Sobre Fábio Monteiro

Fabio Monteiro,nascido em Salvador-BA. Apaixonado por futebol, informática, computação gráfica, livros, seriados, música e em cultura em geral.

SALVE 13 DE MAIO! VIVA O EC VITÓRIA!

Apesar de todos os pesares e dos últimos seis anos de pura decepção, nós te amamos e o dia 13 de maio sempre será comemorado! A data da fundação do Decano da Bahia!!! Salve 13 de maio, VIVA O EC VITÓRIA!

capa_liga_crn_premium

CARTOLA FC – Amigos, ainda estou recebendo inscrições para a LIGA PAGA do nosso blog; porém, se você quer jogar de forma gratuita eu também abri a liga CRN FREE. É só abrir o seu Cartola FC e buscar esta liga e entrar, pois as portas estão abertas.

Apenas a liga paga que é moderada e o convite é enviado depois do pagamento da inscrição. Interessados falem aí nos comentários ou me envie um e-mail: fabio.monteiro.angra@gmail.com. Acessem o regulamento da Liga CRN PREMIUM na aba Cartola FC do blog, lá também se encontra como se fazer o pagamento. A taxa de inscrição é apenas R$ 20,00.

O Vitória no fundo do poço e cavando!

O Vitória é aquela pessoa que amamos que virou zumbi, mas não temos coragem de dar o tiro na cabeça!

Aconteceu o que eu previ aqui posts atrás: O Vitória do “iluminado” e “sabe-tudo” Paulo Carneiro conquistou o tricampeonato de morrer na primeira fase do Campeonato Baiano, inclusive, nos últimos TRÊS ANOS, o Vitória disputou 27 jogos pelo estadual e ganhou OITO apenas! Dos três anos, dois deles já com o ARROGANTE, PETULANTE, FARSANTE, BRUTAMONTES, BOLSONARISTA E METIDO A GÁS COM ÁGUA, sr Paulo Cabrito. O cara que infernizava as diretorias anteriores na famigerada linha de transmissão A Ideia do Jogo – com um discurso populista ancorado em seu oportunismo descarado de ocasião – se dizia saber de tudo, tinha solução pra tudo, está tendo – E PIORANDO – os resultados de Ivã de Almeida e Ricardo David (que Deus os tenha em bom lugar e bem longe do ECV).

O Vitória se apequena em golpes galopantes, como um carro em velocidade, sem freio e descendo uma ladeira de uma estrada de serra! Só tem a tragédia como destino! Por mais que a partida de ontem, sozinha, não represente exclusivamente o fracasso do inepto que preside o clube, e tendo em vista a situação do surto de Covid-19 e lesões, o Vitória não conseguir vencer o rebaixado e lanterna Fluminense de Feira, no Barradão, é o atestado inconteste da pequenez e incompetência que se enraizou no clube.

Jogadores ruins e com pose de craques, que não gostam de cobrança, pois se a torcida assim o fizer, se eles fizerem um gol, querem botar dedinho de silêncio pro torcedor. Jogadores que o próprio Wallace falou no final do jogo “que acham que jogam mais do que realmente jogam”. Além de apontar para um caminho já trilhado por Paraná e Criciúma. Eu completo: O Vitória está rumando pra ser o novo Santa Cruz, que caiu no marasmo da Série C e não consegue sair do lamaçal e, no ano que conseguiu, não demorou muito pra retornar!

chagas

Rodrigo Chagas

Diferentemente da maioria da torcida, que agora pegou a triste mania de superestimar entregadores de colete, eu vou dar um papo impopular agora. Por mim Rodrigo Chagas seria demitido hoje, ou pelo menos remanejado para outro cargo dentro do clube. Por mais limitado que o elenco seja, está comprovado, sobretudo nos últimos 4 ou 5 jogos, que toda intervenção do entregador de coletes com substituições, o time piora! E ontem isso foi mais claro que a luz do sol em cima de um lençol branco no varal. O Vitória antes das mudanças de Chagas, ainda tentava atacar o adversário, estava criando chances de gol. Com as alterações, o time se encolheu que nem nossa ferramenta após o sexo!

A Série B vem aí e com essa regra maluca – e que o VITÓRIA aprovou – de apenas uma troca de técnicos, acho ideal a retirada de Rodrigo Chagas, que está parecendo uma versão 2.0 de Ricardo Silva. Treinador que só tem como característica o motivacional tem o prazo de validade mais curto que o atual auxílio-emergencial do infame Excrementíssimo Presidente da República. Chagas foi um excelente lateral direito, ajudou demais com seu jeito carismático e motivacional no ano passado, mas com o passar do tempo mostrou que ainda tem muito a aprender pra ser considerado técnico. Hoje ele é mais um estagiário tal qual Bruno Pivetti, outro que a torcida endeusou no ano passado até a plantação de fumo encher o saco!

Não faço esse blog pra enganar a torcida, mentindo pra mim ou querendo agradar a todos. Paulo Cabrito é o maior culpado dessa situação, mas as mudanças erradas, a leitura errada de vários jogos e o planejamento tosco de não saber que time escalar no campeonato baiano, incluindo levar time alternativo pra jogar e perder pro Doce Mel pesam nos ombros de Rodrigo Chagas e manter ele pra Série B é queimar cartucho e terá o mesmo filme que vimos com Pivetti ano passado! Quem viver, verá…

FORA PAULO CARNEIRO!

Seu embuste! Bravateiro! Saia do Vitória e volte pro seu pântano, criatura infeliz!

Vitória 2×0 ECPP | O pontapé rumo a classificação!

Depois de colecionar empates xoxos e derrotas no Campeonato Baiano, o rubro-negro voltou a vencer e somar três pontos no estadual. O Leão estava on fire e garantiu a vitória em cinco minutos. No minuto inicial, Vico cobrou falta que desviou na zaga e matou o arqueiro do time do interior. Três minutos depois em boa troca de passes, João Pedro lançou Roberto em profundidade e o lateral chutou cruzado, fazendo seu primeiro gol com o manto leonino. Com a vitória, o Leão precisa vencer as duas próximas para garantir a classificação. O próximo compromisso é a Jacuipense, no domingo, também no Barradão.

PRIMEIRO TEMPO Depois de construir os 2×0 com cinco minutos de jogo, o Vitória passou a controlar o jogo, mas não deixou de ter chances de ampliar o placar, principalmente nas tentativas do futuroso atacante Samuel e do ponta David, que na melhor oportunidade acertou o travessão numa pancada de esquerda.

SEGUNDO TEMPO O Vitória manteve a postura de controlar o jogo e o mais interessante foram as sucessivas trocas de passe, algo que falta muito no clube desde 2014. Em momentos esparsos, nos últimos seis anos, o rubro-negro tem esse tipo de postura que lembra os bons clubes europeus. Ainda que o adversário não seja nada demais, o que o torcedor rubro-negro tem se acostumado nas últimas temporadas é ver o time jogar feio e na base do chutão “bumba-meu-boi”, por isso quando a gente vê o time ter consciência no toque de bola é pra ser exaltado sim. Todavia, quem teve chances mais claras de gol foi o ECPP, que numa delas a bola passou tirando tinta da trave de Ronaldo, e em outra, o nosso goleirão quase falha clamorosamente.  

PS: O Vitória anunciou ontem a contratação por empréstimo do atacante explosivo Samuel Granada, do Fluminense/RJ. Enquanto o da base já está brilhando, o xará vai ser um estouro!

Ceará x Vitória | O fim da linha ou o dia do “crime”?

É hoje meus amigos! O primeiro teste de ferro do Leão na temporada: Simplesmente encarar o melhor time nordestino nos últimos 5 anos e que vem se estruturando fisicamente e no campo esportivo ano após ano há quase uma década! Com o elenco atual que lembra os nossos dos anos 90/2000, como o de 1999 por exemplo, o Ceará chega a esta eliminatória com total favoritismo e o Vitória (como o Ceará de outrora) é mero azarão. É…essa “Terra Plana” dá voltas incríveis, não é mesmo?

Resta ao elenco jovem e desfalcado do Vitória (que vai sem seu melhor zagueiro e volante, Marcelo Alves e Gabriel Bispo) mostrar muita superação e ter mais eficiência nas finalizações. Para o lugar do cara que fez Wallace parecer menos ruim, vai entrar o péssimo João Victor (oremos!!!) e pro lugar de Bispo, o treinador Rodrigo Chagas deve colocar João Pedro. Alguém sabe me dizer aonde está o Guilherme Rend? 

Vitoria-1993

Elenco Vice-campeão brasileiro de 1993

Que hoje seja o dia do “crime” do Vitória tirar o grande favorito e que vem planejando seu crescimento como clube de futebol. Que hoje prevaleça o espírito jovem e traquino daquele time de 1993 com a nova fornalha (David, Eduardo e Samuel). É hora do Brinquedo Assassino voltar e que Samuel seja tão letal como as finalizações de Alex Alves e que David e Eduardo tenham seus momentos de Paulo Isidoro e Pichetti. Ou se preferirem, que nossos homens de frente tenham sua tarde de Artur, Cláudio e Tuta daquele time sensacional de 1999 que tirou o Vasco galático com Juninho Paulista, Viola, Felipe, Mauro Galvão e Carlos Germano!

tuta-9-1999

O Vitória precisa repensar a política do primeiro semestre

Esse é mais uma nova coluna do blog, em que eventualmente tentarei colocar de uma forma mais racional os problemas rubro-negros, prezando pelo bom diálogo, argumentação e evitando ao máximo a emoção do torcedor apaixonado que sou. Bem, pra começar este novo “quadro” da CRN, vamos aproveitar mais um tropeço do Leão no Campeonato Baiano para discutirmos sobre o que o clube está fazendo pra si mesmo com a total desvalorização do estadual.

O Vitória está muito perto de chegar ao terceiro ano consecutivo sem passar da primeira fase do modestíssimo campeonato baiano. Algo que era impensável mesmo antes da primeira era Paulo Carneiro, nos anos 90. O rubro-negro, mesmo quando era gerido por sucessivos amadores, sempre foi forte em nosso campeonato estadual, quase sempre sendo finalista e quando não era, terminava em terceiro ou quarto lugar. Ficar fora dos 4 primeiros lugares era coisa muito rara e que ultimamente está virando cotidiano.

Se for eliminado depois de completar todos os jogos que faltam devido à contaminação de covid na Jacuipense e ECPP, o Vitória chegará ao quarto ano sem título do estadual e a última vez que isso aconteceu foi nos anos 70, quando o Bahia teve aquela década do heptacampeonato. Se isso, caro leitor/torcedor, não é regredir e não te abala em nada, você precisa se perguntar se você torce ou apenas “gosta” do Vitória.

Apesar da gente, torcedor comum, de vida comum, ficar conversando entre amigos e parentes de que “campeonato baiano não vale nada”, “que tem que acabar”, entre outras. O clube e seu gestor jamais deve colocar isso em prática. O campeonato baiano vale sim, tanto é que através dele que se contabiliza os pontos para o ranking CBF, além dos campeonatos nacionais. E é através do ranking que o clube se posiciona nas diferentes faixas de premiação das fases da Copa do Brasil, por exemplo. E neste sentido o Vitória já começa a ver o diferencial em relação ao seu rival, o Bahia.

O tricolor recebe mais cotas atualmente, não por ter “duas estrelinhas” e sim porque nos últimos anos têm feito melhores campanhas em todas as competições em relação ao Vitória. Não é por caridade não, com nossa derrocada nas competições desde 2014, eles pegaram esse vácuo e melhoraram o handicap deles e outros clubes já ameaçam nos colocar pra trás também, como o Ceará, Fortaleza e até mesmo os times alagoanos. 

O Vitória, por conta de sua delicada situação financeira, não pôde fazer um time alternativo para revezar as competições do primeiro semestre. Todavia, o time titular que já é na conta do chá, fica muito mais vulnerável quando se mistura com os reservas, que logicamente não são do mesmo nível de quem é titular. Não é a toa que estamos penando neste ano no Estadual. Nos anos anteriores, a montagem do time pro estadual era na base arrogante do “qualquer catado serve”, com um time sub-23 cheio de bonde, que não foi pra canto nenhum. Me digam que jogadores do sub-23 do ano passado e do ano retrasado vingaram?

Enfim, mesmo com todas as dificuldades, o Vitória errou neste ano ao ficar botando time mesclado no estadual e tá perto de pagar caro por isso. Neste sábado enfrentaremos o Ceará e, na boa, a chance de passarmos é ínfima. Se o Ceará jogar mais ou menos passa. Se atuar com o máximo de seu potencial é goleada à vista. Não achem que fico confortável em constatar isso. Mas, apesar de ser torcedor apaixonado, eu sei separar as coisas. É muito difícil o Vitória com o atual time, ainda verde e com desfalques, desbancar o maior time da região na atualidade, com um elenco muito mais encorpado e com um treinador vencedor e super estrategista.

Caso a surpresa aconteça, menos mal, prosseguir na Copa do Nordeste e até mesmo vencê-la tem mais valor pro ranking CBF do que o estadual. Todavia, acontecendo o óbvio, o elenco jovem do Vitória terá que vencer os dois próximos jogos do Baianão para passar de fase…Ou seja, a pressão já aparece e muitos jogadores estão mostrando aí que não aguentam esse rojão, seja com lesões musculares ou por erros técnicos como finalizações erradas em lances fáceis, vacilo na marcação ou passe, tudo por nervosismo/stress, a necessidade imperiosa de vencer.

Falhar em pouco tempo em duas competições deste primeiro semestre vai impactar demais na confiança deles (jogadores), do treinador, da diretoria e principalmente da torcida em relação ao mais importante: A Série B que começará em cerca de um mês. Por isso, o Vitória tem que repensar melhor o seu primeiro semestre, valorizando sim o campeonato baiano, sem essa de adotar o discurso raso de torcedor de boteco. O Vitória está se apequenando e a perda de cotas é um reflexo de tratar o estadual como um nada, pois nem no Nordestão nos destacamos, então não faz sentido se desfazer de um título “mais fácil”, quando no que vale mais, inclusive financeiramente, não ganhamos desde 2010. Aliás, desde que o Nordestão passou a ter cotas milionárias e ter diversas formas de transmissão, benefícios como jogar a Copa do Brasil a partir da terceira fase (antes ia pra sulamericana), o Vitória não ganhou uma edição sequer (inclusive estamos na semifinal depois de 4 anos), ao passo que viu rivais da região ganhar com frequência e já estamos vendo a condição de maior vencedor da competição ser ameaçada.

Abre o olho, Vitória!

Base e mística do Barradão garantem classificação do Leão!

Em um jogo morno e com pouca inspiração, prevaleceu a mística e o peso da camisa do Leão – que quebra varal – e o VITÓRIA venceu por 2×1 o Altos/PI, na tarde de ontem, com gols de Samuel e Eduardo (aos 44min do segundo tempo!) e está na semifinal, para enfrentar Ceará ou Sampaio Corrêa que jogam neste domingo a outra vaga da semifinal. A base salva e a torcida precisa acreditar nisso. No primeiro gol, Pedrinho roubou a bola, passou pra David, que com categoria cruzou na área para SAMUEL com uma cabeçada estilosa abrir o marcador. No segundo tempo, quando já estávamos vislumbrando uma decisão por pênaltis, a outra joia da base, Eduardo, acertou uma bolada no ângulo direito do goleiro, mesmo chutando com a perna cega (a canhota). Isso é a mística do LEÃO FUDEROSÃO!!!!! A grande novidade da partida de ontem foi a reaparição de Ronaldo na meta rubro-negra.

Primeiro Tempo Com enorme surpresa, a torcida do Vitória viu a escalação de Ronaldo como titular, depois de quase seis meses, já que ele se lesionou na reta final da Série B passada e não tinha entrado em campo nesta temporada por estar em processo de renovação de contrato. Porém, com a fratura de um dos dedos do goleiro Lucas Arcanjo, o Vitória arriscou a experiência de Ronaldo à juventude de Yuri num jogo eliminatório. Todavia, em minha modesta opinião, o camisa 1 falhou no gol de empate, pois dava pra ele espalmar para o lado e a visão de fundo da câmera de jogo, apresentada no replay dos melhores momentos abaixo confirma esta minha tese. Antes disso, o Leão já tinha aberto o placar aos 22 minutos, quando Pedrinho tomou a bola do adversário na meiúca, abriu na esquerda pra David, que cruzou pornograficamente para uma cabeçada explícita de Samuel, para o extremo prazer da torcida rubro-negra. Há boates de que este vídeo já está disponível na Xvideos, PornHub e Red Tube. Cerca de 3 minutos depois, em cobrança de falta Tiaguinho, do Altos, chutou forte, Ronaldo “enjoou” e Lucas Campos empatou.

Segundo Tempo O Vitória teve duas chances de fazer o 2º gol logo no começo da etapa complementar. Aos 4 min, Alisson Farias deu um passe “nojento” de três dedos para Pedrinho, que bateu de primeira tirando tinta da trave esquerda do goleiro. Dois minutinhos depois, foi a vez de David cruzar rasteiro na área e Alisson Farias bateu com categoria, mas a bola bateu na trave, com o arqueiro do Altos já sem reação! Depois destes dois lances insinuantes, o jogo deu uma queda brusca e ficou bem chatinho, diga-se de passagem. O treinador Rodrigo Chagas usou as peças do banco sem sucesso, até a entrada de Eduardo. Quando todos já estavam esperando a definição pelas cobranças de penalidades máximas, a joia da base recebeu de Soares da entrada da área e com categoria, mesmo com a perna “cega”, acertou a coruja do lado direito do goleiro e garantiu a classificação do rubro-negro.

Vitória Sempre

PS: Enfatizei as posições de direita e esquerda do goleiro, porque um brother que me acompanha não tem noção espacial em relação a traves. Talvez agora ele entenda…rsrsrs

 

Vitória x Altos | Uma chance pra apagar o vexame do estadual

Depois de protagonizar mais uma das suas na quarta-feira, quando perdeu pro LANTERNA do fraquíssimo campeonato baiano e se aproximar do terceiro ano consecutivo morrendo na primeira fase do estadual mais mixuruca do país, o Vitória tem a chance hoje de recuperar um pouco a moral se ganhar no tempo normal e sem dor de cabeça do Altos, um time muito fraco também e que NÃO deve (ou deveria) ser uma pedra no caminho.

Sinceramente, eu e toda a torcida já estamos cansados do clube nos tripudiar. Toda vez que alguma expectativa é criada, a alma sebosa do clube ataca e o time perde pra deixar a torcida sempre com aquele pensamento negativo e desconfiado em qualquer jogo, por qualquer campeonato. Essa é a sina deste clube centenário! Passam-se anos, mudam-se elenco, treinador e diretoria e nas mesmas situações em que começamos a acreditar e a ser otimista, o time dá um jeito de perder, retroalimentando o espírito derrotista da maioria de nós. Quem era “rato” do Barradão sabe muito bem esse comportamento geral da nossa torcida: sempre com aquele sentimento desconfiado, derrotista e onde a corneta come solta. Até que na geração atual (2010 pra cá) isso vem melhorando, mas ainda somos uma torcida complexada e quase sempre parece fazer parte de banda de fanfarras.

Eu não fiz o pós-jogo porque me subiu uma raiva tão profunda que não quis mais ver nada relacionado ao clube. Troquei logo a camisa, afinal perder pra um time chamado DOCE MEL é o fim da picada! SE VOCÊ QUER SER RESPEITADO, VITÓRIA! SE RESPEITE EM PRIMEIRO LUGAR! Dois jogos contra esse time de polpa de fruta e nenhuma vitória em cima deles! PÁRA QUE TÁ FEIO!

Para o duelo das 18h30 deste sábado, Pedrinho e Cedric foram relacionados, pois saíram lesionados contra o time da polpa de fruta. Já o provável time titular ainda é uma incógnita e acho muito tosco e estranho, em pleno primeiro semestre onde enfrentamos times abaixo e alguns outros do mesmo porte que nós, o entregador de coletes Rodrigo Chagas ficar fazendo mistério com o line-up e com a relação completa do banco de reservas. Tenho notado isso há bastante tempo. Ficam botando rêgo açucarado em diacho de campeonato baiano e copa do nordeste pra empatar com a independência dos Estados Unidos e perder pra polpa de fruta…ahhh e ainda teve o empate com a faculdade “pagou-passou”.

Estou retado e só o VITÓRIA pode melhorar isso, vencendo sem dar sustos o nanométrico Altos do Piauí, que se fechar as portas hoje, ninguém sentirá falta!

#revolts #quesefoooooda #tôcansado

Vitória faz, em abril, o primeiro jogo em casa pelo Baianão

A pandemia maldita e uma triste coincidência fez o VITÓRIA jogar apenas 4 jogos no Baianão 2021, todas fora de casa. Somente agora, dia 14/04, o rubro-negro fará o seu primeiro jogo como mandante na competição. E o adversário não podia ser o mais interessante possível: o lanterna Doce Mel, que em seis jogos perdeu 3 e empatou outras 3.

Entretanto, por conta da maratona de jogos no último mês de março, o técnico Rodrigo Chagas deve escalar um time mesclado para a partida de logo mais. A tendência do line-up do Leão é: Arcanjo, Van, Marcelo Alves, Mateus Morais e Roberto (Pedrinho); João Pedro, Cedric (Maykon Douglas) e Ruan Nascimento; Alisson Farias, Ygor Catatau e Samuel (Eron).

Mesmo com este time alternativo, o Vitória continua como favorito e tem a obrigação de vencer, até pra buscar a classificação e evitar pelo terceiro ano seguido a vergonha de ser eliminado na primeira fase de um dos piores estaduais do Brasil. O jogo será às 19h30 e terá a transmissão da TVE-BA e pelo canal de YouTube da emissora.

WALTER RESCINDIU – No fim da manhã de ontem, o torcedor rubro-negro foi de certa forma surpreendido com a notícia da rescisão do contrato do atacante Walter. De fato, nas poucas vezes que entrou em campo ele não correspondeu, além de parecer para quem está assistindo que ele engordou ao invés de emagrecer, conforme era o planejamento do clube. De acordo com a versão do clube e da imprensa, foi o jogador que pediu o desligamento alegando problemas pessoais.

04/07 1×1 Vitória | Tamo classificado, cambada!!!!

O Vitória garantiu a classificação para a fase mata-mata da Copa do Nordeste ao empatar em 1×1 com o 4 de Julho. Em um jogo fraco tecnicamente, em que o rubro-negro só foi melhor no segundo tempo, mas sem grande inspiração e eficiência ofensiva, o gol de Ygor Catatau evitou uma derrota vergonhosa ao mesmo tempo que garantiu um adversário teoricamente mais fácil. O ECV enfrenta agora o Altos-PI no jogo único e eliminatório!

Vale ressaltar como as ausências de Pedrinho e Marcelo Alves transformaram a zaga do Vitória numa água!!! João Victor é um zagueiro muito ruim e que não vale a pena o clube manter ele no grupo. Se lembrem do ditado do sábio Evaristo de Macedo: “não tenha jogador ruim no elenco, pois quando precisar dele, você vai ficar na mão”.

É vencer e se classificar!

O Vitória encerra a sua participação na primeira fase da Copa do Nordeste a partir das 16h deste sábado, quando enfrentará o piauiense 4 de Julho, no estádio Lindolfo Monteiro em Teresina-PI. Para alcançar a classificação sem depender de combinação de resultados, basta vencer por qualquer placar que o intento será alcançado.

Já nosso adversário tem remotíssimas chances de classificação, pois tem sete pontos e o quarto colocado do Grupo A, Sampaio Correia, tem 10 pts. Além disso, o time maranhense tem saldo zerado e o 4 de Julho tem -2, pra piorar, Treze e Confiança têm que perder seus jogos. Enfim, é muita matemática e muita reza pra classificar o time piauiense, por isso é bem possível do time de Piripiri vir sem muita animação pra partida. Todavia, ninguém ganha de véspera e o rubro-negro precisa repetir a atuação do jogo do Rio Branco agora, se possível com mais foco e determinação ainda.

É fundamental chegar na segunda fase do Nordestão e começar a pensar em voos mais altos, por que não? Não precisamos de montar nenhuma Seleção pra alcançar o título do regional mais arretado do país e também não temos, nem de longe, o pior time. O elenco que se apresenta agora é bastante promissor e pode sim apagar o dramin esportivo que foi o ECV nas duas últimas temporadas. Segue abaixo a arte gráfica do nosso provável time titular para a partida de logo mais, que terá a transmissão do Nordeste FC. A única baixa é o lateral esquerdo Pedrinho, expulso na rodada anterior.

4dejulho vs vitoria 2021 blog