não se mostrar vencedor de primeira. Por isso, a torcida precisa rever seus conceitos e esquecer cada vez mais os anos 90 e início dos anos 2000. Este modelo está superado e já demonstrou que não é sinônimo de conquistas nacionais, afinal mesmo com Bebeto, Aristizábal, Edilson e Vampeta continuamos a ganhar títulos baianos e nordestinos e fazermos brasileirões meeiros. Curiosamente, as melhores campanhas do Vitória a nível nacional foi com um número maior de jogadores vindos da base e de outros outsiders, isto é, jogadores não famosos, mas que foram úteis demais aos elencos. Vamos recordar: 1993, a geração Cara-Pintada, cheio de moleques da base, mas que tinham como experientes Pichetti, Roberto Cavalo, Claudinho, João Marcelo e Renato Martins. Nenhum medalhão.

Vamos para 1999, quando fomos 4º colocado do Brasileirão: Fabio Costa, Leandrinho, Cláudio, Fernando, tudo sub21, com Tuta, Artur, Otacílio e Baiano como mais experientes, nenhum famosão. E o elenco das Copas do Brasil de 2004 e 2010? Não vimos o mesmo tipo de elenco? A exceção fica por conta Edílson e Vampeta, em 2004, e de Ramon Menezes em 2010, que já eram jogadores consagrados nacionalmente. Então tá mais do que na hora da gente rever este conceito de ter bajulação/paciência gigante com jogadores do tipo medalhão e ter uma crítica exageradamente e até com tons de ira e forte repulsa com os meninos da base. Este será o grande trunfo para o primeiro título nacional chegar.

VITÓRIA SEMPRE!

110 respostas em “A torcida precisa rever seus conceitos sobre a Política de Contratações e jogadores da Base

  1. Eu não acho que só precisamos de 4 jogadores não.

    Eu acho que a política de contratação, até o momento, foi positiva.

    Infelizmente, perdemos a concorrência de Renatinho para o Botafogo.

    Sou contra é trazer mais uns 15 contratações no início da temporada e dizer que vai lutar pela Copa do Brasil com salários astronômicos e uma bolinha mijuruca.

    Nickson – Cedric – Flávio – Luan – Bruno Bispo – Eron devem, necessariamente, serem testados nos meses de janeiro – fevereiro – março.

    Se não for assim, qdo. esses jogadores terão chance ?

    No final de março, analisando as novas contratações e os jogadores da base tentar contratações eficientes para as finais do regional e estadual.

    Depois das finais do estadual e regional, observar o mercado e verificar se tem condição de contratar mais alguém.

    Em minha opinião, hoje, esse time é superior ao que acabou a temporada passada.

    Curtir

  2. Como que pode estipular o passe de Yan em um milhão de reais, é muita falta de profissionalismo Sinval foi muito amador, quem perdeu foi o vitoria. a mesma coisa fez Raimundo Viana com Geovane e Ruan cafe.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Bom dia NRN! Rapaz! Estou preocupado com a imagem do nosso Esporte clube Vitória nos torneios a disputar no ano de 2018. Está havendo um complô para dificultar a imagem do vitória na mídia nacional. Eu observei que os meios comunicação (SporTV,Gazeta esportiva, Fox Sport e outros) na copa São Paulo juniores 2018 estão menosprezando o nosso clube, pois nem citam e nem mostram os gols. Quando falam, é de rápida citação. Já na copa Nordeste a tv cidade verde também está na mesma intenção. E o pior é que o nome é jogos dos sardinhas circulam com mais frequência. Aposto que é obra da imprensa tricolor ida que que menosprezar a nossa marca é aproveita do meio de comunicação deles. É de meter raiva em qualquer um.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Oscar, quando vc diz que os fatos e argumentos que vc tem pra me apresentar são o fato desses jogadores terem vindo de clubes de série A e me pede que eu também venha com argumentos, me fez pesquisar algumas notícias das saídas desses jogadores de seus clubes para virem jogar no ECV e além do conteúdo das notícias eu fiz questão de ver também os comentários dos torcedores desses times de série A e o que eu vi foi exatamente o que eu falei aqui antes em relação a esses jogadores, não é porque estão vindo de clubes de série A que eles são jogadores de série A, a menos que eles me provem o contrário com um bom futebol,( e aí não vale campeonato baiano e partidas de alguns times do nordestão como esse Globo, que não tem sequer um jogador conhecido,e Vitória, bahia e Ceará , que se reforçou e na minha opinião são os únicos três times candidatos a título esse ano que vão deitar e rolar nesses pequenos), eu não acho realmente que Lucas, Bryan e Denilson sejam jogadores de série A e eu vi também que é a opinião de muitos torcedores dos clubes de onde vieram, caso do lucas (veja alguns comentários de torcedores do Fluminense em relação a Lucas no site do LANCE).
    ***Braz José Freitas • 9 dias atrás
    UFA!! ESSE JA FOI TARDE!! POBRE VITORIA.
    ***Elias Machado • 9 dias atrás
    Graças à Deus ! Jogador medíocre, ele e o outro lateral, o Marlon. Estava torcendo para o Fluminense não comprar Marlon, na pior das hipóteses, renovar o empréstimo, algo que aconteceu. Quanto à Lucas, vá com Deus e não volte nunca mais.
    Desculpa mas não vi um só torcedor sentindo falta desses jogadores,só vi criticas muito duras e desejos de que nunca mais voltem, isso também são fatos e argumentos, além de ser minha visão a respeito desses jogadores que, repito, vou torcer muito para que eles arrebentem aqui e joguem como nunca, mas a contar pelo histórico não vejo assim.
    O alerta que estou fazendo é corajoso porque a bola não rolou ainda e caso os jogadores deslanchem vai chover canivete no meu telhado,rsrsrs e eu estou preparado pra dar a mão a palmatória como falei antes,mas também não esperem de mim que, caso eu esteja certo, venha aqui tripudiar dos que apoiaram Oscar nos argumentos dele, pois estamos aqui para ver o melhor para nosso time, a discussão é exatamente em cima disso, são visões e opiniões diferentes com o mesmo objetivo de ver o crescimento do ECV, não estou praguejando ou desejando o mal, torço por Ricardo na presidência, pelos jogadores e comissão técnica, apenas tenho a preocupação pelo fato de termos passado por um fio nas duas últimas edições do brasileirão e não estou disposto a rever essas situações novamente. SRN

    Curtir

    • Parabéns pela sua postura. Comentário honesto e respeitoso.
      O futebol tem coisas que muitas vezes nos surpreende. Imagino que Mancini deu o aval para a contratação desses jogadores.
      Vamos aguardar mais um pouco e torcer.

      Curtir

    • Respeito seus argumentos, Roberto, apesar de não concordar com eles. Você disse que eram contratações de Série B. Não são e a origem dos jogadores prova o contrário do que afirmou. Quanto a críticas de torcida, todas fazem isso. Elkesson saiu do Vitória quase execrado, e é um excelente jogador. Farias e Marinho vieram do Cruzeiro criticados pela torcida. Aqui viraram ídolos. Yago veio do Figueira, da Série B, mas joga muito. Se o Vitória ganhasse a concorrência com o Botafogo e trouxesse Renatinho seria uma ótima contratação, mas de Série B. O tempo mostrará quem tem razão. Abraço!

      Curtido por 1 pessoa

  5. Acabei de assistir ao jogo.
    Time do Primavera jogando em casa, com a torcida empurrando, time muito nojento.

    Esse Flávio joga demais!!! PQP!!! Melhor jogador hoje disparado.
    Eu o achei melhor que David, inclusive.
    Herbert também dominou o meio-campo.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Pessoalmente, concordo com Oscar.

    Clube mediano tem que conservar a base do ano anterior (selecionando os melhores atletas) e partir para contratações pontuais que possam somar qualidade ao elenco.

    O ECV perdeu David e conseguiu se livrar de vários jogadores de pouco retorno em campo (o que é positivo).

    Manteve a esmagadora maioria dos jogadores que renderam bem em 2017 com proposta econômica viável para o clube (o que é importante para instituição e positivo).

    Tem sido obrigado a engolir alguns atletas por força de contrato (o que não é culpa da atual diretoria).

    Fez 4 contratações regulares para compor o elenco (no meu entendimento, positivas).

    Além disso, no primeiro semestre, o clube tem que lançar sua base e, no final de março, avaliar quem tem condição de disputar as finais do regional e estadual e partir para mais umas duas contratações pontuais para as finais do primeiro semestre (temos, no mínimo, 8 jogadores que tem que testados com alguma regularidade nos dois/ três primeiros meses da temporada).

    Depois, analisar se ainda tem necessidade de mais alguma contratação viável para o Brasileiro.

    Pessoalmente, acho Eto´o uma “barca furada”.

    Jogador com 36 anos e sem nenhuma identidade com o clube.

    Vai chegar com um salário astronômico (mais de 400 mil) e uma bolinha pequeninha.

    Não joga, hoje, 50% de Trellez.

    É uma bolinha equivalente a Kieza com grife de primeiro mundo.

    Recordem-se das “grifes de Sinval Vieira” como Dátolo/ Xavier e Pisiculichi.

    Veterano só por um ano, com salário mediano (ou por produtividade).

    O resto é problema. Espero que, após 2017, tenhamos apreendido a lição.

    Gostaria de vê-lo no Bahia.

    Curtido por 3 pessoas

    • Sinceramente … vocês viajam…

      O time do vitoria em 2017 foi pior que 2016 (é bem mais caro!)..e até agora (é cedo)… esse de 2018 e pior que 17../

      Então como falar que só precisamos de quarto jogadores ….

      Curtir

      • O time precisa de um armador, para quando jogar em casa criar as jogadas e até agora nada. O time de 2017 realmente precisava e precisa de reforços já que ficou a mesma base só que sem os reservas. Denilson e Neilton não tem reservas, já que Eron, Kieza, André Lima e Trellez são centroavantes e Nickson, Jhemerson, Yago e Luan são meias que jogam abertos.

        Curtir

  7. Gente, Roberto Costa disse que vamos começar o ano com a base fracassada de 2017 e estamos realizando contratações de Série B. Tenho que contestar baseado em fatos e argumentos, e espero uma resposta também com fatos e argumentos.

    Desculpe-me, Roberto Costa, mas Lucas é contratação de Série B? Um cara que só jogou em time grande: Botafogo, Fluminense, Palmeiras e Cruzeiro. Isso é jogador de Série B? Jogou 32 de 38 jogos do Fluminense na Série A. Bryan vem do Cruzeiro, também Série A. Denílson vem do São Paulo, também Série A. Lucas Marques vem da Chape, que todo mundo idolatra, e também é da Série A. Aponta aí qual é a contratação de Série B, meu amigo.

    Outra coisa: essa base que você disse ser fracassada, teve desempenho de G6 após a chegada de Mancini. Com os mesmos jogadores de Gallo, acrescentando apenas Trellez, o time jogou muito, principalmente fora de casa, e se manteve na Série A. A base fracassada já vendeu David para o Cruzeiro por cerca de R$ 10 milhões. Botafogo e Vasco querem Kieza. Corinthians, São Paulo e Santos querem Trellez. Goiás quis e levou Caique Sá. Patric voltou para o Galo e será aproveitado. Até o pereba Geferson foi jogar no CSKA Romênia. André Lima, mesmo acima do peso, foi artilheiro do Vitória no ano com 17 gols.

    Lógico que Sinval e Companhia contrataram muitos bondes e quase todos já vazaram. Mas os que ficaram aí, como André Laranjeira falou, são os melhores e dão uma espinha dorsal ao time. Quem assiste aos jogos da Copinha, percebe que Cedric, Wellison, Hebert, Farinha, Luan, Flávio e Eron estão prontos para subir aos profissionais. Que eles, entrando no decorrer dos jogos, poderão ser excelentes reforços para o time.

    Então, meu amigo, vamos procurar pensar positivo e acreditar na diretoria que mal chegou no clube. Mais paciência, menos afobação. Ou você prefere outros Dátolos bichados e Paulinhos indolentes no time? Eram de Série A, mas deu no que deu.

    Saudações Rubro-Negras!

    Curtido por 6 pessoas

    • Boa Oscar , comentário lucido e coerente, esses jogadores com Mancini conseguiram fazer 31 pontos no segundo turno. Então na minha humilde opinião a Diretoria acerto em manter os jogadores que se destacarão para assim termos uma espinha dorsal no inicio do ano .

      Curtido por 1 pessoa

      • Pois é, até parece que o futebol brasileiro está cheio de estrelas… muito pelo contrário, os times são todos medianos pra bom e mais nada.

        Se o Vitória encaixar uma forma de jogo consistente e com regularidade não vamos passar o que passamos ano passado, principalmente na questão defensiva.

        futebol brasileiro é pobre e todo jogador com qualquer destaque aqui logo vai jogar na Europa.

        Vitória hoje venceu o primavera na copinha e se classificou para as oitavas.

        srns

        Curtir

    • Amigo Oscar, humildemente eu aceito os seus argumentos,são todos válidos com fatos e números mas jogar em times de série A não significa ser bom jogador, os grandes times estão cheios de refugos também, assim como tem times pequenos com bons jogadores, quando eu falei fracassada a base de 2017, eu me referi ao rendimento que em minha opinião não foi bom independente da melhora com Mancini, eu não vou ficar satisfeito apenas porque conseguimos vender jogadores com valores altos, sendo que o time foi fraco todo o ano. Eu acho um fracasso sim o ano de 2017 mas quem ficou satisfeito eu respeito, eu quero muito mais que um campeonato baiano com as calças na mão , quero muito mais que vender jogador caro, eu quero muito mais que se manter na série A a um fio da segundona,eu estou insatisfeito porque não vejo crescimento, qualquer torcedor de um grande time estaria preocupado a essa altura, se nós nos consideramos grandes temos que pensar grande, eu espero que vc e todos estejam realmente certos e eu pedirei desculpas aqui por analisar de forma errada a situação atual caso eu esteja errado, vou torcer como sempre fiz para que tudo dê certo, é lógico que quero ver meu time sempre vencedor, não quero esperar o fim do ano pra ficar me lamentando. SRN.

      Curtir

      • Você não vai precisar pedir desculpas não chará, afinal é uma questão de opinião e eu concordo com a visão de Oscar, ano passado trouxemos uma barca cheia de nome e vimos no que deu.

        Acredito que esse ano será diferente, precisamos de jogadores comprometidos e que queira jogar para o grupo.

        srns

        Curtir

      • Roberto Morais, o time do ano passado no início do ano, foi unanimidade de dez em cada dez torcedores do Vitória, o fato de ter dado errado com Dátolo, Piscu,,Cleiton.Xavier e os outros, naquele momento, aprovados por nós, acontece com qualquer time do mundo, eu lembro que o Flamengo uma vez conseguiu juntar em seu time, Sávio (um dos melhores jogadores do Brasil na época),Romário (eleito o melhor jogador do mundo no ano) e Edmundo (campeão brasileiro no ano anterior e melhor jogador do Brasil no ano), além de outras estrelas , eram chamados de ataque dos sonhos e não ganharam nada, foi um verdadeiro fiasco, nós podemos fazer um comparativo com o Vitória de 2017 com as devidas proporções, mas vi muita gente aqui dizendo que ia ganhar tudo, inclusive copa do Brasil, tamanha era a confiança nas contratações de Sinval, todos jogadores experientes e vencedores por onde passaram, mas não deram certo aqui, oque estou querendo dizer é que hoje as contratações não geram nenhuma expectativa de sucesso para o torcedor, eu não estou vendo um jogador em que o adversário olhe e diga,” Com esse cara a gente tem que se preocupar”, não estou falando de campeonato baiano, onde não temos adversários além do clássico, bavi, mas sim do Brasileirão, que é minha preocupação, eu espero sim que esses caras se superem e queimem minha língua e joguem a bola que nunca jogaram antes, porque em nenhum dos times onde eles passaram eu os vi fazendo a diferença, apesar de, alguns deles serem titulares em boa parte do campeonato, Lucas encabeçou a lista de dispensa do Fluminense,Bryan fez 14 jogos pelo Cruzeiro no ano e foi criticado por Mano Menezes por não ter intimidade com a bola, onde na oportunidade brincou dizendo que deu uma bola de presente pra ele dormir abraçado com ela pra ver se pegavam intimidade,Lucas Marques foi promessa no Inter e no final do contrato nem foi procurado pra renovar e acertou com a Chape. Podem dar certo aqui no ECV? pode sim, mas a avaliação de ser contratado só porque jogou em time grande de série A não me convence, com todo respeito ao argumento de Oscar, mas pra mim as avaliações para contratação de jogador tem que ser feitas em cima de desempenho e não número de partidas.
        https://www.odia.com.br/esporte/fluminense/2017-11-29/lucas-deve-comandar-barca-de-dispensados-do-fluminense.html
        https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2017/11/18/noticia_cruzeiro,442153/em-fim-de-temporada-bryan-tera-chance-de-mostrar-servico-no-cruzeiro.shtml
        https://gauchazh.clicrbs.com.br/esportes/noticia/2017/01/promessa-do-inter-acerta-com-a-chapecoense-nao-me-procuraram-para-renovar-cj5wjwj5s1tosxbj0m26so0ow.html

        Curtir

      • Roberto Costa, isso que você falou tem até sentido… Mas nos diga, por favor, onde fica o botão pra apertar e acontecer tudo isso automaticamente?

        A questão, meu amigo, é que NADA acontece da noite pra o dia… Mundico deixou o Vitória com as contas ótimas e Ivã e Sinval acabaram com o dinheiro que Mundico deixou e da venda de Marinho… Agora o Vitória voltou uns 3 anos no tempo e tem que segurar a onda nas contratações… Todos queríamos que o Vitória montasse um time com jogadores consagrados, mas hoje, simplesmente, não dá!

        Além do que, os melhores desempenhos do Vitória em campeonatos nacionais ocorreram quando os MENINOS da base tiveram espaço pra jogar e mostrar seu futebol… Foi assim em 93, 99, 2004 e 2010.

        Então ninguém tá dizendo que vai ser esse time pra o resto do ano… Mas esse primeiro semestre é hora de colocar a meninada pra jogar, sem pressão, com jogos de menor importância, ao mesmo tempo monitorando o mercado com o prometido centro de inteligência…

        Então vamos ter calma… As coisas precisam de tempo pra acontecer e o campeonato ainda nem começou pra a gente já tocar a marcha fúnebre.

        Curtido por 1 pessoa

      • Roberto Costa, pelo menos até o final dos estaduais! Dá tempo pra testar os garotos e garimpar jogadores bons e baratos, principalmente no Paulistão…

        Até pq a última vez que começamos o ano com contratações pomposas, como eu acho que vc quer, o time gastou uma fortuna com contratações e recisões e a gente só ganhou o baiano com as calças na mão, saímos cedo da Copa do Brasil, perdemos o Nordestão e quase fomos rebaixados!

        Muita calma nessa hora, amigo… As coisas precisam de tempo pra acontecer!

        Curtir

      • Diogo, eu não quero contratações pomposas, quero contratações com critério, nós torcedores do Vitória somos muito pacíficos, tivemos um ano de 2017 dos diabos, como vc mesmo relatou aí e mesmo assim os próprios torcedores querem tempo, paciência, depois do Paulista tudo se resolve, quando na minha medesta opinião temos que sacudir o clube, tomar providências, não deixar pra fazer isso que peço hoje quando tivermos na zona de rebaixamento, porque quando está na zona essas atitudes são tomadas e as coisas se resolvem trazem técnicos, jogadores, mudam tudo e as coisas andam, porquê não fazer tudo isso agora? É isso que estou pedindo.

        Curtir

      • Fazer como? Pra fazer tem que ter recursos… Kd o recurso? Kd o dinheiro?

        O problema não é que a torcida é passiva não, a questão é que temos que ser realistas! E o que você quer, além de não ter nenhuma sugestão concreta, é, com todo respeito, precipitado e irreal diante das condições que o clube tem hoje!

        Curtir

      • A propósito, se tem uma forma de sacudir mais um clube do que tirar o presidente em exercício e fazer uma nova votação pra presidente com eleições diretas (a primeira da história do time, diga-se de passagem), eu, sinceramente, não conheço!

        Curtir

  8. Com relação a “o Vitória não ganhar uma concorrência por jogador” e especificamente no caso do jogador Renatinho ter ido para o Botafogo:
    Eu também fico pensando sobre isso, se é bobeira da Diretoria do ECV, etc. Mas, vamos cair na real, a cota de televisão (para o campeonato do RJ) dos times cariocas é absurdamente maior do que a que o Vitória vai receber para o campeonato baiano. Só a cota do Madureira é maior que que a cota total do baianinho !
    Outra: o Sport tem por trás o apoio financeiro do dono da Moura Dubeux (uma das maiores empresas imobiliárias da região).
    SRN

    Curtido por 2 pessoas

  9. O Vitória podia fazer um esforço e trazer o Eto’o que está querendo jogar no Brasil, venderia muita camisa e aumentaria a visibilidade do time, além dele ser um bom jogador mesmo velho.

    Mas só para constar, o Vitória não ganha uma concorrência por jogador, Renatinho foi para o falido Botafogo e Capa para o Sport que também está fraco das finanças.

    Curtir

  10. É impressão minha ou o ECV vai começar a temporada com a base fracassada de 2017?ou pelo menos a maior parte dela, me corrijam se eu tiver errado mas pelo que apresentou no ano passado nós deveríamos ter reformado tudo, infelizmente quem está chegando, no meu ponto de vista, não tem cara de série A.

    Curtir

      • O Vitória está fazendo certo. Mandou embora quem não prestava. Renovou com a base do time que tinha qualidade. Vai dar oportunidade a base. E deve fazer contratações pontuais!

        Demitir todo mundo e contratar 15 jogadores é amadorismo!!

        Curtido por 8 pessoas

      • Eu estou pensando lá na frente Marcelo, eu sei das dificuldades,sei da boa vontade do novo presidente, mas eu acho que nós torcedores não aguentamos mais passar pelos constantes vexames das ultimas temporadas,e se alguma coisa tem que ser feita eu acho que tem que ser feita agora no início do ano,porque no meio do ano os bons jogadores não sairão dos seus clubes, no final do paulistão os destaques já estarão todos apalavrados com os grandes do eixo, oque vai sobrar serão apostas que podem dar certo ou não.

        Curtido por 1 pessoa

    • Sim, e é o correto. Esse negócio de mandar todo mundo embora e contratar a baciada não dá certo, Sinval fez isso ano passado e além de passar vergonha em campo ainda quebraram o clube financeiramente.

      Tem que manter os jogadores que jogaram alguma coisa(mesmo que tenham sido apenas medianos, como Uillian Correia e Juninho) e fazer as contratações pontuais, quanto menos mexer no time, melhor.

      Curtido por 6 pessoas

    • O time de 2017 para jogar contra o Atlântico foi:
      F. Miguel; Norberto, Alan Costa, Fred e Geferson; U. Correia, W. Farias, Pisculichi e Gabriel Xavier; David e Kieza

      O time de 2018 será:
      F. Miguel; Lucas, Wallace, Kanu e Bryan; F. Soutto, U. Correia, Kieza e Yago; Neílton e Trellez (ou Denilson)

      Qual time, em sua opinião, é pior?

      O ano nem começou, ainda não entramos em campo… Pode apostar que ao decorrer do ano alguns jogadores sairão do nosso time, assim como outros virão recompor. Temos que ter calma e paciência, não dá pra refazer um time novo, é preciso ter uma espinha dorsal para que os jogadores da base possam ser utilizados aos poucos.

      Qualquer contratação que fizermos será aposta (sempre foi assim e sempre será), pois não temos condições de tirar os destaques das equipes da Série A ou vc acha que o Vitória poderia trazer: Vanderlei, Fagner, Geromel, Balbuena, D. Barbosa, Arthur, Bruno Silva, Hernanes, Thiago Neves, Luan e Jô?

      Então, se é pra apostar… Melhor apostar no entrosamento dos jogadores que já estão aí e ir contratando aos poucos. Lembre-se que estamos pagando pelos erros cometidos em 2017. Pra trazer um jogador não basta querer, tem que oferecer um bom contrato, luvas e comissões para os empresários. Temos que buscar as soluções dentro do grupo para primeiro poder identificar as deficiências e aí sim contratar pontualmente com consciência.

      Curtido por 3 pessoas

      • Então novamente sofreremos na série a de 2018, estamos mais uma vez pensando pequeno, basta olharmos para os times que disputarão o brasileirão deste ano e vamos ver que as contratações que estamos fazendo são a nível de série B, eu sei que estamos quebrados, teve rombo, dívidas, falta dinheiro, mas clubes com menor poder aquisitivo como o ceará e até mesmo o fortaleza na série B está sendo mais ousado, não é possível que estamos tão falidos assim a ponto de não poder trazer um só destaque de uma ponte preta, avaí ou outro rebaixado, já vi o ECV em momentos piores ser mais criativos ou então amigos, preparem os corações para o próximo brasileirão, não estou vendo ninguém brincando em serviço nem mesmo o nosso rival, vai ser sofrimento, Deus queira que eu esteja errado.

        Curtir

      • Só que o ano mal começou… O time tá competitivo para o início de ano.
        Tem muito chão até a Série A, daqui até lá dá pra ir vendo os problemas e consertando. Às vezes 3 boas peças já mudam a cara do time completamente, por exemplo, se o Vitória tivesse hoje um bom meia de ligação e um bom extremo no elenco já teria outra cara. Só que Jhemerson, Gabriel Pereira, Nickson, Luan ou Flávio podem conseguir exercer uma dessas funções no time. É ter calma para testar o que temos. Quero que o Vitória pense grande, arriscando um Renatinho (que sondamos e o Botafogo conseguiu levar), Hyoran, Robinho (do Cruzeiro) e outros tantos que podem ser boas opções no mercado, só que também compreendo que a diretoria está iniciando um trabalho e me parece que eles tem convicção no que estão fazendo… Então, é melhor esperar, porque tem muito tempo para reforçar, os campeonatos estaduais também trazem boas opções de jogadores. Lembre-se que a gente se manteve na Série A graças às contratações cirúrgicas que foram feitas durante o campeonato: Trellez, Yago, Soutto, Neílton, Wallace, Caique Sá, Juninho. Nos resta torcer, apoiar e colocar bons pensamentos!

        Curtido por 3 pessoas

      • Desculpe-me, Roberto Costa, mas Lucas é contratação de Série B? Um cara que só jogou em time grande? Botafogo, Fluminense, Palmeiras e Cruzeiro. Isso é jogador de Série B? Jogou 32 de 38 jogos do Fluminense na Série A. Bryan vem do Cruzeiro, também Série A. Denílson vem do São Paulo, também Série A. Lucas Marques vem da Chape, que todo mundo idolatra, e também é da Série A. Aponta aí qual é a contratação de Série B, meu amigo.

        Curtido por 3 pessoas

  11. Acho que vale a pena trazer só Lucas POR ENQUANTO no elenco de lateral direito por dois motivos:
    1 – Cedric vai ter mais chances! Chegou a hora do menino mostrar de que é feito… É hora de lançar ele no Baiano, em jogos mais tranquilos e de preferência jogando com Wallace do lado dele, e alternar jogos com Lucas;

    2 – Se Lucas não engrenar, o Vitória terá tempo de mostrar de que é feito esse Centro de Inteligência, monitorando bons e desconhecidos laterais direitos jovens e baratos, mas que possam vim e dar retorno imediato, como os Ninos, Apodis e, exemplificando de outra posição, Marcelos Cordeiros da vida…

    Curtido por 1 pessoa

    • A contratação de Lucas Marques já foi pensando nisso. Mancini costumava improvisar ele de lateral direito na Chape, pode ter certeza que eles não vão procurar um outro lateral direito no momento. Creio que estejam buscando um meia de ligação, já que CX machucou e Carlos Eduardo não renovou… Muito provável que Mancini esteja pedindo um meia com características de armador, pois não tem ninguém assim no elenco.

      Curtir

  12. Negociar com uma baleia é bom demais, afinal você sempre pode tirar mais um pedacinho afinal ela é tão grande e não sente as pontadas…

    Curtir

  13. Vender para o Barcelona por um valor alto desses seria muito bom para o Vitória.

    É dinheiro pra fazer investimento em novas contratações e na própria divisão de base sem dúvidas.

    É óbvio que o jogador não iria de primeira pro Barcelona então o Vitória poderia negociar pra ficar com ele mais um tempo e dar maturidade na transição ao jogador.

    Curtir

  14. Respeito a opinião de todos, mas 50 milhões não é dinheiro de pinga para ninguém.

    Surpreende que o ECV tenha um contrato com multa bem estipulada como essa.

    A maior negociação envolvendo um jogador do eixo norte nordeste foi David por, pasmem, 15 milhões.

    A negociação com David deu um certo equilíbrio orçamentário ao ECV em 2018.

    Com um dinheiro desses, além de sair da crise, o ECV poderia concretizar uma reforma viável no Estádio Manoel Barradas para torná-lo mais confortável a atrair mais público e renda com patrocinadores (naming rights) no momento em que o Estado da Bahia entregará a obra da Via Expressa e a Prefeitura Municipal se organiza para conclusão da Praça da Juventude e Estação do Transbordo.

    Curtido por 1 pessoa

  15. Depois daqueles interesses de Manchester City e Barcelona no futebol do finado Arthur Maia, não sei se posso acreditar no link abaixo. De qualquer maneira, se a multa para o exterior for realmente R$ 50 milhões, o Vitória pode sair da crise se a negociação for concretizada. Mas pode perder um craque sem ter jogado no time de cima. Vejam:

    https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/barcelona-se-movimenta-para-contratar-destaque-do-vitoria-na-copinha.ghtml

    Curtir

    • Se for 50 milhões de reais, isso para o Barça é dinheiro de pinga.
      Serve para diretoria aprender e fazer igual a Santos, Flamengo, São Paulo entre outros, onde o cara já na base custa 150 ou 170 milhões.

      Curtir

      • Mais um presente deixado por Manoel Matos e Raimundo Viana… vamos ver o que vão fazer dessa vez…

        Curtir

      • Respeito sua opinião, mas esses times citados possuem patrocínios, visibilidade e cotas de TV muito maiores que os nossos. Essa multa vai crescer, caso o jogador não seja vendido agora. Já existe uma proposta para extensão do vínculo contratual, com reajuste salarial. Mas venhamos e convenhamos, nunca aconteceu uma venda de R$ 50 milhões de reais no Nordeste. Se acontecer, será a maior transação da história do futebol nordestino.

        Curtido por 2 pessoas

    • Boa… O Cruzeiro é um dos times no Brasil que mais tem jogadores! E ultimamente o Vitória só tem se dado bem com os jogadores que vem de lá, inicialmente por empréstimo, mas que vingaram e ficaram em definitivo… Vai que um bom jogador, como Marinho, Correia ou Farias pinta na área… E pra isso o Leão tem um prazo de 2 anos

      Parabéns, diretoria! Tá guardando a munição pra hora certa!

      Curtir

    • Simples! O Vitória tem um prazo de 2 anos para que possa usar a preferência de optar por mais um jogador emprestado pelo Cruzeiro, e que este pagaria 50% do salário do jogador emprestado por um ano. O que não ficou claro é, caso o Vitória não tenha interesse por mais outro jogado nesse período, se teria alguma compensação financeira.

      Até agora só veio o Bryan. Se eu fosse o diretor do Vitória, esperaria pelo menos até o final do Campeonato Mineiro para analisar qual peça pode ser útil.

      Curtir

  16. As diretorias também precisam rever seus conceitos de política de contratações, a saber: contratar ex bahia, contratar jogadores acima de 30 anos que já estão sem estímulo no futebol, parar de fazer eternas ré-contratações, tipo victor ramos, neto baiano, escudero. O torcedor não tem culpa pelos maus resultados, alíás o mundo em que vivemos, tudo é culpa do povo, nunca os poderosos e quem governa tem culpa.

    Curtido por 1 pessoa

    • Não sou tão taxativo assim. O problema não é contratar jogador acima de 30 anos, ex-Bahia etc… O problema é não fazer uma análise do atual desempenho do jogador, o maior erro é contratar pelo que o jogador fez há 3, 4 anos e não pelo atual momento

      Curtir

  17. Quanto as lacunas que precisam ser fechadas…

    Como as laterais e principalmente o meio por exemplo, isto se resolve com contratações.

    Boa parte delas já podem ser resolvidas este ano, de forma que a gente tenha um time competitivo e brigue na primeira parte da tabela sim…

    Não existe essa de trabalho gradual. Não tem nada de gradual nisso.

    Não estou menosprezando o brasileirão, mas já temos volantes, zagueiros e um bom centroavante que já estão dando base. (Uma pena ter perdido um dos principais pontas)

    Resta encaixar os outros setores e reforçar onde for preciso.

    Espero excelentes resultados já este ano mesmo, tenho expectativa pelo baianinho e copa do nordeste sim, também !

    Curtido por 1 pessoa

  18. Pessoal vejo que é preciso que tenhamos clareza em alguns pontos.

    Organizar o clube é uma tarefa, implementar novos setores, mudar a mentalidade das divisões de base entre outras coisas, são tarefas praticáveis ok ?

    Não demoram anos e anos não…

    Buscar jogadores na africa, isso sim, vai exigir muito e talvez seja necessário esperar mais. Vi em algum lugar ai algo sobre divisões de base na africa ou algo assim nao sei…

    Esse tipo de coisa é realmente demorado…

    Curtir

  19. Excelente post.

    O ECV, hoje, é um time “mediano desorganizado”.

    A missão institucional de Ricardo David é concluir o mandato em dezembro de 2019 com um clube “mediano organizado”.

    A valorização da base (e temos uma boa geração) deve contar com inteligência da comissão técnica (em escolher os jogos em que os novos talentos seriam utilizados), da Diretoria (que deveria iniciar tratativas para fixação de multas rescisórias expressivas em contratos de 3/ 4 anos das principais peças) e da torcida (que deve ter ciência que nosso clube, provavelmente, terá um ano difícil).

    Jagadores como Welison, Caíque, Ramon (zagueiro), Luan, Léo Xavier, Cedric devem ter os contratos analisados (e prorrogados com relativa urgência).

    Pessoalmente, se fosse Mancini, considerando as ambições do clube, daria prioridade máxima a Copa do Nordeste, em seguida, a Copa do Brasil (em razão das cotas de tv de cada fase e da necessidade do clube arcar com o “Custo Sinval em 2018” e, no estadual, escalaria o elenco B em todos os jogos do estadual fora de Salvador (com Cleiton Xavier no elenco B para funcionar como espécie de técnico em campo).

    Devemos utilizar o ensino de Churchil que a “crise é oportunidade de crescimento”.

    É claro que um time com muitas promessas tem sempre um certo risco de equívocos por não amadurecimento.

    Mas o processo tem que ser iniciado (para uns) ou acelerado (para outros).

    A prioridade do ECV, para 2018, é garantir vaga da copa do nordeste de 2019 e da copa sulamericana de 2019.

    Curtido por 2 pessoas

  20. Off Topic:

    Fábio é amigos da casa, como caiu o blog do torcedor do Vitória do grupo.com depois que Fábio saiu, não existe mais postagem de nada, nunca mais havia acessado e tive a curiosidade de passar lá pra ver quem está a frente e me deparei com um post de quase um ano.

    Uma pena você ter saído, sem dúvidas suas postagens eram umas das mais visualizadas.

    srns

    Curtir

  21. Mas um texto coerente e lucido , o caminho é esse mesmo,usar a nossa base com consciência,tem que ter muita calma com os meninos ,pôs foi com nossa base que conseguimos os melhores resultados em campeonatos nacionais, sem contar que é forma de tentar encostar nos times do eixo em termo de arrecadação ,penso que utilizando uma boa quantidade de garotos promissor no final do ano teremos no minimo duas vendas que ira equilibrar o clube no inicio do ano, temos que ser racionais e parar com essa mania de querer jogadores medalhões , o difícil e colocar essa ideia na cabeçá da maioria dos torcedores que gostam de vaiar e muito os meninos da base, parabéns Fabio mas um belo texto…Vitoria Sempre.

    Curtido por 1 pessoa

  22. Busca por scouts e monitoramento é uma boa, mas tentar esse Bryan ai do cruzeiro com Mena ( joga de lateral e ponta) livre no mercado é brincadeira. Fora os dois emprestados do cruzeiro, que a diretoria esta esperando os melhores sair para trazer só os engodos.

    Curtir

    • Mena ganha 250 mil reais, sem falar que não joga isso tudo, jogador mediano/bonzinho. Se o jahia quer pagar esse salário nele, que sejam felizes.

      Em tempo, acho esse Bryan fraco, não traria.

      Curtido por 1 pessoa

      • Concordo com os dois. Acho que Mena deve vir ganahando menos. Pela lógica, não quiseram pagar 200.000 para Moisés. Quanto a Bryan, espero que o Vitória valorize a base e “suba” o lateral esquerdo. Bryan é fraco!

        Curtir

      • A gente também não sabe o que foi disponibilizado pelo Cruzeiro e nem quem pagará os salários do jogador emprestado. Pode ser que o Cruzeiro pague os salários e disponibilizou uma lista com jogadores com salário mais baixos ou então disponibilizou uma lista com jogadores mais jovens que eles querem dar rodagem. A gente só faz supor as coisas, acredito que a diretoria saiba o que está fazendo.

        Curtir

      • André, quem deveria determinar isso era o Vitória. Afinal, eles estavam querendo comprar David. O jogador era nosso! As exigências teriam que ser nossas!

        Curtido por 2 pessoas

  23. A reflexão do Fábio tá correta e acredito que o caminho é esse, mas volto a afirmar que o nosso atual treinador de profissionais não tem perfil de gostar e facilitar a vida de jogadores novos, principalmente oriundos da basa do clube que treina, e sem combinar com ele acho complicado o aproveitamento deles em condições normais.

    Curtido por 2 pessoas

    • Discordo! Ele tem o perfil mais protetor e eu acho isso excelente! Ele que lançou Bruno Bispo… E lançou do jeito certo, sem chamar atenção e, PRINCIPALMENTE: SEM PRESSÃO!

      Jogador da base é pra ser cultivado, não pra chegar e resolver! E foi por isso que na reta final ele preferia colocar Cleiton Xavier ao invés de Jemerson! Por isso que ele alternou entre Caíque e Miguel, e preferiu manter Miguel… Poupou os meninos de entrarem na fogueira e serem execrados pela torcida!!!

      E isso vai se confirmar agora! Com certeza Mancini vai lançar a meninada e do jeito certo, sem pressão, sem exigir mais do que o necessário… E depois de mais de 2 décadas, acho que a torcida tá começando a se educar com relação à importância da base e de ter paciência com ela!

      Curtido por 1 pessoa

  24. Corretíssimo, Fábio. Muito lúcido. Nossa torcida precisa mudar muito mesmo. Sem uma torcida forte, apaixonada, nunca atingiremos nossos objetivos. Seremos sempre, no máximo, um time de beirada, que pode até jogar direitinho, mas não ganha nada de realmente grande. Podemos protestar? Sim! Mas tem hora pra isso. Não é durante o jogo. Durante a partida tem que ser apoio total, vibração. E principalmente, tem que acabar com a perseguição aos garotos da base, temos que ser pacientes. Mas a direção também tem que ter planejamento, com os pés no chão e olhos nos resultados.

    Curtido por 1 pessoa

  25. O Vitória vem pecando de uns anos pra cá na transição base-profissional, é só ver que a maioria dos jogadores que lançamos já estão com a idade estourada, é raro hoje em dia lançarmos jogadores com menos de 20 anos e que tenham sequência. Criou-se uma cultura aqui de que a base nunca está pronta, que “roupa de homem não dá em menino” e com isso vamos perdendo o timing pra lançar os jogadores. Eron por exemplo está na 3ª Copa SP, agora eu pergunto, pra quê? Ano passado ele marcou 25 gols em 35 jogos, já deveria estar fazendo pré-temporada com os profissionais, o mesmo vale pra Cedric e Hebert.

    Acredito que Ricardo e Daminani estão bastante atentos a isso, se tudo correr bem poderemos colher os frutos dessa nova política.

    Curtido por 1 pessoa

    • Seus comentários e de outros que não lembro agora me fizeram fazer este texto, que eu já tava fazer hoje cedo, mas com os comentários seus e de outros dois que me fugiram o nome, eu só vi que tinha que fazer mesmo algo deste tipo.

      Curtir

      • Beleza, Fábio! O texto está excelente e reflete bem o que penso também. Acredito muito no potencial desses garotos. Principalmente dos que foram campeões da Copa do Brasil Sub-17 com João Burse, que agora compõem o time Sub-20.

        Curtir

      • Belo texto Fábio é isso ai mesmo , tem de parar com esta perseguição insana com os meninos da base , tem de deixar os caras jogarem , tem de dar confiança ao grupo de jovens que estão subindo para o time principal.
        Agora tem de botar para jogar se não de primeira mais se der entrar sempre nos jogos só assim vai adquirindo confiança e ritmo.
        Se não botar agora no baiano e nordestão , vai botar pra jogar quando ????
        O Mancine é pago também para isso , pinçar os que estão pronto para jogarem estas duas competições e LANÇAR os caras.
        Mudança de postura de parte da torcida é imperial para o sucesso neste inicio de trabalho..

        Curtido por 2 pessoas

Deixe aqui o seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.