VITÓRIA vs AMÉRICA-MG | É vencer pra seguir se afastando do Z4

Depois de bater o Atlético-MG no domingo passado, o rubro-negro encara outro time lá das Minas Gerais, desta vez é o Coelho, o simpático América-MG, que por sua vez está oscilando entre 9º e 11º colocado no Brasileirão, mostrando que não está no Brasileirão apenas para brigar contra o rebaixamento. Depois da chegada do técnico Adílson Batista, o Coelho melhorou ainda mais, tendo atuações e resultados sólidos, o que faz todo o stakeholder rubro-negro tirar a pecha que vai ser um jogo fácil e com cheiro de goleada! Longe disso! Vai ser duro vencer o América, talvez seja até mais difícil que o conterrâneo mais famoso que enfrentamos na rodada passada (Atlético).

Para este jogo de amanhã, às 16h no Barradão, o técnico Paulo Cézar Carpegiani deve repetir a mesma formação do domingo passado. Apesar de tudo indicar que o time rubro-negro não sofrerá mudanças, Carpegiani chegou a treinar o time com Bryan na lateral esquerda e Lucas Fernandes de titular, no lugar de Rhayner. Vale ressaltar também que nesta semana, os meninos da base Ronaldo, Lucas Ribeiro e Léo Ceará tiveram seus contratos renovados, os dois primeiros até o fim de 2021 e Léo Ceará até dezembro de 2020.

Já a equipe adversária está em 9º lugar com 26 pontos e tem como principais peças o goleiro João Ricardo, que há três temporadas vem mostrando ser um ótimo arqueiro e que impressionantemente ainda está no América; tem também o lateral esquerdo Carlinhos, que é bem ofensivo, o meia Gerson Magrão e os atacantes Luan e Rafael Moura que já passaram por grandes clubes como Cruzeiro, Palmeiras e Corinthians, respectivamente.

O forte do time mineiro é a sua solidez tática, forte poder de marcação e contra ataques perigosos, através de seus laterais, além de contar com alguns bons jogadores para cobrança de faltas e escanteios como Norberto, Gerson Magrão e Marquinhos (ele mesmo, cria da base e que surgiu aqui em 2008). Entretanto, apesar de ter estes pontos fortes, o América tem suas limitações de ordem técnica e tática, não é um bom visitante na competição (o 10º melhor visitante) e tem uma zaga bragueira, principalmente através do zagueiro Matheus Ferraz e da limitação defensiva de seus laterais, sobretudo o de Norberto, que passou por aqui.

Em suma, é um bom jogo para o Vitória somar mais três pontos e seguir fugindo do Z4 e começar a mirar algo mais nobre como chegar no G10-G12 e tentar a vaga para a Copa Sulamericana de 2019. Acredito que o jogo deste sábado será mais um triunfo por um gol de diferença (1×0 ou 2×1), acima disso só se voltarmos a ser aquele Vitória dos anos 90 e início dos anos 2000 e que está a cada temporada num passado mais distante. Para se ter uma ideia até a última boa participação em Série A (em 2013) já faz cinco anos! Portanto, torcedor, você que vai ao estádio amanhã, não espere 2×0 ou mais e se conforme com aquele 1×0 ou 2×1 perigoso, tenso e com altas doses de marasmo. O importante é vencer, somar mais três pontos e se afastar cada vez da zona problemática.

VITÓRIA SEMPRE!

7 respostas em “VITÓRIA vs AMÉRICA-MG | É vencer pra seguir se afastando do Z4

  1. Eu não ia nem falar nada, mas, como não falar nada vendo esse zagueiro Lucas Ribeiro jogar, meu! Joga prá caralho (pelo perdão pelo palavrão poético). Que não se perca pelo caminho.

    Eis a diferença do treinador que conhece futebol, daquele que quer fazer time da patota, dos seus amigos e indicados.

    Agora, a lateral esquerda do Vitória tá igual fila do INSS, todo mundo que chega para a posição consegue logo um descanso remunerado. (alô Juninho, aquele abraço!)

    Rodrigo Andrade foi sacado porque não sabe fazer a leitura de jogo, tem sempre algum adversário infiltrado na linha atrás dele recebendo a bola e partindo para fazer um dois em cima da zaga. Parabéns Carpê, antes que o mal cresça corte pela cabeça. Mas com a bola nos pés sabe jogar. Se aprender se posicionar vai ter outras chances.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Agora a atuação parece de um time de futebol, mesmo com todas as deficiências técnicas. Vitória importantíssima!
    Carpeggiani fez umas substituições “mandraques” mas mesmo quando errou, acertou! Eu não tiraria Léo Ceará, e a substituição de Rodrigo Andrade poderia esperar, mas em fim, quem entrou, entrou bem. Lucas Fernandes está crescendo a cada dia…

    E o desejado aconteceu, nossa base oxigênio a equipe, renovou nossas esperanças!

    Ainda tenho calafrios quando Jeferson tenta cruzar uma bola! Que horror!

    Mas em fim, uma luz no fim do túnel!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe aqui o seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.