HEY, DAVID! PEÇA PRA SAIR!

Quem falta com a verdade só pode ser chamado de mentiroso. Não existe outro termo não, e o presidente do Vitória, Ricardo David, se mostrou ser um de marca maior. Pois desde as eleições de 2016 vinha com um discurso bonitinho, que empolgava, com frases bem articuladas. Se dizia estar estudando o clube e o futebol em geral e que o Vitória mudaria de patamar sobre a sua gestão e mesmo assim perdeu em 2016 para a VDT. O ano de 2017 foi uma verdadeira lástima, várias crises que culminaram no afastamento de Ivã de Almeida, para em novembro ele pedir renúncia depois da AGE ter decidido seguir com o rito para sua destituição, que poderia deixá-lo inelegível por 7 anos aos cargos do ECV.

Veio a eleição de 2017 e novamente com seu discurso ensaiado e que lobotomizou os torcedores de classe média/alta e alguns da plebe, RD conseguiu uma vitória expressiva tendo quase 1 mil votos de cerca de 2 mil e poucos torcedores votantes. Em números, Ricardo teve 945 votos, ou seja, 52% do total de sócio-torcedores aptos, enquanto o candidato Manoel Matos ficou no segundo lugar com 607 votos, ou seja, Ricardo venceu seu maior adversário com 338 votos de diferença e num universo pequeno de votantes, este número é sim expressivo.

Pois bem, veio o ano de 2018 e todos esperavam ver se realmente Ricardo iria cumprir com pelo menos metade do que falava em campanha, já que se mostrava conhecedor de tudo, com tudo planejado e por onde caminhar pelos atalhos sem tomar nenhum tipo de susto, escorregão ou contratempo. Mas desde janeiro ele se mostrou que era uma coisa no discurso e outro na atitude. Como uma pessoa “novata” no mundo do futebol a coisa mais sensata para ele seria a de se cercar de profissionais experientes do esporte para dar seus primeiros passos na gestão do clube com um pouco mais de solidez. Só que ele preferiu apostar num cara completamente sem grande currículo e experiência para Diretor de Futebol (falo de Erasmo Damiani), um cara que só tinha alguma experiência como coordenador de divisões de base! Aí foi o seu primeiro grande erro.

Em seguida veio a manutenção de boa parte do elenco quase rebaixado de 2017, a pedido do treinador Vágner Mancini. Para um cara que sabia o “caminho das pedras” e todos os “atalhos”, seria o momento de peitar o treinador e mostrar que aquele elenco precisava de uma séria reformulação. E se fosse contratado um Diretor de Futebol mais parrudo, este também cortaria a asinha do treinador, que, por sinal, só tem essa carta branca toda aqui no Vitória. Desde Aléxi Portela Jr virou tradição das gestões rubro-negras dar carta branca a treinador, deixar ele ser “manager” sem ser e de dar pitaco em tudo.

Outro grave erro de RD no comando do clube foi aquele Ba-Vi de 18 de fevereiro, quando rolou aquela treta monstra, ele negou ter orientado o time forçar o término da partida, prometeu punir jogadores e não cumpriu. Ali, se todos os brigões fossem demitidos, poderíamos ter outra atitude nos campeonatos seguintes. O fato é que perdemos o Campeonato Baiano de forma melancólica, mais melancólica ainda foi a eliminação vergonhosa para o Sampaio Correia na Copa do Nordeste, tomando 3×0, num jogo em que a diretoria deixou Mancini escalar um time reserva em plena semifinal de Nordestão, por pura subestimação ao adversário maranhense.

Há boatos que apontam que nos vestiários, o vice-presidente (Chico Salles) chutou o balde em cima de Mancini e se fosse por ele, Mancini não seria mais o treinador desde ali. Como sempre acontece, rolou esse abafa-o-caso, que só agora começa a aparecer na rádio-peão. Mancini não só permaneceu, como teve uma paciência de Jó do presidente Ricardo e ninguém entendia aquilo. Por que o Vitória seguia jogando mal, perdendo campeonatos e Mancini seguia comandando o clube? O que o treinador tinha em mãos que ameaçava RD? Daí surgiu a teoria conspiratória de que Mancini sabia algo relacionado ao Ba-Vi da Vergonha e que era por isso que ele era mantido.

Carpê e Burse trocam informações sobre o elenco do Leão para encarar o Palmeiras, partida que marca o retorno de Carpegiani ao Leão da Barra.

Por sinal, esta paixão por Mancini foi em grande parte, ao meu ver, um dos maiores erros de Ricardo e que levou o Vitória a Série B. Ele poderia ter demitido o treinador antes da parada da Copa, deixando o treinador conhecer os jogadores e já moldar o seu time ao seu jeito para voltar no BR com outra cara. Além disso, as contratações de meio de ano que sempre salvaram o clube em anos difíceis, este ano vieram já perto de recomeçar o Brasileirão, dando mais um capítulo da história de “economia de palitinho”, ao se evitar pagar um mês estando em inatividade. Essa burrice foi implantada por Aléxi Portela em 2010, replicada por Carlos Falcão em 2014 e agora com RD. Aí eu pergunto: Era melhor ter gasto um pouco mais no mês que ficou sem jogos e ter evitado a queda, ou ter gastado um pouco menos e ser rebaixado, tendo sua cota de TV reduzida drasticamente de 40 para 9 milhões?

Mancini só foi demitido em Julho, com três rodadas após a parada da Copa. Veio Carpegiani, que respondeu rápido, mas com um elenco tão miserável e cheio de argentino “paraguaio”, nem a mística salvadora de Carpê deu jeito e os resultados voltaram a ser as derrotas e empates em série. Na semana do Ba-Vi, o brilhante presidente resolve mandar embora Carpegiani e aposta tudo em Burse, que tinha mostrado ser do naipe de Ricardo Silva nas duas partidas que dirigiu o time, antes do anúncio de Carpegiani. Fizemos um jogo relativamente bom contra o rival, mas mesmo assim terminamos empatando a partida e fechando o ano sem vencer um clássico sequer!

Após o clássico o marasmo e o pragmatismo tático do Vitória se instalaram de vez e vimos o time empatar e perder jogos sem ameaçar o adversário, sem se impor, os jogadores, além de ruins, ainda pareciam com uma enorme má vontade, tamanha a apatia e assim foi até este jogo do último domingo contra o Grêmio, que poderia ter nos vencido por 3 ou mais gols se não fosse a bela partida feita por João Gabriel, este sim, o melhor goleiro da temporada. Por sinal, usar 5 goleiros como titular no ano mostra muito bem como RD do discurso era um e na prática é outro. Ele subestimou essa posição e achou que qualquer um servia pra ser goleiro do Vitória. No meio do ano ao invés de correr atrás de goleiros experientes, trouxe o terceiro reserva da Chapecoense, que também brigou o ano inteiro contra o rebaixamento! Esse ano nenhuma contratação deu certo e até as do meio do ano se mostraram pior ou igual ao dos jogadores que tiveram contrato rescindido ou emprestado no meio da temporada.

Nunca um apelido foi tão bem aplicado a uma pessoa. Ricardo David = Rolando Lero.

Com tudo isso, espero que na coletiva de hoje RD bote a mão na consciência e peça pra sair. Ele foi sem dúvidas o maior estelionato eleitoral que eu já vi! Tudo que ele prometeu em campanha não foi realizado e isso ficou bem marcado com o fim do basquete, ainda que eu ache que de certa forma a Universo já tinha planos de deixar Salvador.  

VITÓRIA SEMPRE!

#ForaRD

34 respostas em “HEY, DAVID! PEÇA PRA SAIR!

  1. 2018 tá bom de acabar… Qdo penso q nada podia piorar pra mim enquanto torcedor do ECV, eis que o deputado rubro-negro do Centrão presenteia o presidente “tá ok?!” com uma camisa do ECV e posa pra foto. Usou o Vitória e sua torcida pra politicagem, consiga ao menos manter o patrocínio da CAIXA, deputado Zé “não me chame não que eu vou”.

    Curtido por 2 pessoas

  2. Fábio, como o conselho reagiu / tem reagido ao “pedido de desculpas” de Lero Lero? Vão comer mais esse H? Existe ainda alguma movimentação no sentido de interceder para a saída dele?

    Curtido por 1 pessoa

  3. As competições acabaram e ficou provado que não houve gestão do futebol profissional do vitória. Contratações sem critério técnico, com contratos longos para jogadores com duvidoso retorno técnico, diretor de futebol totalmente inexperiente (Dormiani), treinador que deu aval a todas as permanências de atletas já sabendo das deficiências dos jogadores remanescentes do elenco de 2017, elenco este que foi salvo do rebaixamento pelo gol espírita de Tulio de Melo no jogo da Chapecoense. Mancini sabia da briga de André Lima contra a balança, da falta de qualidade de Kanivis, da insegurança dos goleiros, e, é claro, a falta de um meia de criação. Problemas antigos, que o sr. Ricardo lero lero criticava enquanto candidato, mas repetiu à risca quando presidente, com a diferença de que não tinha 40 milhões em caixa.

    Hoje me deparei com a notícia da contratação de um certo Gabriel Silva, que esteve no Internacional de Porto Alegre até outubro e que não renovou porque, segundo o empresário, ofereceram um contrato apenas até a metade do ano que vem. Jogador esse que disputou o brasileiro de aspirantes antes de se desligar do clube gaúcho. Espero que não me venham com contrato de 3 anos ou coisa do gênero.

    Outra coisa que fiquei sabendo é que o valor da cota de televisão ainda não foi definido, embora estimada em 9 milhões, e de que o vitória, sem saber se permaneceria na série A, pegou 10 milhões adiantados. Ou seja, o vitória começará o ano devendo 1 milhão de cota de TV.

    Um clube de futebol tem basicamente 6 fontes de renda: bilheteria, sócio torcedor, patrocínios, cota de televisão (aberta e fechada), venda de atletas e premiações das competições.

    O vitória teve, salvo engano, a pior média de público do barradão em 2018. O barradão não oferece conforto ao torcedor, e com o time jogando essa bolinha murcha, não atrai público.

    Torço pra o plano de sócio ter um incremento, mas os planos precisam ser reformulados. Programa de sócio não deve servir apenas para dar direito a voto e acesso aos jogos. Ninguém se torna sócio de um empreendimento só pra entrar na sede do mesmo. Quer algum tipo de retorno.

    O patrocínio da caixa é sempre definido na base da mendicância. Os outros patrocinadores prometidos antes da eleição não vieram. E penso que só sendo torcedor realmente fanático do vitória pra colocar sua empresa como patrocinadora de um time que tem acumulado tantos vexames.

    Sobre a cota de televisão eu já mencionei acima.

    Sobra a venda de atletas e as eventuais premiações, essas duas receitas via de regra possuem curvas antagônicas. Se você vende seus melhores jogadores, seu time perde qualidade e você não alcança as fases finais das competições. Só estaria fora desse critério o pífio campeonato baiano, que não tem premiação expressiva.

    Além disso, é totalmente incerto a venda de atletas. E se acontecer, diante de todo esse panorama, o desespero por obter receita fará com que seja vendido muito abaixo da multa rescisória.

    Dito tudo isto, conclui-se: O Vitória vai precisar de muita paciência e ajuda dos verdadeiros rubro-negros; o fundo do poço ainda não chegou, e é isso o que mais preocupa.

    Curtido por 3 pessoas

    • pra não ficar só com notícia ruim:
      1. Jemerson e João gabriel já estão conversando para sacramentar uma renovação de contrato. Eu já faria o mesmo com Lucas Ribeiro, Leo Gomes, Eron, Hebert e Leo Ceará, pra aumentar a multa.
      2. O Uillian Correia está voltando, mas o empresário já está se mexendo pra arranjar outro clube pra ele jogar. Disse até que dois times que subiram já mostraram interesse (acredito que tenha sido o Avaí e o Goiás)
      3. Os meninos da base terminaram bem o ano, tanto os incorporados ao profissional como o sub 17, sub 20 e sub 23. É esperar que não sejam subaproveitados nem queimados.
      4. terá eleição em 2019. Oportunidade de colocar gente mais qualificada.

      Curtir

    • O Vitoria é gerido por amadores irresponsáveis sem o menor conhecimento de futebol que vai levar o time para a serie “c” esse presidente não tem noção de futebol só quer o salario de presidente,sera que tem algum trouxa que acredita nele moro no Rio se estivesse em Salvador tentaria organizar um passeata contr a esse projeto de rolando lero acorda torcedor do leão tira o bum bum da cadeira

      Curtir

  4. Entra diretoria e sai diretoria. Vcs esbravejam. Mas ninguém fez melhor que PC. Pode chamar do qie for, tenho maisbtempo passando vergonha do que tendo orgulhondesse time. Então foda-se o ranço que vcs tem. PC foi o maior presidente desse clube.

    Curtir

  5. Pelos movimentos da última década (com repetições de treinadores à frente do ECV), o ECV vai atrás de Ney Franco (que subiu o Goiás e pediu pra não renovar). Eu gostaria de ver Celso Roth por aqui. “Ah… Mas Celso Roth está defasado, tem tempo que não treina ninguém e quando treinou só tem feito merda…”. É… Mas eu traria Celso Roth.

    Curtir

      • Lembro da primeira vez que Celso Roth passou pelo Vitoria e a primeira atitude que tomou foi colocar Pektovic na reserva com o argumento( rima com jumento) que o gringo não marcava; com certeza ele está no meu Top 5 de piores treinadores que eu vi no meu clube .

        Curtido por 2 pessoas

    • Dos treinadores da “velha guarda”, preferiria Toninho Cerezo ou Paulo Autuori. Se o Muricy Ramalho voltasse a ser treinador, seria uma opção também. São treinadores que sempre dão confiança aos jogadores do setor de criação, focados na posse de bola e que aproveitam a base.

      Contudo, minhas sugestões para treinador são as seguintes:

      Claudio Tencati (ex treinador do Londrina)
      Fernando Diniz (muito lembrando aqui na casa)
      Thiago Larghi (treinou o galo em parte deste brasileirão)

      São três opções de menor custo, que entendem muito da parte tática, atualizados e que eu vejo com potencial para trabalhos de longo prazo, alinhados com a necessidade do clube.

      O Cláudio Tencati ficou quase 7 anos no Londrina e depois treinou o modesto Atlético de Goiás. Ficou um bom tempo com o Atlético disputando uma vaga para a série A, mas bastaram 6 resultados ruins para demitirem o cara.

      Fernando Diniz dispensa comentários. acho que seria melhor das opções. saída de bola sempre qualificada, sem chutões, e excelente compactação. Em termos táticos, o maior problema do Vitória neste ano foi a distância entre os setores e os consequentes chutões para os pontas correrem (e se cansarem à toa).

      O Thiago Larghi fez estágio com Guardiola e teve aproveitamento de 55,1% no atlético. Pesa contra ele o fato de não ter tido passagem como treinador de outro clube, mas no início de seu trabalho, depois da saído do Oswaldo de Oliveira, deu uma melhorada no time.

      Curtir

  6. Acabou a agonia desgraçada que esse merda de presidente nos deu de presente, da pena do meu time, ver esse merda dizendo que ele tem condições de ajudar o Vitória, como quem te ferrou vai te ajudar? Já começou errado, a permanência de um lateral bostetico, que mau sabe cruzar uma bola, discurso de drogado, “vou procurar um técnico de perfil de série b, mal vai ter dinheiro seu acéfalo, quem ganha jogo é jogador e quem põe ordem é o presidente, agora um idiota que nem você que fica nas mãos de técnico e jogadores paneleiros, a série C é bem mais provável, pelo amor de Deus Fábio, não desista do Vitória, vamos fazer um movimento para a eleição ter candidatos que sejam bons, sem remanescentes fracassados, sem a panelinha de sempre, e alguém que tenha um projeto para o Vitória como empresa

    Curtido por 1 pessoa

  7. Gente tem algum torcedor do Leão que quer cooperar postando notícias no nosso blog, pode ser sobre o futebol ou qualquer outra modalidade. Valeu
    esportenordeste.biz/p/colaborador.html

    Cláudio

    Curtir

  8. Imaginem só! O Presidente fake news disse que não pode jogar a série B com cara de série A e vai montar um time com cara de série B. Socorro! interditem esse demente senão seremos nós que ficaremos loucos…de raiva.

    E ainda disse ter sido aconselhado pelo diretor de futebol.

    Estamos lascados!

    Curtir

  9. Na merda em que Ricardo David se meteu, o Vitória será obrigado a reutilizar alguns jogadores desse ano meus amigos.

    Série B tem um nível pequeno.

    A cota de televisão não é a mesma não

    Pesadelo que não acaba viu…

    Curtir

    • Meu amigo o Rayner jogou uma ou duas partidas as outras foi com aquela mal vontade e algumas vezes apenas com raça, eu tiraria essa praga que nunca mais voltei, chega de ver esse merda, Erick para um perneta, só tem esquerda, não aguenta uma tombada e não vi nada de mais nesse jogador, tiraria também, o que falta é tirar outro caminhão de merdas que tem no time, é contratar certo e juntar com a base, desde do início do ano, coisa que esse retardado junto com a comissão de inteligência acéfala dele não irá fazer para economizar, só que agora tem mesmo a falta de dinheiro. Vamos exigir outra eleição já, lero lero não pode continuar, vai afundar o time.

      Curtido por 5 pessoas

  10. Massa fábio, a retrospectiva do ano é essa aí mesmo.

    Assino embaixo.

    Interessante constatar que pernalonga era nosso melhor 9 e fernando miguel o melhor goleiro. Isso diz muito sobre essa gestão. Obscura e sem critérios.

    Curtir

  11. Minha sugestão para pegar a barca sem carta de agradecimento:
    Presidente: RD
    DIretor de futebol: tem?
    Setor de inteligência: todos
    Goleiro: Elias
    Laterais: Jeferson, Lucas, Juninho, Benítez e Fabiano.
    Zagueiros: Aderllan, Maia e R. Renato.
    Volantes: Souto, Arouca, Correia e Meli.
    Meia atacantes: Rayner e G. Costa.
    Atacantes: L. Fernandes, Wallison, A. Lima, Bou, Erick e Neilton.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe aqui o seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.